conecte-se conosco


Brasil

Fórum da Juventude Negra está com inscrições abertas para formar jovens que atuarão em redes

O Fórum Estadual da Juventude Negra do Espírito Santo (Fejunes) está com inscrições abertas até o sábado da próxima semana, dia 13, para projeto de formação de 50 jovens capixabas que atuarão em redes de articulação. As vagas estão divididas em 20 para membros ou filiados ao Fejunes, 10 para jovens negros moradores da Serra, […]

Publicados

em

O Fórum Estadual da Juventude Negra do Espírito Santo (Fejunes) está com inscrições abertas até o sábado da próxima semana, dia 13, para projeto de formação de 50 jovens capixabas que atuarão em redes de articulação. As vagas estão divididas em 20 para membros ou filiados ao Fejunes, 10 para jovens negros moradores da Serra, 5 para jovens negros LGBTQI+, 10 para juventude negra periférica, 5 para os demais jovens negros.

A primeira formação do Fejunes, cujo título é “I Formação: Papo Reto com a Juventude Negra no ES” será realizada, por sua vez, nos dias 26,27 e 28 de abril . Segundo os organizadores, serão três dias com momentos de troca de conhecimentos intergeracional, formações políticas e sociais, vivências, diálogos e afetos. Os interessados podem fazer as inscrições aqui.

De acordo com o projeto elaborado pelo Fórum, o objetivo é contribuir para a construção da identidade dos/as jovens negros no Espírito Santo, organizando uma rede de juventude negra que tenha como princípios conhecer seus direitos, criar espaços de fala, reflexão para criação de um debate político que interfira propositivamente nas ações e pensamentos que viabilizem a formação do jovem negro. Além disso, construir um espaço de convergência do pensamento diverso sobre identidade e história do negro que agregue jovens de diferentes municípios para pensar, dialogar e construir saberes em conjunto.

No Espírito Santo, de acordo com dados do IBGE de 2017, a população declarada branca era de 1,574 milhão de pessoas, com uma redução de 1,5% quando comparada com a de 2012. Em contrapartida, as populações preta e parda cresceram 31,9% e 7,4%, respectivamente, no período. Para representantes do Fejunes, este crescimento se deu através do investimento em políticas públicas que atendesse ao povo negro, sobretudo jovens negros e nas formações que o movimento negro proporcionou para várias instituições privadas e públicas. 

Para a coordenadora Crislayne Zeferina, “investir em formação é investir em seres críticos e conhecedores da sua própria história, para juntos rompermos com o preconceito, racismo e  discriminação que existe no nosso estado. Nós jovens precisamos nos aglutinar e pensarmos em estratégias de nos manter vivos e conscientes dessa política que não nos acessa”. 

Discussões

Entre os temas que serão estudados estão: A luta da Juventude Negra no Brasil; Movimentos Sociais e Movimentos Negros: Processo de Formação e Dificuldades de Organização; O processo de Embranquecimento no Brasil; Políticas Públicas, Ações Afirmativas e de Reparações; Juventude e Educação, Cotas Raciais e Acesso à Universidade; Direitos Humanos é para todos; O Pacto Anti-crime e os corpos pretos/as tombados no Chão; Juventude Negra e Mercado de Trabalho; e Legislação Anti racista à Luz da Constituição de 1988.

Por definição própria, o Fejunes é composto por sua maioria de jovens negros periféricos que nunca tiveram acesso a assuntos relacionados à construção da sua identidade e na construção do ser jovem negro como sujeito político de direitos. “Para nós, construir essa formação para jovens negros, sobretudo das periferias do ES, é pensar em proporcionar os mesmos momentos únicos e conhecedor da sua própria história. A participação de jovens nas formações e em outros espaços de conhecimento sempre foi uma tarefa difícil para os governantes que passaram por este Estado. Investir na juventude é investir em um futuro e presente mais qualificado, modificando o cenário conservador que está presente e preparando para um futuro mais justo para todxs”, alerta o projeto da formação. 

O que é a formação Papo Reto com a Juventude Negra?
A I Formação: Papo Reto com a Juventude Negra no ES é criada para proporcionar aos jovens do Espírito Santo momentos de troca de conhecimentos, formações políticas e sociais, vivências, diálogos e afetos.

Quantas vagas serão ofertadas?
Serão ofertados 50 vagas para jovens negros, sendo: 
20 membros ou filiados do Fejunes.
10 para jovens negros moradores da Serra. 
05 para jovens negros LGBTQI+.
05 para juventude negra periférica.
05 para jovens negros de religião de matriz; africana e/ou quilombola e/ou indígena.
05 para os demais jovens negros do Estado do Espírito Santo.

Qual o critério de seleção?
Serão escolhidos os/as jovens negros, de preferência os que não têm acesso a essas vivências e formações, jovens negros que não possuem o engajamento político de direito.

E se eu não for escolhido?
Calma jovem. Um segredo para você é: essa é só a primeira, teremos mais.
 

Comentários Facebook
Propaganda

Brasil

Covid-19 no RJ: 402 óbitos e 4.675 casos confirmados até este domingo (19)

Publicados

em

Por

A Secretaria de Estado de Saúde do Rio de Janeiro informou que até este domingo (19) são 4.675 casos confirmados de pessoas infectadas por coronavírus no estado. Destas, 402 morreram com a Covid-19. Há ainda 185 óbitos em investigação. Os casos confirmados estão distribuídos da seguinte maneira:

Rio de Janeiro – 3.126
Niterói – 212
Duque de Caxias – 182
Nova Iguaçu – 171
Volta Redonda – 146
São Gonçalo – 105
São João de Meriti – 80
Belford Roxo – 69
Petrópolis – 67
Mesquita – 59
Itaboraí – 42
Maricá – 38
Magé – 33
Nova Friburgo – 29
Nilópolis – 26
Macaé – 19
Araruama – 18
Teresópolis –17
Queimados – 15
Barra Mansa – 14
Rio das Ostras – 13
Resende – 12
São Pedro da Aldeia – 12
Casimiro de Abreu – 11
Barra do Piraí – 10
Cabo Frio – 10
Angra dos Reis – 8
Itaguaí – 8
Paracambi – 8
Campos dos Goytacazes – 7
Iguaba Grande – 6
Rio Bonito – 6
Bom Jesus de Itabapoana – 5
Japeri – 5
Mangaratiba – 5
Miguel Pereira – 5
Tanguá – 5
Três Rios – 5
Armação de Búzios – 4
Bom Jardim – 4
Cachoeiras de Macacu – 4
Paraty – 4
Seropédica – 4
Arraial do Cabo – 3
Guapimirim – 3
Itaperuna – 3
Paraíba do Sul – 3
Quissamã – 3
São Fidélis – 3
Sapucaia – 3
Saquarema – 3
Paty do Alferes – 2
Piraí – 2
Porto Real – 2
Quatis – 2
São Francisco de Itabapoana – 2
Valença – 2
Areal – 1
Cantagalo – 1
Carapebus – 1
Itatiaia – 1
Mendes – 1
Pinheiral – 1
Porciúncula – 1
Rio das Flores – 1
São João da Barra – 1
Silva Jardim – 1

A secretaria confirma neste domingo mais quinze óbitos por coronavírus no estado. As 402 vítimas foram registradas nos seguintes municípios:

Rio de Janeiro – 245
Duque de Caxias – 35
Niterói – 14
Nova Iguaçu – 13
São João de Meriti – 8
Belford Roxo – 7
Mesquita – 7
São Gonçalo – 7
Itaboraí – 6
Petrópolis – 6
Volta Redonda – 6
Macaé – 4
Maricá – 4
Rio das Ostras – 4
Magé – 3
Tanguá – 3
Barra do Piraí – 2
Iguaba Grande – 2
Itaguaí – 2
Mangaratiba – 2
Rio Bonito – 2
Resende – 2
São Pedro da Aldeia – 2
Sapucaia – 2
Araruama – 1
Arraial do Cabo – 1
Barra Mansa – 1
Bom Jardim – 1
Bom Jesus de Itabapoana – 1
Cachoeira de Macacu – 1
Campos dos Goytacazes – 1
Japeri – 1
Miguel Pereira – 1
Nova Friburgo – 1
Paraty – 1
Queimados – 1
São Francisco de Itabapoana – 1
Teresópolis – 1

Fonte: Núcleo de Imprensa do Governo do Estado do Rio de Janeiro

Comentários Facebook

Continue lendo

CIDADES

ESTADO

POLÍTICA

ENTRETENIMENTO

Mais Lidas da Semana