conecte-se conosco


Nacional

Ex-presidente da Anvisa diz que não há possibilidade de ter Carnaval em 2022

Publicados

em

 

 

source

 

Gonzalo Vecina

Gonzalo Vecina – Reprodução/Yotube

Médico sanitarista, fundador e ex-presidente da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), Gonzalo Vecina afirmou que “não vê a possibilidade de ter carnaval em 2022” em entrevista à Revista Exame.

Para o especialista, o evento é muito solto e não há como ter um controle eficaz em relação aos foliões. Já em relação a outras atrações com público, como jogos de futebol e peças de teatro, Vecina acredita que há espaço para a liberação de torcida/plateia.

“Carnaval é algo que você não controla, um evento de massa muito solto. Não vejo a possibilidade de ter carnaval em 2022. O São João, no meio do ano, é possível, mas difícil. Teremos espaço para jogos de futebol com torcida, teatro, eventos em que há controle”, afirmou o médico, que esteve à frente da Anvisa entre 1999 e 2003.

Desfiles

Em relação aos tradicionais desfiles das escolas nos sambódromos, Vecina já tem uma opinião diferente: “Para quem vai estar na arquibancada, é um evento discutível. As pessoas precisam estar vacinadas. Mesmo assim existem riscos. Também pode-se exigir um teste negativo de RT-PCR, mas não vejo obrigatoriedade da testagem”, afirmou.

De acordo com o médico, o grande problema é a circulação da variante Delta, que é mais transmissível. Na projeção do especialista, os casos de Covid-19 devem voltar a subir entre o fim de setembro e o começo de outubro deste ano.

Comentários Facebook
Propaganda

Nacional

Homem é amarrado por moradores ao tentar furtar fios elétricos de casa em RR

Publicados

em


source
Homem foi amarrado por moradores da zona oeste de Boa Vista (RR)
Arquivo pessoal

Homem foi amarrado por moradores da zona oeste de Boa Vista (RR)

Um homem foi preso suspeito de invadir uma casa no bairro Centenário, na zona Oeste de Boa Vista (RR) , para furtar fios elétricos. Após tentar fugir, moradores capturaram o acusado e amarraram suas mãos e pés com cordas. O episódio ocorreu nessa terça-feira (19).

O dono da residência que teria sido invadida pelo homem informou a Polícia Militar que, assim que entrou na casa, ouviu um barulho vindo de dentro. Em seguida, flagrou o suspeito, que entrou no local pelo telhado, causando danos ao forro e fiação.

Assim que a vítima acionou a PM, o suspeito tentou fugir, mas foi detido por moradores.

Depois de ser capturado, o homem confessou que venderia os fios em uma sucata, por R$ 30/kg.

Ele foi encaminhado a uma Delegacia da Polícia Civil.

Comentários Facebook
Continue lendo

CIDADES

ESTADO

POLÍTICA

ENTRETENIMENTO

Mais Lidas da Semana