conecte-se conosco

Política Nacional

Evo Morales diz que polícia tem mandado para prendê-lo

Publicado

source

Evo Morales , agora ex-preisdente da Bolívia , usou sua conta do Twitter para dizer que um policial anunciou publicamente ter um mandado de prisão contra ele – o qual disse ser ilegal. 

“Denuncio para o mundo e para o povo boliviano que um policial anunciou publicamente que tem instrução de executar uma ordem de prisão ilegal contra a minha pessoa; da mesma forma, grupos violentos assaltaram minha casa. Os golpistas destroem o estado de direito”, escreveu Evo que ficou na presidência da Bolívia por 13 anos. 

Morales renunciou ao cargo em rede nacional  após protestos e denúncias de irregularidades na reeleição. Logo depois, María Eugenia Choque Quispe, presidente do Tribunal Supremo Eleitoral da Bolívia, também renunciou e acabou sendo presa

Comentários Facebook
publicidade

Política Nacional

Fala de Carla Zambelli sobre PF levanta suspeita de informações privilegiadas

Publicado


source
mulher de vestido preto
Luis Macedo/Câmara dos Deputados

Deputada federal Carla Zambelli

Durante uma entrevista dada a uma rádio do Rio Grande do Sul segunda-feira (25), a deputada federal Carla Zambelli afirmou que governadores brasileiros eram investigados pela Polícia Federal em questões relacionadas a corrupção envolvendo o novo coronavírus (Sars-Cov-2).

A fala levantou suspeitas de que a deputada tenha informações privilegiadas sobre investigações que ocorrem na PF, já que, na manhã desta terça, a Operação Placebo focou no endereço do governador Wilson Witzel, no Rio de Janeiro, para investigar a ligação dele com Mário Peixoto, empresário que teria superfaturado materiais de obras de hospitais de campanha.

Leia também: Zambelli disse a Moro que Bolsonaro “cairia” com demissão, mas apagou mensagem

“A gente deve ter nos próximos meses o que a gente vai chamar talvez de ‘Covidão’, não sei o nome que eles vão dar, mas já tem alguns governadores sendo investigados pela Polícia Federal”, disse Carla em entrevista. Ela pontuou, ainda, que algumas operações da PF estavam “na agulha”, mas não saíam anteriormente.

A deputada não se posicionou sobre o assunto até o momento.

Comentários Facebook
Continue lendo

CIDADES

ESTADO

POLÍTICA NACIONAL

ENTRETENIMENTO

Mais Lidas da Semana