conecte-se conosco

Cidades

Equipes trabalham para reparar transtornos causados pela chuva

Publicado

Quedas de árvores foram registradas pela Defesa Civil no domingo (1)

Equipes da Prefeitura de Cachoeiro atuam para limpar sujeira e reparar transtornos provocados pela forte chuva deste domingo (1).

No bairro Rubem Braga, a Secretaria de Serviços Urbanos trabalha na limpeza das ruas Rubens Rangel e Francisco Lemos. Carro-pipa e máquina foram utilizados para remoção da lama que encobriu as vias.

Trecho da rodovia do Valão próximo à Ceasa Sul, vias da Ilha da Luz e uma das entradas do bairro Paraíso também são atendidos com serviços de limpeza. Há, ainda, uma equipe trabalhando na poda e retirada de árvores caídas em vias públicas.

“Nesta segunda-feira, essas ações foram prejudicadas pela continuidade da chuva, mas estamos empenhados em limpar e restabelecer as condições normais nos locais afetados, trabalhando, inclusive, à noite, se possível”, afirma o secretário municipal de Serviços Urbanos, Vander Maciel, destacando que também estão em andamento serviços preventivos de manutenção e limpeza de bueiros da cidade.

Leia mais:  Verão 2020: Itapemirim recebe três shows nacionais em janeiro

Em outra frente de trabalho, a Secretaria de Obras atua na desobstrução de bueiros nos pontos em que foram registrados alagamentos e em reparos em vias onde buracos surgiram após as chuvas dos últimos dias.

Após a chuva de domingo, a Defesa Civil do município registrou quedas de árvores nos bairros São Geraldo, Campo Leopoldina, Bela Vista, Rui Pinto Bandeira e Nossa Senhora da Glória, deslizamento de terra no Coramara, queda de dois muros no Campo Leopoldina e destelhamento de escola no bairro Ferroviários. De acordo com o órgão, o nível do Rio Itapemirim está 1,20 metros acima do normal.

Comentários Facebook
publicidade

Cidades

VÍDEOS: Rio Iconha transborda, derruba ponte, isola comunidades e arrasta carros e móveis pela rua

Publicado

por

 

A cidade de Iconha está totalmente alagada, desde comunidades como Bom Destino até o centro da cidade, com rio Iconha estando mais de cinco metros acima do nível normal. A água invadiu as ruas da região central, arrastou carros, móveis e eletrodomésticos para o meio da rua. Até o Hospital da cidade está alagado.

A Defesa Civil do Município ao perceber que o Rio Iconha tinha o seu nível bastante elevado com possibilidade de aumentar ainda mais, emitiu comunicado solicitando que a população ribeirinha deixasse suas casas, no intuito de evitar uma possível tragédia.

Muitas casas estão completamente alagadas, e a força da água arrastou móveis e eletrodomésticos para o meio da rua. Em alguns vídeos divulgados por moradores de diversas comunidades, é perceptível a força da correnteza que tomou conta das ruas e acabou deixando ilhadas algumas comunidades.

A ponte que liga as comunidades de Bom Destino a Crubixá foi arrancada do lugar pela força d’água. A comunidade de Inhaúma está ilhada e o acesso a outras localidades está comprometido.

Leia mais:  Mais um passo a favor da desburocratização de empresas em Vila Velha

Ainda não há contagem por parte da Prefeitura no número de desabrigados, mas eles existem. E o município já providencia auxílio para as famílias que necessitarem.

A Prefeitura de Iconha, quando iniciou a chuva, emitiu a seguinte nota:

Chove muito nas cabeceiras do Rio em Iconha, é preciso tomar precaução, muita água descendo, já passou por cima da ponte, alerta máximo.

Informamos que devido às fortes chuvas, o Rio Iconha começou a subir com um volume de água necessário para toda a população ficar em alerta, visto que a chuva ainda é constante nas cabeceiras e a previsão é de permanência de chuva forte que pode provocar alagamentos.

A Prefeitura Municipal informa que a sua equipe se encontra em alerta e em monitoramento contínuo. Quaisquer dúvidas, ou emergência, favor acionar diretamente a Defesa Civil Municipal através do número: (28) 99921-4323.

Alertamos ainda para o cuidado com as informações compartilhadas a fim de que notícias falsas não acarretem descontrole da real situação do nosso município e da população.

Posteriormente, com a elevação do nível do rio, outra nota foi emitida pela Prefeitura.

Leia mais:  Recadastramento de jazigos perpétuos no cemitérios continua até dezembro

Fonte: Da Hora ES

Comentários Facebook
Continue lendo

CIDADES

ESTADO

POLÍTICA NACIONAL

ENTRETENIMENTO

Mais Lidas da Semana