conecte-se conosco


Cidades

Feira de Negócios abre espaço para artesãos e pequenos empreendedores

Publicados

em

Expositores de diversos segmentos comercializam seus produtos durante a feira - Foto: Márcia Leal

Quem percorre os corredores da 16ª edição da Feira de Negócios e Agroturismo de Cachoeiro se depara com uma grande variedade de estandes, contendo os mais diversos produtos para compra e degustação.

Artesanato, charcutaria, doces, bebidas e pães são algumas das opções de produtos que pequenos empreendedores estão comercializando na Feira, que segue até o próximo sábado (30), no Parque de Exposição do Aeroporto, das 15h às 22h. A entrada é gratuita.

A expositora Candeias da Silva Pereira está participando de mais uma edição do evento, e disse estar satisfeita com a oportunidade de estar, novamente, divulgando seus produtos na Feira de negócios.

“É uma ótima oportunidade para todos nós que estamos aqui, estabelecendo novas relações profissionais e conhecendo pessoas novas, além de termos uma excelente espaço para divulgação e venda de nossos produtos”, afirmou a artesã, que trabalha com itens de aromaterapia.

Delisete de Brito, que confecciona acessórios como brincos e colares, também manifestou alegria em estar presente na Feira de Negócios, e fez um convite ao público.

“Estamos contentes de estar aqui, na Feira de Negócios. Quem vier, pode ter certeza que encontrará muita coisa bonita, boa comida e um ambiente muito animado. Estão todos convidados”, afirmou.

Público aprovou o evento

Quem esteve no Parque de Exposição de Cachoeiro para prestigiar o primeiro dia da Feira de Negócios aprovou a estrutura do evento e a variedade de produtos.

É o caso da vendedora Angelina Cardoso, que aproveitou a oportunidade para já garantir o presente de Dia dos Pais.

“Estou encantada com a Feira, muito organizada. Achei ótima a variedade de itens à venda, deu até para adiantar minha compra de Dia dos Pais. Quem tiver disponibilidade de tempo, pode vir que não irá se arrepender, afirmou.

Programação da 16ª Feira de Negócios 

A Feira de Negócios, que acontece até o próximo sábado (30), conta com diversas outras atrações, como exposição multissetorial de empresas (das 15h às 22h), palestras, praça de alimentação e o 9º Mutirão de Negociação de Dívidas do Procon (até o dia 29, das 9h às 16h).

O evento é uma realização da Prefeitura de Cachoeiro, em parceria com a Associação Comercial, Industrial e de Serviços do município (Acisci), e conta com apoio do Governo do Estado, por meio da Agência de Desenvolvimento das Micro e Pequenas Empresas e do Empreendedorismo (Aderes) e do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae).

Comentários Facebook

Cidades

Sebrae realiza a instalação de internet em duas comunidades de Alegre e Conceição do Castelo

Publicados

em

Por

Distritos em Conceição do Castelo e Alegre foram beneficiados pelo programa Wi-Fi Brasil

Moradores de duas comunidades rurais do Espírito Santo receberam no último mês a instalação de antenas de internet para facilitar a comunicação e o acesso à informação, através do programa Wi-Fi Brasil, desenvolvido em parceria com o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae).

No distrito localizado em Conceição do Castelo, cerca de 500 produtores rurais e da agricultura familiar foram beneficiados com a instalação. Já em Feliz Lembrança, comunidade de Alegre, 60 famílias já estão com acesso à internet.

“Entendemos que é necessário, especialmente nos dias de hoje, que todas as pessoas tenham acesso à internet, pois é lá que a comunicação acontece. Disponibilizar o wi-fi para essas comunidades significa oferecer oportunidades de negociações, e ampliar as possibilidades de mercado e renda para as famílias”, finaliza o gerente regional do Sebrae/ES, Ivair Segheto.

O empreendedor Fábio de Souza, dono da agroindústria Frumel, está entre os beneficiados pelo programa em Alegre. Ele conta que antes da instalação, os moradores compartilhavam a rede móvel e poucas casas tinham ponto de internet.

“Antes os vizinhos se ajudavam, um ia para a casa do outro para usar a internet. Agora com o ponto de acesso na praça, as pessoas vão até o centro comunitário para fazer suas pesquisas. Esse projeto do Sebrae é importante porque deixa a comunidade conectada 24 horas e fortalece inclusive a permanência do jovem na região, incentiva que eles criem algo, façam seus estudos e cursos online, além de reduzir a diferença de acesso à tecnologia entre campo e cidade”, ressalta Fábio.

Ao todo a região conta com seis agroindústrias, uma pequena fábrica de calçados, além dos pequenos prestadores de serviço da comunidade, todos impactados positivamente pelo programa.

Comentários Facebook
Continue lendo

CIDADES

ESTADO

POLÍTICA

ENTRETENIMENTO

Mais Lidas da Semana