conecte-se conosco

Nacional

Estudante é baleada na perna dentro de colégio na Baixada Fluminense

Publicado

source
colégio arrow-options
Reprodução

Colégio Estadual Sargento Wolff, no bairro Boa Ventura, em Belford Roxo

Uma estudante de 16 anos foi baleada na perna dentro de um colégio em Belford Roxo, na Baixada Fluminense, na manhã desta quinta-feiram (7). A jovem estava no pátio do Colégio Estadual Sargento Wolff, no bairro Boa Ventura, quando foi atingida por volta de 7h15. Segundo a Polícia Militar, ela foi levada para o Hopital Municipal Dr. Moacyr Rodrigues do Carmo, em Duque de Caxias, e não corre risco de vida.

Leia também: Aluno armado invade escola e atira em colegas em Minas Gerais

A vítima informou à polícia que não ouviu nenhum barulho de disparo no momento em que foi atingida e percebeu que havia sido baleada ao sentir ardência na perna. A jovem ligou para o padrastro em seguida. Ele socorreu a enteada em um carro e a levou para a unidade de saúde. O projétil está alojado na perna da estudante , que deve ser transferida para o Hospital Estadual Adão Pereira Nunes, o Hospital de Saracuruna, também em Caxias.

A PM realiza uma operação no Complexo do Roseiral, em Belford Roxo, nesta manhã. Até o momento, policiais do 39º Batalhão apreenderam um fuzil na região.

Comentários Facebook
publicidade

Nacional

Justiça do Rio impede reabertura e suspende cultos em templos religiosos

Publicado


source
Crivella
Marcelo Crivella / Facebook

Reabertura foi autorizada pelo prefeito Crivella no início da semana

A 7ª Vara de Fazenda Pública da Justiça do Rio de Janeiro suspendeu a autorização para o funcionamento de templos e a realização de cultos religiosos na cidade. A  autorização havia sido publicada pela prefeitura no decreto municipal 47.461, de 25 de maio.

Leia também: Caso João Pedro: policiais mudam versão sobre quantidade de tiros disparados

O juiz Bruno Bodart, que aceitou os pedidos feitos pela Defensoria Pública e pelo Ministério Público do Estado, também determinou que a prefeitura fiscalize de forma efetiva o cumprimento de medidas de isolamento social contra a covid-19 .

Segundo o magistrado, o novo coronavírus pode se propagar não apenas entre os frequentadores das cerimônias religiosas, como também entre outras pessoas, o que coloca em risco a saúde e a vida de terceiros.

Leia também: PGR investigará se Eduardo Bolsonaro cometeu crime contra segurança nacional

A prefeitura informou que os templos religiosos nunca estiveram fechados e que o decreto apenas formalizou a abertura destes locais, para evitar dúvida. De acordo com a assessoria de imprensa da prefeitura, a Procuradoria Geral do município está recorrendo da decisão judicial.

Comentários Facebook
Continue lendo

CIDADES

ESTADO

POLÍTICA NACIONAL

ENTRETENIMENTO

Mais Lidas da Semana