conecte-se conosco


Entretenimento

Espetáculos cachoeirenses participarão do Festival de Teatro de Curitiba

Espetáculos produzidos por artistas de Cachoeiro serão apresentados no Festival de Teatro de Curitiba, que ocorrerá de 29 de março a 7 de abril deste ano. São peças que encantaram o público durante o VII Festival de Artes Cênicas de Cachoeiro (Facci), realizado pela prefeitura em 2018, e que, agora, prometem brilhar na capital paranaense. […]

Publicados

em

Espetáculos produzidos por artistas de Cachoeiro serão apresentados no Festival de Teatro de Curitiba, que ocorrerá de 29 de março a 7 de abril deste ano. São peças que encantaram o público durante o VII Festival de Artes Cênicas de Cachoeiro (Facci), realizado pela prefeitura em 2018, e que, agora, prometem brilhar na capital paranaense.

A participação cachoeirense ficará por conta de oito grupos teatrais, que apresentarão espetáculos de palco, rua e lambe-lambe na Mostra Cachoeiro de Teatro, inédita no evento curitibano.

A presença dos artistas resulta de parceria entre a Secretaria de Cultura e Turismo de Cachoeiro (Semcult) e a organização do Festival de Teatro de Curitiba, para viabilizar a troca de saberes cênicos entre as companhias cachoeirenses com as demais participantes, de várias partes do Brasil. A Semcult vai custear o transporte dos artistas e o festival, a hospedagem. 

De 1 a 6 de abril, as companhias de Cachoeiro apresentarão os espetáculos “A menina que queria ser estrela” (Cia Nós de Teatro), “A carta” (L.A.R), “Aloka” (Personalidades Cia Teatral), “Cidade fria” (Cia EnCena de Teatro), “Emily” (Cia Solo de Teatro), “Esta noite choveu prata – terceiro ato” (Grupo ELA de Teatro), “Histórias contadas e encaixadas” (Claudia Ferreira), “Não haverá amanhã” (Coletivo Artístico) e “Uó do Borogodó” (Personalidades Cia Teatral).

O Festival de Teatro de Curitiba é considerado o maior do país e, lá, os espetáculos cachoeirenses poderão alcançar grande visibilidade. 

“As apresentações fazem parte do projeto de desenvolvimento e fortalecimento da produção teatral cachoeirense criado pela Semcult, com a descoberta de novos artistas por meio dos projetos Novos Talentos e Ocupação dos Centros Culturais; da troca de experiências com a vinda de grupos de outros Estados através da realização do Facci, e com a apresentação de nossos artistas e da nossa arte para o Brasil no maior festival de teatro do país, realizando a Mostra Cachoeiro de Teatro em Curitiba”, destaca Lucimar Costa, subsecretário de Cultura e Turismo do município e curador da Mostra Cachoeiro no festival. 

Organizadora do espetáculo “Histórias contadas e encaixadas”, Cláudia Ferreira enfatiza a alegria de representar a cultura teatral da cidade. “Estamos muito felizes por termos sidos convidados para participar desse grande festival com o nosso projeto de miniatura, conhecido também como lambe-lambe. Queremos mostrar para o Brasil que Cachoeiro é um grande incentivador da cultura do teatro”, disse.

Para Brenda Caetano Perim, uma das coordenadoras da companhia Nós de Teatro, responsável pelo espetáculo “A menina que queria ser estrela”, é entusiasmante apresentar uma produção cachoeirense num dos eventos mais relevantes da cultura brasileira. 

“O Festival de Teatro de Curitiba, em si, já é muito importante para a comunidade artística, por se tratar de uma vitrine do teatro brasileiro, portanto, a partir do momento que um artista tem a oportunidade de participar desse evento, é a chance de aprimorar o seu trabalho com o intercâmbio dos conhecimentos que cada companhia e artista carrega. A oportunidade que a prefeitura de Cachoeiro está viabilizando é muito maravilhosa, e, é claro, estamos muito satisfeitos em representar a cidade num evento tão significativo”, salienta.

Para saber mais sobre a programação do Festival de Teatro de Curitiba, basta acessar o site: festivaldecuritiba.com.br.

Comentários Facebook
Propaganda

Entretenimento

Felipe Neto diz que foi ameaçado em estádio: ‘Não me sinto seguro’

Publicados

em

source
Felipe Neto diz ter sido ameaçado por segurança em estádio de futebol
Reprodução/Instagram

Felipe Neto diz ter sido ameaçado por segurança em estádio de futebol

Felipe Neto esteve presente no estádio Nilton Santos na tarde deste domingo para acompanhar o clássico entre Botafogo e Fluminense. Após a partida, o youtuber revelou que foi ameaçado por um segurança do evento. “Estava assistindo ao jogo no meu camarote. Um segurança da empresa Blindados abordou meu motorista na porta e perguntou: ‘de quem é esse camarote?”. Ao ouvir que era meu, respondeu: ‘por favor, tinha que botar uma bomba aí para explodir e não sobrar nada'”, publicou Felipe Neto no Twitter.

Após relatar o episódio, o youtuber revelou que vem sendo alvo de ameaças nos últimos quatro anos e afirmou que não se sente seguro em nenhum lugar.

“Vamos fazer representação contra esse homem, mas esse é o resumo da minha vida nos últimos 4 anos. A qualquer momento, algo pode acontecer comigo. Se isso acontecer, só peço que vocês lembrem quem foram as pessoas responsáveis por alimentar esse ódio contra mim”, escreveu Felipe Neto.

“Não sei como vou me sentir seguro de novo no estádio depois disso. Eu já não me sinto seguro em lugar nenhum fora da minha casa”, completou o youtuber.

O episódio causou espanto nos seguidores e muitos fãs fizeram questão de prestar apoio ao youtuber. Felipe Neto é conhecido por ter personalidade forte e gosta de se posicionar sobre temas polêmicos nas redes sociais.

Apesar da paixão pelo entretenimento, o youtuber nunca escondeu seu amor por futebol. Torcedor fanático do Botafogo, Felipe Neto sempre foi um frequentador assíduo do estádio Nilton Santos.

O relato da ameaça sofrida por Felipe Neto vem repercutindo nas redes sociais. Revoltados com o episódio, muitos internautas vem cobrando uma atitude das autoridades.

Entre no canal do  iG Gente no Telegram e fique por dentro de todas as notícias sobre celebridades, reality shows e muito mais!

Fonte: IG GENTE

Comentários Facebook

Continue lendo

CIDADES

ESTADO

POLÍTICA

ENTRETENIMENTO

Mais Lidas da Semana