conecte-se conosco


Estado

Estudantes recebem atendimento oftalmológico gratuito em diversos municípios do Estado; confira o cronograma

Publicados

em

Atendimentos, feitos num ônibus itinerante, começam na próxima segunda (8) e seguem até o dia 19 deste mês

A partir da próxima semana, estudantes de ensino fundamental da rede pública de diversos municípios do Espírito Santo terão a oportunidade de receber atendimentos oftalmológicos gratuitamente, por meio do programa De Olho no Futuro – Dr. Ubirajara Moulin de Moraes. Desenvolvido pelo Instituto Unimed Vitória, o programa tem como propósito aumentar o rendimento escolar e diminuir a evasão, muitas vezes causados por problemas de visão não identificados. A meta deste ano é atender mais 3.500 alunos.

Os atendimentos acontecerão de 8 a 19 deste mês em Aracruz, Cariacica, Guarapari, Serra, Viana, Vila Velha e Vitória (confira a programação completa abaixo). As consultas são realizadas dentro de um ônibus itinerante totalmente equipado para fazer os exames. “No dia do atendimento a criança escolhe a armação e são tiradas as medidas. O material é enviado para o laboratório, que confecciona as lentes adequadas de acordo com a prescrição médica”, detalha a coordenadora socioambiental do Instituto Unimed Vitória, Milene Mello.

Os óculos serão entregues aos estudantes em até 30 dias. Depois disso, o De Olho no Futuro continuará acompanhando o desempenho desses alunos por meio da psicopedagoga do programa. Ao todo, oito médicos estão envolvidos nos atendimentos. A equipe que faz o cadastro e a triagem dos alunos é voluntária, e composta por colaboradores da Unimed Vitória, amigos, familiares e clientes.

Mais de 14 mil alunos com dificuldades visuais já foram atendidos desde o início do programa, em 2003. O De Olho no Futuro – Dr. Ubirajara Moulin de Moraes é realizado pelo Instituto Unimed Vitória e Unimed Vitória; com patrocínio do Sistema OCB/ES e do Sicoob; e parceria com a Renovatio e Ver Bem Óculos.

Rendimento escolar

No Brasil, os dados epidemiológicos disponíveis mostram que os problemas de visão que podem ser corrigidos são expressivos e interferem no rendimento escolar das crianças e jovens.  De acordo com estudo apresentado pela Revista da Associação Médica Brasileira, 75% dos casos mostram que crianças com baixa acuidade visual apresentam rendimento escolar e notas piores que as demais, e, segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), cerca de 10% das crianças em idade escolar apresentam algum tipo de deficiência visual e, muitas vezes, esse problema passa despercebido pela família e escola, e acaba interferindo diretamente no aprendizado do aluno.

“As patologias da visão, em sua maioria, são passíveis de correção por meio do uso de óculos. As ações do programa se encaixam nesse contexto para apoiar a redução do número de crianças e adolescentes com problemas de visão e contribuir, dessa forma, para a redução das dificuldades de aprendizado geradas por essas situações”, salienta Milene.

CRONOGRAMA PROGRAMA DE OLHO NO FUTURO 2022
DATA DIA MUNICÍPIO ESCOLA ENDEREÇO
08/ago SEG Aracruz EMEF Paulo Freire Rua Margarida, 32. São Marcos – Aracruz – ES. CEP 29190757
09/ago TER Cariacica EMEF Celestino De Almeida R. Blumenau, s/n – Bela Vista, Cariacica – ES, 29142-296
10/ago QUA Cariacica EMEF Joana Maria Da Silva R. Joana Maria da Silva, S/N – Castelo Branco, Cariacica – ES, 29140-844
11/ago QUI Viana EMEF Padre Antunes Siqueira Rua Paris, SN – Nova Viana, Viana – ES, 29135-000
12/ago SEX Vila Velha UMEF João De Medeiros Calmon Rua Sebastião Silveira, SN – Praia das Gaivotas, Vila Velha – ES, 29102-571
15/ago SEG Guarapari EMEIEF Constantino José Vieira R. Projetada – Adalberto Simao Nader, Guarapari – ES, 29214-230
16/ago TER Serra EMEF Altair Siqueira Costa R. Nelcy Lopes Vieira, 804 – Jardim Limoeiro, Serra – ES, 29164-018
17/ago QUA Serra EMEF Aureníria Correa Pimentel R. Inhambu, S/N – Novo Horizonte, Serra – ES, 29163-323
18/ago QUI Vitória EMEF Maria José Costa Moraes Rodovia Serafim Derenzi, 4600 – São José, Vitória – ES, 29030-600
19/ago SEX Vitória EMEF Ceciliano Abel de Almeida R. Dr. Arlíndo Sodré – Itararé, Vitória – ES, 29047-500

Comentários Facebook

Estado

MPES obtém liminar para o não pagamento de reajuste de plano de saúde para quem tem mais de 60 anos

Publicados

em

Por

Uma liminar obtida pelo Ministério Público do Estado do Espírito Santo (MPES) em desfavor da Unimed prevê que operadora de plano de saúde adeque os contratos vigentes modificando cláusula que disponha: “Os clientes com idade a partir de 61 anos e que tiverem permanecido como contratantes de um dos planos de saúde administrados pela operadora por pelo menos 10 anos consecutivos, estarão isentos do aumento decorrente de modificação de faixa etária”.

A Ação Civil Pública (ACP) foi proposta pelo 35º promotor de Justiça Cível de Vitória e se refere a contratos antigos, em que ainda havia o reajuste por faixa etária aos 60 anos ou mais. No entanto, muitos consumidores ainda possuem o contrato com esta versão.

Deste modo, foi determinado, em sede liminar, que a Unimed adeque os contratos vigentes para modificar a cláusula de modo que passe a constar que tal isenção é aplicável a todos os consumidores com idade acima de 60 anos, inclusive aqueles que acabaram de completar 60 anos de idade, bem como a suspensão da cobrança de reajuste por faixa etária aos consumidores que completaram 60 anos de idade e que, naquele momento, mantinham contrato com a operadora há mais de 10 anos.

A decisão liminar também prevê a obrigatoriedade de a Unimed juntar aos autos todos os contratos e listagem dos consumidores que se encontraram nessa situação. Além disso, fica a operadora de plano de saúde obrigada a divulgar essa decisão aos consumidores pelas formas mais amplas, inclusive no site e redes sociais próprios.

Comentários Facebook
Continue lendo

CIDADES

ESTADO

POLÍTICA

ENTRETENIMENTO

Mais Lidas da Semana