conecte-se conosco


Estado

Equipe do Parque Estadual de Itaúnas realiza controle de plantas exóticas invasoras

Publicados

em

 

A equipe do Parque Estadual de Itaúnas (PEI), em Conceição da Barra, está realizando o controle de plantas exóticas invasoras na área da Unidade de Conservação. A ação faz parte do Programa de Controle de Espécies Exóticas Invasoras, previsto no plano de manejo do PEI, e passou a integrar a rotina de atividades de preservação do parque.

Atualmente, a principal espécie invasora é a Acacia mangium, popularmente conhecida como Acácia, originária da Austrália e Nova Guiné. A planta se adapta bem em solos pobres, degradados e ácidos. Por ser rústica e ter crescimento rápido, tem alto potencial comercial e é usada em todo o mundo em atividades como a produção de madeira para construção em geral, carvão, lenha, MDF, painéis, celulose, energia, serraria e movelaria.

No entanto, fora de sua área de distribuição natural e de controle, a acácia tem alto potencial invasor, ameaçando o ecossistema e prejudicando o desenvolvimento da restinga ou mata em regeneração”, explica a servidora que atua no parque, Juliana Coura. As plantas estão sendo extraídas por meio de uma técnica chamada de anelamento da casca do caule e toda a madeira retirada é aproveitada internamente nos serviços de manutenção do parque.

O manejo de espécies exóticas invasoras já foi realizado nas proximidades da área da comunidade Paulo Jacó, na região do Tamandaré, e nas áreas de plantio de contenção das dunas. “Atualmente, estamos trabalhando na área das barracas de praia. Após encerrar o manejo em todas as áreas com foco, nossa equipe manterá o monitoramento e avaliação das áreas manejadas”, ressalta Juliana Coura.

Apesar da visitação e atendimento presencial no Parque de Itaúnas estarem suspensos como medida de controle da disseminação do novo Coronavírus (Covid-19), a equipe da Unidade de Conservação continua realizando atividades diárias de monitoramento, controle e proteção ambiental, além dos trabalhos técnicos, administrativos e de gestão, seguindo os protocolos sanitários.

Comentários Facebook
Propaganda

Estado

Governador visita novos leitos Covid abertos no Hospital Materno Infantil Menino Jesus

Publicados

em

 

O governador do Estado, Renato Casagrande, esteve, na tarde desta segunda-feira (12), no município de Itapemirim para a entrega dos novos 10 leitos de UTI exclusivos para tratamento de pacientes com o novo Coronavírus (Covid-19) no Hospital Materno Infantil Menino Jesus (HMJ). A ação faz parte do programa “Leitos para Todos”, que visa a melhoria da assistência à saúde em todo o Espírito Santo.

“Estamos abrindo 10 leitos de UTI e vamos abrir mais seis leitos de enfermaria exclusivos para tratamento da Covid-19 aqui em Itapemirim. Continuamos com o trabalho de abrir mais 500 leitos neste mês de abril. Estamos realizando uma abertura robusta de leitos no Espírito Santo. Abrimos recentemente leitos em Cachoeiro de Itapemirim, São José do Calçado, Guaçuí e Castelo. Mesmo assim continuamos com mais de 90% de taxa de ocupação. Gostaria de registrar o meu agradecimento a todos os profissionais de saúde”, afirmou Casagrande.

O Hospital Menino Jesus é credenciado à rede materno infantil, sendo referência para os municípios de Itapemirim, Anchieta, Marataízes, Alfredo Chaves, Iconha, Rio Novo e Piúma. Com a abertura desses novos leitos, a unidade passa a atender demandas por agravos do novo Coronavírus.

De acordo com o secretário de Estado da Saúde, Nésio Fernandes, a parceria firmada em Itapemirim é a quarta linha na estratégia de ampliação de leitos. “Hoje realizamos a parceria de ampliar a oferta de leitos na rede municipal, que tem se mostrado uma experiência muito exitosa na estratégia de ampliar o acesso da população à oferta de leitos para tratamento da Covid-19”, pontuou.

Também participaram da visita aos novos leitos, o prefeito de Itapemirim, Thiago Peçanha Lopes, e os deputados estaduais Dr. Rafael Favatto e Coronel Alexandre Quintino.

Leitos para Todos

O Programa Estadual “Leitos para Todos” foi instituído pelo Governo do Espírito Santo em abril de 2020, por meio da Portaria Nº 071-R, como estratégia de qualificação e reestruturação da rede de atenção à saúde e fortalecimento do papel da regulação do Estado, com o objetivo de garantir o acesso à atenção hospitalar a todos os pacientes que desenvolverem formas graves da Síndrome Respiratória Aguda Grave, entre elas, o novo Coronavírus (Covid-19).

Deste modo, a Secretaria da Saúde (Sesa) estruturou uma ampla reforma nas áreas físicas das unidades hospitalares próprias e também um processo de contratualização de leitos em hospitais filantrópicos, federais e privados.

Diariamente, o Governo do Estado atualiza os dados da ocupação de leitos hospitalares do Sistema Único de Saúde (SUS) capixaba, disponível no link: https://coronavirus.es.gov.br/painel-ocupacao-de-leitos-hospitalares

Fonte: Governo ES

Comentários Facebook
Continue lendo

CIDADES

ESTADO

POLÍTICA NACIONAL

ENTRETENIMENTO

Mais Lidas da Semana