conecte-se conosco


Destaque

Folia continua em Vitória E.S mesmo após fim do carnaval. Confira a programação

Os foliões da capital capixaba não precisam se entristecer pelo fim do Carnaval. A temporada dos blocos que desfilam pelas ruas de Vitória seguem firmes, pelo menos por mais dois fins de semana. Diversos bairros receberão os cortejos dos amantes da folia nos próximos dias 9, 10, 17 e 18 de março. Confira a programação: […]

Publicados

em

Os foliões da capital capixaba não precisam se entristecer pelo fim do Carnaval. A temporada dos blocos que desfilam pelas ruas de Vitória seguem firmes, pelo menos por mais dois fins de semana.

Diversos bairros receberão os cortejos dos amantes da folia nos próximos dias 9, 10, 17 e 18 de março. Confira a programação:

Sábado (dia 9)

Bloco dos Trouxas
O bloco acontece no Centro de Vitória e vai sair da Praça Costa Pereira. O evento será realizado das 15 às 19 horas.

Bloco Kustelão
O bloco de samba-reggae sairá da avenida Norte-Sul, em Jardim Camburi, e vai se concentrar ao lado do Kartódromo, às 13h30. O bloco é aberto ao público. Já para quem quiser curtir o trio open bar, pode adquirir um ingresso no valor de R$ 150, com direito a uma caneca, bebida e abadá. Informações: 99514-7152 e 99882-1415.

Bloco Reciclagem
Uma matinê infantil vai agitar o sábado da criançada e de toda família, que vai sair do bairro Caratoíra, da Praça Antônio Trajano dos Santos. O agito vai contar com a bateria da Novo Império, das 16h às 21 horas. Algumas fantasias serão doadas para quem participar do bloco.

Domingo (dia 10)

Bloco da Pelada
Com saída do bairro Nova Palestina, da Rua do Pedestre, o bloco terá muito axé, com trio elétrico e dança, e acontece das 15 às 19 horas.

Bloco das Piranhas
Com trio elétrico e ritmistas do bairro, o bloco sai da Praça de Gurigica e vai rodar o bairro das 14 às 19 horas.

Bloco Prakabá
O Bloco tradicional do Centro de Vitória vai sair da rua Maria Saraiva e terá atrações das 15 às 20 horas.

Bloco Te Pego Lá Fora
O bloco este ano vem com a temática “Linda Mulher Brasileira” e vai retratar, durante a folia, a violência que as mulheres vêm sofrendo.
Com músicas baianas, o bloco também vai fazer uma homenagem ao Vital, carnaval que acontecia fora de época em Vitória. O agito acontece das 13 às 18 horas, com saída da avenida Ranulpho Barbosa dos Santos, em Jardim Camburi.

Dia 16

Bloco Seis a Um
Saindo do bairro Resistência, da rua Santa Rita de Cássia, o bloco, que terá muito axé, vai até Nova Palestina. A folia acontece das 13 às 18 horas.

Dia 17

Bloquinho da Ilha
O bloco é destinado às crianças e às famílias e acontece no Embrazado, na Praia do Canto, das 13h às 18h. Terá brincadeiras, bandinhas, DJ, algodão-doce. O evento é pago. Informações: instagram @bloquinhodailha.

Bloco Jaburu Folia
O bloco vai percorrer as ruas do bairro Jaburu, a Leitão da Silva e terá músicas baianas, além de trio elétrico. Acontece das 13 às 19 horas, com saída do Mirante do Jaburu.

Bloco Pinduraí
Desfilando pelas ruas do bairro Santos Dumont, o bloco vai sair da rua Balbina dos Santos. O evento vai ser das 12 às 19 horas.

Comentários Facebook
Propaganda

Destaque

Mercado financeiro prevê queda de 1,96% na economia este ano

Publicados

em

Com a pandemia de covid-19, o mercado financeiro tem piorado a estimativa para a queda da economia este ano. A previsão de recuo do Produto Interno Bruto (PIB) – a soma de todos os bens e serviços produzidos no país – passou de 1,18% para 1,96%. Essa foi a nona redução consecutiva.

A  previsão para o crescimento do PIB em 2021 subiu de 2,50% para 2,70%. As previsões de expansão do PIB em 2022 e 2023 permanecem em 2,50%.

Dólar

A cotação do dólar deve fechar o ano em R$ 4,60, contra R$ 4,50 na semana passada. Para 2021, a expectativa é que a moeda americana fique em R$ 4,47, contra R$ 4,40 da semana passada.

Inflação

As instituições financeiras consultadas pelo BC reduziram a previsão de inflação para 2020 pela quinta vez seguida. A projeção para o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) caiu de 2,72% para 2,52%.

Para 2021, a estimativa de inflação segue em 3,50%, assim como para 2022 e 2023.

A projeção para 2020 está praticamente no limite inferior da meta que deve ser perseguida pelo BC. A meta, definida pelo Conselho Monetário Nacional, é de 4% em 2020, com intervalo de tolerância de 1,5 ponto percentual para cima ou para baixo, ou seja, o limite inferior é 2,50% e o superior, 5,50%. Para 2021, a meta é 3,75% e para 2022, 3,50%, também com intervalo de 1,5 ponto percentual em cada ano.

Selic

Para alcançar a meta de inflação, o Banco Central usa como principal instrumento a taxa básica de juros, a Selic, estabelecida atualmente em 3,75% ao ano pelo Comitê de Política Monetária (Copom).

Para o mercado financeiro, a expectativa é que a Selic tenha mais uma redução e encerre 2020 em 3,25% ao ano a mesma previsão da semana passada.

Para o fim de 2021, a expectativa é que a taxa básica chegue a 4,50% ao ano. A previsão anterior era de 4,75% ao ano. Para o fim de 2022 e 2023, as instituições mantiveram a previsão em 6% ao ano.

Quando o Copom reduz a Selic, a tendência é que o crédito fique mais barato, com incentivo à produção e ao consumo, reduzindo o controle da inflação e estimulando a atividade econômica. Quando o Copom aumenta a taxa básica de juros, o objetivo é conter a demanda aquecida, e isso causa reflexos nos preços porque os juros mais altos encarecem o crédito e estimulam a poupança.

Comentários Facebook

Continue lendo

CIDADES

ESTADO

POLÍTICA

ENTRETENIMENTO

Mais Lidas da Semana