conecte-se conosco

Estado

Ferramenta permite calcular gasto anual com locação de veículos em órgãos públicos

Publicado

O Portal de Serviços Corporativos da Secretaria de Gestão e Recursos Humanos (Seger) lançou uma funcionalidade para auxiliar gestores de secretarias e autarquias a tomarem a melhor decisão quanto à locação de veículos ou utilização de aplicativos de transporte de passageiros para deslocamento de servidores no atendimento de demandas administrativas e na prestação de serviços à população.

Na calculadora “Locado ou App?” é possível inserir os dados dos contratos de locação, gasto com combustível, salário do motorista e quilômetro rodado e compará-los com os dos contratos para prestação de serviços de transporte por aplicativo. A análise projeta quanto seria o gasto anual com a locação.

A ferramenta pode ser acessada por toda a população através do site  Serviços Corporativos, no link Deslocamentos  e também por gestores de todas as esferas, não somente do Poder Executivo Estadual, que têm a possibilidade de fazer as consultas dos respectivos órgãos para tomada de decisão ou mesmo para controle da qualidade do gasto público.

No caso do Poder Executivo Estadual, o uso do transporte por aplicativo foi ampliado em agosto de 2019, com o novo contrato firmado pela Seger com a Brazil GO Tecnologia e Serviços – EPP, vencedora da última licitação. De acordo com dados da Gerência de Serviços Corporativos (Gecor) da Seger, em 2019 foram feitas 13.464 corridas, com quilometragem média de 9,82 km e tíquete médio de R$ 23,95. Atualmente, a frota de veículos locados é de 439, no total.

A ampliação deste serviço – destinado ao deslocamento de servidores no atendimento de demandas administrativas – possibilitará a redução gradual da frota locada. Para efeitos de comparação, o custo do quilômetro rodado do aplicativo ofertado pela empresa vencedora da licitação é de R$ 2,36, enquanto o locado é de aproximadamente R$ 4,80.

Para a secretária de Gestão e Recursos Humanos, Lenise Loureiro, a calculadora é um elemento que facilita a convicção do gestor pelo menor custo. “Para cada veículo locado são necessários três contratos diferentes, sendo um de locação, um de abastecimento e o do motorista, com um servidor responsável por cada um deles. Já o transporte por aplicativo substitui essas três contratações por apenas uma. Cabe ao gestor usar a ferramenta para aferir o que é mais vantajoso para seu órgão”, salienta.

Informações à Imprensa:
Assessoria de Comunicação da Seger
Lívia Bomfim Francez de Oliveira (Respondendo)
[email protected]
Simone Espindula Batista
[email protected]

Fonte: Governo ES

Comentários Facebook
publicidade

Estado

Três mortos em acidente na BR-101 Norte, em Jaguaré

Publicado

por

Um acidente envolvendo um veículo de passeio e uma carreta carregada de alumínio vitimou três pessoas da mesma família no início da tarde deste sábado (22), no KM 101 da BR 101 Norte, próximo ao distrito de Barra Seca, em Jaguarė.

Os ocupantes do HB-20, pai, mãe e filho morreram na hora. Uma arma de fogo foi encontrada no carro e seria do motorista, cabo da Polícia Militar.

Segundo testemunhas, o condutor forçou uma ultrapassagem em vários carros e colidiu frontalmente com a carreta que vinha no sentido contrário. A carreta arrastou o veículo da família por cerca de 30 metros.

Comentários Facebook
Continue lendo

CIDADES

ESTADO

POLÍTICA NACIONAL

ENTRETENIMENTO

Mais Lidas da Semana