conecte-se conosco


Agronegócio & Turismo

ExpoSul Rural: Parque de Exposições recebe ajustes finais

O Parque de Exposições de Cachoeiro passa por ajustes finais de infraestrutura para receber o maior evento do setor agro do Espírito Santo, a ExpoSul Rural, que acontecerá de 10 a 14 de abril. As melhorias abrangem tanto a parte interna quanto o entorno do Parque, e são realizadas pelas equipes das secretarias municipais de […]

Publicados

em

O Parque de Exposições de Cachoeiro passa por ajustes finais de infraestrutura para receber o maior evento do setor agro do Espírito Santo, a ExpoSul Rural, que acontecerá de 10 a 14 de abril. As melhorias abrangem tanto a parte interna quanto o entorno do Parque, e são realizadas pelas equipes das secretarias municipais de Agricultura e Interior (Semai), Obras (Semo) e Serviços Urbanos (Semsur).


Diversas intervenções estão sendo feitas na área onde ficará a Exposição Agropecuária. Entre elas estão: adaptação de galpão tatersal (local de leilão de animais), com climatizador e auditório para 600 pessoas; recuperação de rede elétrica, colunas e estruturas de alvenaria dos galpões, incluindo 96 baias de equinos; adaptação de banheiros e áreas de banho tanto para os animais, quanto para seus cuidadores; e construção de pistas especiais para as provas e competições.


Outra ação importante foi a remoção de materiais retorcidos do antigo pavilhão 2, proporcionando mais espaço para estacionamento de veículos dos expositores de animais. A área de desembarque dos animais também teve recuperação.


Além disso, as ruas internas e as que dão acesso ao Parque passaram por recuperação de meios-fios, tapa-buracos, poda de árvores e serviços de capina e roçagem. Haverá, ainda, serviços de limpeza completa em todos os galpões, pavilhões, pátio e estacionamento externo.

As empresas terceirizadas também já estão finalizando a instalação das tendas e canteiros da área demonstrativa, as divisórias dos estandes, bem como a área em que ficará o lago da Fazendinha Educativa.


“A preparação do parque para um evento do porte da ExpoSul mobiliza um grande número de servidores, até que tudo esteja pronto para receber o público. São mais de 100 mil metros quadrados de área e muitos pavilhões, banheiros, energia elétrica, estacionamento. Realmente, dá muito trabalho e envolve um exército de trabalhadores, mas no fim, todo esforço é recompensado com a satisfação dos visitantes. Fazemos com prazer”, comenta o secretário municipal de Agricultura e Interior, Robertson Valladão.


“Teremos 350 expositores não só do sul mas de todo o Espírito Santo, Minas Gerais, Rio de Janeiro e outros estados. Por isso, estamos trabalhando a todo vapor para que tudo corra bem no evento, garantindo ao nosso setor agro a atenção e o cuidado que merece. Esperamos a realização de muitos negócios e uma grande troca de experiências”, destaca o presidente do Sindicato Rural de Cachoeiro, Wesley Mendes.


A ExpoSul


A ExpoSul Rural é uma realização da Prefeitura Municipal de Cachoeiro, em parceria com o Sindicato Rural do município. A programação terá Feira de Negócios, Exposição Agropecuária, Programação Técnica (cursos gratuitos), Área Demonstrativa de Técnicas e Produtos Agrícolas, Espaço Novas Tecnologias, entre outros atrativos. Mais detalhes no site www.exposulrural.com.br.

Comentários Facebook
Propaganda

Agronegócio & Turismo

Voos Campos – Rio vão ser retomados em novembro

Publicados

em

O Cessna Caravan leva até nove passageiros e opera em todo o país

A Azul Linhas Aéreas Brasileiras anunciou o retorno dos voos de Campos dos Goytacazes, no Norte fluminense, para a capital do estado a partir do próximo dia 12 de novembro. O acerto foi anunciado após encontro entre a direção da empresa e executivos de agências de turismo no fim da semana passada, em Barueri (SP). As operações estavam suspensas em razão da pandemia da covid-19.

“Não poderíamos ficar aqui sentados e fomos em busca deste resultado. O alto comando da Azul nos recebeu muito bem. A empresa entendeu a importância da região e a retomada dos voos”, disse Marcelo Miranda, diretor executivo de uma agência de turismo.

De acordo com informações do assessor da presidência da Azul, Ronaldo Veras, e o diretor de Relações Institucionais da empresa, Marcelo Bento, em princípio a retomada dos dois voos diários para o Rio será feita numa aeronave Cessna Caravan, monomotor de nove lugares. À medida em que o mercado se reaquecer, a previsão é de que haja o retorno das viagens através do ATR-72, com capacidade para até 70 lugares.

Desta vez, a rota Rio – Campos – Rio será feita sem escalas em Macaé. Os voos sairão do Aeroporto Santos Dumont (SDU) às 6h20 e 12h40. A volta, saindo do Aeroporto Bartolomeu Lisandro (CAW), acontece às 7h40 e 14 horas (Em consulta do Hoje ES ao site da Azul, cada trecho para compra hoje (05/10) custa entre R$ 801,96 e R$ 809,37).

Comentários Facebook

Continue lendo

CIDADES

ESTADO

POLÍTICA

ENTRETENIMENTO

Mais Lidas da Semana