conecte-se conosco

Nacional

Estudante de 20 anos morre ao ser atingida acidentalmente por garrafa em festa

Publicado

source
menina loira arrow-options
Luana Farias / Redes sociais

Luana foi à festa para comemorar promoção no trabalho

Uma universitária de 20 anos morreu, na madrugada deste domingo, ao ser atingida acidentalmente por uma garrafa durante uma briga em uma festa no centro comunitário do bairro Universitário, na Zona Norte de Campo Grande, Mato Grosso do Sul. Luana Farias de Oliveira , que também trabalha como atendente de farmácia, estava comemorando a folga e uma promoção no trabalho.

De acordo com testemunhas, a estudante , que não tinha envolvimento na confusão, foi atingida no pescoço, no lado esquerdo do rosto e no braço. Ela contou ao marido, que estava com ela, sobre os ferimentos, desmaiando em seguida. A estudante foi levada por amigos à UPA do bairro, mas não resistiu depois de sofrer paradas cardíacas.

Leia também: Morre estudante brasileiro que foi agredido na Austrália

A irmã de Luana, Jéssica Farias lamentou a morte dela pelas redes sociais. “Minha linda estava tão feliz ontem que subiu de cargo no serviço, ia pegar folga hoje e queria comemorar . Tão jovem, tão linda, tão inteligente e querida. Não tinha maldade. Eu não acredito que isso aconteceu com você”, comentou.

Leia mais:  Adolescente morta sob suspeita de envenenamento de pirulito é sepultada no Rio

O caso é investigado pela Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário (Depac) do bairro Vila Piratininga. A especializada já ouviu dois suspeitos de participar da briga que culminou na morte da estudante . Até o momento, ninguém foi preso.

Comentários Facebook
publicidade

Nacional

Temporal causa alagamentos em Belo Horizonte e deixa moradores ilhados

Publicado

source
Casa alagadas arrow-options
DIVULGAÇÃO / DEFESA CIVIL

Casas à beira de córrego ficam alagadas na Região Metropolitana de Belo Horizonte

A chuva forte deste fim de semana — além de ter deixado mortos, desabrigados e desalojados no Espírito Santo — alagou ruas de Belo Horizonte (MG) e Contagem, na Região Metropolitana da capital mineira, e deixou moradores ilhados nas duas cidades.

A Defesa Civil de Minas informou, no início da tarde deste domingo, que recebeu 67 solicitações na capital mineira. Segundo a corporação, a maior parte dos pedidos é de pessoas que estão com suas casas alagadas e sem conseguir deixá-las. No fim da tarde, em novo comunicado, o órgão informou que o nível da água começou a baixar.

Nos momentos mais intensos da chuva, regiões importantes da capital tiveram o trânsito bloqueado. A situação foi normalizada após às 18h, quando a chuva deu uma trégua.

Leia também: Cratera se abre em rua de Belo Horizonte após vazamento de esgoto

O helicóptero do Corpo de Bombeiros de Minas prestou auxílio em áreas inacessíveis a viaturas da corporação. Cinco vítimas foram retiradas de uma residência que ficou illhada no bairro Camargos, na Região Oeste de Belo Horizonte. A família está em segurança.

Leia mais:  Tubarão de 150 kg é capturado "por engano" no Guarujá

Apesar do temporal, a Defesa Civil informou que não houve registros de mortes e desaparecimentos no estado.

Comentários Facebook
Continue lendo

CIDADES

ESTADO

POLÍTICA NACIONAL

ENTRETENIMENTO

Mais Lidas da Semana