conecte-se conosco


Estado

Espírito Santo inicia disputa das Paralimpíadas Escolares com mais de 30 medalhas

Publicados

em

 

A delegação capixaba que disputa as Paralimpíadas Escolares, realizadas em São Paulo, começou a competição com mais de 30 medalhas, somente no primeiro dia do torneio. As medalhas foram conquistadas pelos atletas da natação e do atletismo.

Com 24 medalhas, o atletismo foi o responsável pela maioria das conquistas.  Os destaques ficaram por conta de Gustavo Soares, Weller Alvarenga, David Henrik e Ítalo Monteiro, que ganharam duas medalhas, cada. Na natação, Breno Costa e Ana Peixoto também brilharam, com dois ouros, cada um.

As Paralimpíadas Escolares vão ser disputadas até esta sexta-feira (26). Os atletas do Espírito Santo seguem com chances de medalhas em várias modalidades.

Além da natação e do atletismo, modalidades cujas disputas ainda continuam, as equipes capixabas estão na disputa do vôlei sentado, bocha paralímpica, tênis de mesa e parabadminton.

Resultados

Na edição de 2019 das Paralimpíadas Escolares, a delegação capixaba viajou para São Paulo com 101 pessoas, entre atletas, técnicos e guias, conquistando 68 medalhas, sendo 39 de ouro, 19 de prata e 10 de bronze, com conquistas nas seguintes modalidades: atletismo, natação, tênis de mesa e vôlei sentado.

Entre os 27 estados do País que estiveram na disputa em 2019, os capixabas terminaram na nona colocação geral, na soma dos resultados obtidos entre todos os esportes. Em 2020, o evento não ocorreu em razão da pandemia causada pelo novo Coronavírus (Covid-19).

As Paralimpíadas Escolares

As Paralimpíadas Escolares tiveram a primeira edição em 2009. Esse é o maior evento mundial para crianças com deficiência em idade escolar.

Em 2021, a competição vai ter 13 modalidades: atletismo, basquete em cadeira de rodas (formato 3×3), bocha, futebol de 5 (para cegos), futebol de 7 (para paralisados cerebrais), goalball, judô, natação, parabadminton, parataekwondo, tênis de mesa, tênis em cadeira de rodas e vôlei sentado.

 

Comentários Facebook
Propaganda

Estado

Governador sanciona lei que reduz ICMS do arroz e feijão no Espírito Santo

Publicados

em


O governador do Estado, Renato Casagrande, sancionou a Lei nº 11.473, que isenta a cobrança do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) sobre o arroz e feijão no Estado do Espírito Santo. A nova lei foi publicada na edição desta segunda-feira (29) do Diário Oficial do Estado e já entrou em vigor. Pelo texto, a alíquota anterior para esses produtos era de 7% e agora está zerada.

“A elevação do preço dos itens da cesta básica, como o arroz e feijão – tão consumidos pelos brasileiros – afetou a todos, principalmente, aqueles que mais necessitam. Com a redução do ICMS, espera-se que o preço ao consumidor seja reduzido, tornando a cesta básica mais barata. Essa ação se soma a outras que estamos adotando diante do atual contexto de insegurança alimentar, como a prorrogação do Cartão ES Solidário por mais dois meses, beneficiando cerca de 87 mil famílias capixabas”, afirmou o governador Casagrande.

O secretário de Estado da Fazenda, Marcelo Altoé, destacou a importância da isenção das alíquotas, sobretudo num momento em que grande parte da população passa por dificuldades econômicas. “Esperamos que a redução do ICMS resulte na queda do preço do arroz e do feijão para o consumidor final. Sabemos que esses dois produtos são essenciais para a população e em tempos de inflação e alta no preço da cesta básica, tenho certeza que essa medida ajudará muita gente”, disse.

De acordo com Altoé, a renúncia fiscal será de aproximadamente R$ 40 milhões por ano, contudo, o benefício para a população supera essa perda financeira para o Estado. “Ficamos muito contentes quando o texto foi aprovado pelos deputados estaduais e esperávamos a sanção do texto pelo governador”, acrescentou o secretário.

Informações à Imprensa:
Assessoria de Comunicação do Governo
Giovani Pagotto
(27) 98895-0843

Assessoria de Comunicação da Sefaz
Alexandre Lemos / Giordany Bozzato
(27) 3347-5511 / 3347-5128
[email protected] / [email protected] 

Fonte: Governo ES

Comentários Facebook
Continue lendo

CIDADES

ESTADO

POLÍTICA

ENTRETENIMENTO

Mais Lidas da Semana