conecte-se conosco


Estado

Findes apoia seminário no combate à violência contra a mulher

A Federação das Indústrias do Espírito Santo (Findes) é apoiadora institucional do 1º Seminário “Maria da Penha vai às Empresas: possibilidades e parcerias entre instituições públicas e privadas”. O objetivo do evento é promover a discussão sobre o papel das instituições privadas em parceria com a rede pública no empoderamento econômico de mulheres, na promoção da […]

Publicados

em

A Federação das Indústrias do Espírito Santo (Findes) é apoiadora institucional do 1º Seminário “Maria da Penha vai às Empresas: possibilidades e parcerias entre instituições públicas e privadas”.

O objetivo do evento é promover a discussão sobre o papel das instituições privadas em parceria com a rede pública no empoderamento econômico de mulheres, na promoção da equidade de gênero, na prevenção da violência contra mulher e na criação de mecanismos de proteção para mulheres em situação de violência.

Para o presidente do Sistema Findes, Léo de Castro, é importante tratar a temática no âmbito das empresas. “Temos que apoiar iniciativas como essas. Qualquer tipo de violência contra as mulheres precisa ser combatido e as empresas são espaços importantes para a promoção da cultura do respeito e da igualdade entre as pessoas, pela valorização da liberdade e da vida”, reforçou.

O Seminário Maria da Penha Vai às Empresas é uma realização do Tribunal de Justiça do Espirito Santos, por meio da 1ª Vara Especializada em Violência Doméstica e Familiar contra a Mulher de Vitória. Além da Findes, a iniciativa acontece em parceria com a Prefeitura Municipal de Vitória, a Promotoria da Mulher e a Delegacia de Atendimento à Mulher, e conta com o apoio da Escola da Magistratura do Estado do Espírito Santo (Emes) e do Sindijudiciário.

De acordo com a Revista Exame, estudo realizado pelo Instituto Maria da Penha sobre o impacto da violência doméstica na vida laboral das mulheres mostrou que os efeitos nas vítimas são graves, impedem a ascensão nas carreiras e prejudicam a lucratividade das empresas. A pesquisa foi realizada com 10.000 mulheres de nove capitais da Região Nordeste do Brasil .

Para o 1º Seminário Maria da Penha vai às Empresas estão convidados representantes de instituições públicas, privadas, ONGs, sindicatos, magistrados, promotores, servidores, profissionais e estudantes interessados na temática.

A violência doméstica e familiar contra a mulher, na perspectiva da Lei Maria da Penha, é uma questão de gênero e um problema estrutural que perpassa toda a sociedade. A Federação da Indústrias apoia todas as iniciativas voltadas ao respeito e à igualdade. Tanto que realizou campanha na Semana da Mulher com esse mote.

Confira a programação:

Seminário Maria da Penha Vai às Empresas – Possibilidades e Parcerias Entre Instituições Públicas e Privadas

Data: 29 de março de 2019

Horário: Das 12h às 18h

Local: Salão Pleno do Tribunal de Justiça do Estado do Espírito Santo

Programação

12h | Credenciamento e momento cultural

12h30 | Mesa de abertura: Representantes do TJES, PMV, MP-ES, DEAM, TRT-ES, Ufes, Sindijudiciário e Fórum de Mulheres

13h30 | Mesa redonda: Empoderamento de mulheres, violência de gênero e suas interseccionalidades
Coordenador: Bruno Toledo (Secretário de Cidadania, Direitos Humanos e Trabalho de Vitória)

Emilly Marques Tenório (mestra em política social pela Ufes e especialista em gênero e sexualidade pela Uerj)
Drª. Brunela Faustini Bagliolli (juíza de direito da 1ª Vara Especializada em Violência Doméstica e Familiar contra a Mulher de Vitória) e Vania Goulart (diretora executiva da Selecta Consultoria, psicóloga e mestre em administração estratégica pela Fucape)

14h45 | Debate

15h20 | Intervalo

15h45 | Mesa redonda: Contribuição das empresas para a promoção da equidade de gênero, inclusão no mercado de trabalho e prevenção da violência contra as mulheres
Coordenadora: Drª. Suely Lima e Silva (promotora de Justiça do MP-ES)
Dr. Mario Rubens Assumpção (juiz de direito do TJSP – Programa Tem Saída)
Roberta Cristina Bispo de Carvalho (gerente geral do Sicoob Servidores)
Sr. Paulo Henrique Marques (representante da Arcelor Mittal)

17h15 | Debate

18h | Encerramento

Inscreva-se: https://docs.google.com/forms/d/e/1FAIpQLSfn7Xb-GKewpfjMkzC-IJ1M_P-5chvdihGzRkLgYgN9HrJ-3A/viewform

Comentários Facebook
Propaganda

Estado

Governo inicia obras do Viaduto do Complexo Viário de Carapina

Publicados

em

O governador do Estado, Renato Casagrande, anunciou, neste domingo (26), o início das obras de construção do Viaduto do Complexo Viário de Carapina, na Rodovia das Paneleiras. Na ocasião, foi realizada a entrega da primeira etapa da obra, que contempla o trecho que vai da Avenida Fernando Ferrari até o final da área do Aeroporto de Vitória. As obras do novo trevo de Carapina são prioritárias do Governo do Estado na área da Mobilidade, com investimento de R$ 76 milhões.

Entre as intervenções previstas, o trecho da ES020 (antiga Reta do Aeroporto) passará a contar com três faixas por sentido, desde o viaduto de acesso à rodovia do contorno até a Avenida Fernando Ferrari, além das vias marginais. O viaduto que começa a ser construído terá duas faixas por sentido, além de ciclovia em um dos sentidos e calçada no sentido oposto e vai eliminar a necessidade de conversão atualmente existente para acessos aos bairros Jardim Carapina e Eurico Salles, na Serra.

“Esse é um investimento que vai ajudar muito na fluidez do trânsito e também vai embelezar a cidade. A ciclovia vai dar segurança aos ciclistas – muitos deles que usam a bicicleta para ir trabalhar em Vitória. Aliás, toda rodovia que é feita pelo Governo do Estado tem ciclovia ou faixa multiuso. Logo que cheguei ao governo resolvemos o problema da Avenida Leitão da Silva e fizemos o Portal do Príncipe, que embelezou a entrada de Vitória para quem vem de Cariacica e Vila Velha pela Segunda Ponte”, afirmou o governador.

Casagrande destacou outras importantes obras na área de mobilidade. “Estamos fazendo o Contorno de Jacaraípe, depois faremos um contorno em Nova Almeida que vai chegar lá no Piraqueaçu [em Ibiraçu], ajudando a desenvolver toda aquela região. Estamos fazendo também a ampliação da Terceira Ponte e a construção da Ciclovia da Vida, que devem ser entregues até março do próximo ano. Em Vila Velha, a Rodovia ES-388 está praticamente pronta e vai ligar a Região V até Amarelos, em Guarapari. É um conjunto gigantesco de obras de infraestrutura para a Região Metropolitana, uma verdadeira revolução na mobilidade que este Estado nunca viu.”

O prefeito da Serra, Sérgio Vidigal, enfatizou a importância das obras. “Tem uma palavra que aprendi e que adoro expressar: gratidão. Gratidão à Deus e mais uma vez ao governador Renato Casagrande pelo respeito, carinho, sensibilidade e o compromisso que têm com a coisa pública e com a Serra. Essa obra não é para ser comemorada apenas pelos serranos, mas por todos da Região Metropolitana, principalmente pela Serra e Vitória que estão sendo impactadas diretamente, pois são cidades coirmãs”, disse.

“Temos um governador municipalista que, além de atender ao prefeito, atende ao movimento popular. Uma obra extremamente importante para quem está se deslocando, na maioria das vezes, para o trabalho. Quero lembrar também que temos as obras na Avenida Abido Saadi e o Binário de Jardim Limoeiro, que são obras do Governo do Estado e ajudam a população da Serra. Fora os outros convênios que temos e queria destacar os da educação, pois pra mim são as mais importantes para diminuir a desigualdade. São 76 escolas construídas, reformadas e ampliadas na Serra. Na saúde temos o Hospital Dr. Jayme dos Santos Neves, que é uma referência no País, além do Dório Silva que estava fadado a ser fechado e está em pleno funcionamento e sendo ampliado”, completou o prefeito serrano.

Também estiveram presentes a vice-governadora do Estado, Jacqueline Moraes; os deputados estaduais Bruno Lamas, Alexandre Xambinho e Janete de Sá; além de secretários de Estado, dirigentes de autarquias, vereadores e lideranças da região.

Obras

A primeira fase da das intervenções já está concluída. No trecho de Vitória da Rodovia das Paneleiras foram executados os serviços de implantação de três faixas por sentido, calçada e ciclovia no sentido Vitória e calçada no sentido Serra, além de drenagem, paisagismo e iluminação.

Já a segunda fase da obra, corresponde ao trecho da Serra até o viaduto de acesso à Rodovia do Contorno, as obras já estão em andamento e serão implantadas quatro faixas de rolamento por sentido, além de uma faixa multiuso (também por sentido), que será utilizada para acesso às edificações e como baias de ônibus. Além disso, será implantada uma área de convivência e lazer, com 10 metros de largura no canteiro central. Parte deste trecho também já está concluída, com calçadas, recuperação do pavimento, nova drenagem e pavimentação.

Finalmente, a terceira e última etapa corresponde à construção do viaduto para os novos acessos aos bairros Jardim Carapina e Eurico Salles.  Além disso, a região também receberá obras de urbanização, praça, ciclovias, semáforos inteligentes, entre outras melhorias. A conclusão das obras do complexo viário Trevo de Carapina tem previsão de término em dezembro de 2022.

“Concluímos o Portal do Príncipe, no acesso sul da Capital, no ano passado e estamos com as obras de ampliação da Terceira Ponte avançadas e em ritmo acelerado. Aqui em Carapina, também estamos avançando bem com as obras no segundo trecho e as melhorias já são sentidas no trecho Vitória, onde o trabalho já está concluído. Vamos iniciar agora a última etapa, que é o viaduto e pretendemos entregar toda obra até o final deste ano, para a melhoria da mobilidade da Região Metropolitana”, explicou o secretário de Estado de Mobilidade e Infraestrutura, Fábio Damasceno.

Informações à Imprensa:
Assessoria de Comunicação do Governo
Giovani Pagotto
(27) 98895-0843

Assessoria de Comunicação da Semobi
Susana Kohler
(27) 3636-9617 / 99697-6783
[email protected]

Fonte: Governo ES

Comentários Facebook

Continue lendo

CIDADES

ESTADO

POLÍTICA

ENTRETENIMENTO

Mais Lidas da Semana