conecte-se conosco

Grande Vitória

Fala Vitória 156 bate recorde de atendimentos. Use o aplicativo ou o portal

Publicado


.

O Fala Vitória 156 se consolidou ainda mais como facilitador de acesso dos munícipes aos serviços da Prefeitura de Vitória na pandemia do coronavírus. Desde o início do período de isolamento, a média de atendimentos diários em dias úteis pulou de 800 a 1 mil ligações para um total entre 2 e 3 mil chamados.

No entanto, o número de chamados por telefone aumentou desde meados de março, quando foi declarada a pandemia do coronavírus, fazendo com que o tempo de espera pelo telefone ficasse maior.

“O tempo médio de espera ao telefone pode variar durante o dia, porém o mais indicado e mais rápido é que os chamados sejam feitos de forma on-line pelo aplicativo Vitória Online ou pelo 156 Online“, disse a ouvidora da Prefeitura de Vitória, Luciana Possatti.

156

Por meio do Fala Vitória, podem ser realizados pedidos de informações, serviços e outras demandas públicas de forma rápida e totalmente on-line, por meio do aplicativo Vitória On-Line ou pelo portal da PMV, e também por telefone.

“O Fala Vitória 156 tem o objetivo de facilitar o acesso do cidadão aos serviços oferecidos pela Prefeitura e agilizar o andamento das demandas. Quando a solicitação é feita de forma on-line, o munícipe não precisa esperar o atendimento por telefone, pois o tempo de resposta da demanda é o mesmo e com a facilidade de não ter de esperar por um atendente”, enfatizou Luciana.

Comentários Facebook
publicidade

Grande Vitória

Fiscalização fecha bares em cinco bairros de Cariacica nesta sexta-feira (05)

Publicado

 

.

A noite desta sexta-feira (05) foi de fiscalização aos bares dos bairros Nova Rosa da Penha I e II, Nova Esperança, Morrinhos e Cariacica Sede. Foram fechados 23 estabelecimentos e aplicadas 13 notificações. Nenhum comerciante foi multado.

 

A operação foi realizada pela equipe de Fiscalização Integrada das Secretarias Municipais de Desenvolvimento da Cidade e Meio Ambiente (Semdec) e Saúde (Semus) com o apoio da Polícia Militar. Os trabalhos começaram às 19h e seguiram até às 22h.

 

Segundo o coordenador do Disque-Silêncio, Wagner Pereira, em alguns estabelecimentos foram encontradas, até mesmo, pessoas que fazem parte do grupo de risco.

 

“Bastante pessoas, aparentemente, com idades superiores a 60 anos e algumas crianças. Encontramos um média de 10 a 15 clientes em cada estabelecimento”, afirma.

 

 

Alguns comerciantes acataram ao pedido de fechamento, imediatamente, enquanto outros, questionaram a ação.

 

“A maioria tinha a ciência que não deveria estar com o comércio aberto, mas alegou que precisa trabalhar e, por isso, abriu em descumprimento aos decretos restritivos. No fim, todos acataram”, explica Pereira.

 

De acordo com dados do Painel Covid-19, da Secretaria de Estado da Saúde (Sesa), a região de Nova Rosa da Penha acumula 65 casos da doença, Cariacica Sede, 53; Nova Esperança, 39 e Morrinhos, 3.

 

Novas ações de fiscalização estão sendo planejadas para a próxima semana.

Comentários Facebook
Continue lendo

CIDADES

ESTADO

POLÍTICA NACIONAL

ENTRETENIMENTO

Mais Lidas da Semana