conecte-se conosco

Política Nacional

“Estou otimista com a palavra da ciência” diz Dória sobre vacina contra Covid-19

Publicado


source
Doria exibe dose da Coronavac
Reprodução/Twitter

Doria exibe dose da Coronavac

João Dória , governador do Estado de São Paulo, comentou sobre a  vacina contra o novo coronavírus (Sars-Cov-2) de maneira otimista em entrevista concedida a rádio colombiana W Notícias nesta segunda-feira, 27.


A vacina contra a Covid-19 está sendo desenvolvida no Brasil pelo Instituto Butantan e o laboratório Sinovac Biotech, de origem chinesa, desde o início de junho. Já na terceira fase de testes , realizada em profissionais voluntários da saúde, os possíveis resultados da testagem chamam atenção internacional.

Em entrevista a rádio W Notícias, da Colômbia, Dória  afirmou que o Instituto tem trabalhado para dobrar a capacidade produtiva de vacinas até outubro deste ano e reiterou “A vacina CoronaVac é uma das mais promissoras do mundo”.



No mesmo trecho da entrevista, compartilhada por João Dória  em seu Twitter, ele mencionou a intenção de exportar a vacina para outros países sul-americanos. “Isso a um custo muito mais barato e com uma facilidade logística por sermos vizinhos”, declarou.

Ao fim deste trecho, o governador comunicou que está positivo quanto a CoronaVac : “Estou otimista sim e otimista com a palavra da ciência, da medicina”. A esperança de Dória é que até o fim do ano a vacina esteja pronta para aplicação na população brasileira .

Comentários Facebook
publicidade

Política Nacional

DEM e MDB deixarão bloco parlamentar formado por partidos de centro

Publicado


.
Najara Araujo/Câmara dos Deputados
Presidente da Câmara dos Deputados, dep. Rodrigo Maia, concede entrevista coletiva sobre a atividade legislativa durante a crise causada pelo coronavírus
Rodrigo Maia negou que haja ligação entre o fim do bloco e a eleição para presidência da Casa no próximo ano

Os líderes do Democratas e do MDB informaram à Secretaria-Geral da Mesa da Câmara que vão deixar o bloco formado por 221 parlamentares comandado pelo líder do PP, deputado Arthur Lira (AL). O chamado “blocão” foi formado no início do ano para garantir maior representatividade dos partidos de centro na Comissão Mista de Orçamento (CMO).

Atualmente, este é o único bloco em funcionamento na Câmara e prosseguirá com os seguintes partidos: PL, PP, PSD, Solidariedade, PTB, Pros e Avante. O número de deputados passará a ser de 158 (63 a menos).

A quantidade de parlamentares dos blocos influencia na composição das comissões.

Em nota divulgada nesta terça-feira (28), o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), afirmou que a formação e o desfazimento dos blocos no início de cada ano legislativo são práticas reiteradas na Câmara dos Deputados. Ele contestou a interpretação de que a saída das duas siglas tenha a ver com divergências internas entre os partidos ou tenha relação com a eleição para a Mesa Diretora, no próximo ano.

“Como, em razão da pandemia, as comissões ainda não se reuniram, a existência do bloco acabou se prolongando. Seu desfazimento é natural, segue um padrão estabelecido pela prática congressual e nada tem a ver com a eleição para a Mesa Diretora em 2021, para a qual tradicionalmente são formados novos blocos”, afirmou Rodrigo Maia.

Reportagem – Luiz Gustavo Xavier
Edição – Wilson Silveira

Comentários Facebook
Continue lendo

CIDADES

ESTADO

POLÍTICA NACIONAL

ENTRETENIMENTO

Mais Lidas da Semana