conecte-se conosco

Nacional

Ficou ofendidinho? MBL vende camisa com imagem de Mamãe Falei em briga na Alesp

Publicado

source
Arthur Mamãe Falei arrow-options
Reprodução/MBL

Camiseta com deputado Arthur Mamãe Falei durante briga na Alesp é vendida na loja online do MBL


Participante de uma grande discussão que terminou com socos, mordidas e xingamentos nesta quarta-feira (4) na Assembleia Legislativa de São Paulo (Alesp), o deputado estadual Arthur do Val (sem partido), conhecido como Mamãe Falei, foi “homenageado” pelo MBL, grupo o qual pertence. A imagem de sua posição durante a briga está estampada em uma camiseta comercializada no site do movimento.

Leia também: Briga entre deputados na Alesp tem xingamentos, empurrões e até mordida; assista

Logo abaixo da imagem de Arthur Mamãe Falei aparece a frase “Ficou ofendidinho?”, dita pelo deputado a um adversário enquanto insinuava que líderes sindicais eram vagabundos e que ele lutaria contra os privilégios.


O próprio deputado anunciou a venda da camiseta através de seu perfil no Twitter. “Esses caras do  MBL são f*da!! Hahahaha”, escreveu na rede social.

A briga em pleno plenário da Alesp deve render representações de deputados junto ao Conselho de Ética. Além de Mamãe Falei , parlamentares do PT e do Novo também se envolveram na briga.


Comentários Facebook
publicidade

Nacional

Ex-filiado de partido tenta atacar prefeito de Cuiabá com machado

Publicado


source
Gustavo
Reprodução

Gustavo Lima Franco tentou atacar prefeito de Cuiabá

Um homem que era filiado ao partido Novo tentou atacar o prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro (MDB), com um machado, na noite deste sábado (8). O homem, identificado como Gustavo Lima Franco, tentou invadir a sede de uma das subprefeituras da cidade.

Segundo o boletim de ocorrência, o vigilante tentou parar Gustavo, que estava dando chutes na porta do local, mas acabou sendo golpeado. “Após isso, o suspeito. que estava em posse de um machado, desferiu um golpe acertando o capacete de moto que estava usando. Em seguida, correu para pedir ajuda. Neste momento, o suspeito quebrou o retrovisor de sua moto e disse que iria na casa do prefeito”, informa o boletim.

No caminho para a casa do prefeito, em um bairro nobre da capital matogrossense, Franco foi abordado pela polícia militar por volta das 20h. Com ele, foi encontrado um machado, o mesmo usado na briga corporal contra o segurança.

Como não conseguiu encontrar o prefeito na subprefeitura, ele então se dirigiu à casa dele, em um bairro nobre da capital matogrossense. Gustavo, porém, foi abordado pela polícia militar. Com ele, foi encontrado um machado, o mesmo usado na briga corporal contra o segurança.

Ex-filiado do Novo

Gustavo Lima Franco foi filiado ao partido Novo até o ano passado, quando saiu da legenda. Na época, ele já fazia uma série de críticas ao prefeito da capital, Emanuel Pinheiro (MDB).

Comentários Facebook
Continue lendo

CIDADES

ESTADO

POLÍTICA NACIONAL

ENTRETENIMENTO

Mais Lidas da Semana