conecte-se conosco


Cidades

​​​​​​​Gestores de municípios capixabas buscam referências em Anchieta para implantar Sala do Empreendedor

Publicados

em

Foto: Jonas Pereira

A Sala do Empreendedor de Anchieta e o Programa Anchieta Criativa e Empreendedora estão se tornando referência no Estado. Ontem (03) a Prefeitura de Anchieta recebeu uma comitiva de servidores e gestores de oito cidades capixabas, composta por prefeitos, secretários, coordenadores e agentes de desenvolvimento, além de representantes do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae-ES).

O Sebrae está apoiando a implantação de Salas do Empreendedor em municípios do sul do Estado. Segundo técnicos do órgão, Anchieta foi escolhida por ser referência no Estado quando o assunto é empreendedorismo e os participantes dessas cidades queriam aproveitar para fazer um benchmarking (processo de busca das melhores práticas de gestão de uma entidade). O Diretor Superintendente do Sebrae-ES, José Eugênio Vieira, também participou da visita e aproveitou para falar das ações de sucesso realizadas em Anchieta e que podem ser aplicadas em outras cidades.

A comitiva foi recepcionada pelo prefeito Fabrício Petri, secretários e servidores de diversos setores, que atuam diretamente na execução dos Projetos do Programa Socioeconômico Anchieta Criativa e Empreendedora. Na ocasião os visitantes conheceram um pouco das atividades diárias desenvolvidas pela Sala do Empreendedor do município e iniciativas ligadas ao fomento do empreendedorismo, além dos resultados positivos já colhidos ao longo dos últimos anos.

Petri falou das iniciativas adotadas pela gestão para alavancar o desenvolvimento, a geração de emprego e renda no município. “É sempre bom vir aqui na Sala do Empreendedor e falar das nossas ações e dos avanços que tivemos com o Programa Anchieta Criativa e Empreendedora”, comentou.

Para a Secretária de Integração, Desenvolvimento, e Gestão de Recursos, Paula Louzada, o segredo do sucesso e do bom desenvolvimento das iniciativas é o planejamento. “Estamos focados no planejamento de cada ação, sempre monitorando, assim conseguimos atingir os objetivos e resultados que refletem na qualidade de vida do cidadão e no apoio aos empreendedores”, disse.

Estiveram presentes representantes dos municípios de Irupi, Apiacá, Iúna, Ibitirama, Guarapari, São José de Calçado e Guaçuí.

O programa Anchieta Criativa e Empreendedora já rendeu diversos prêmios ao município, entre eles de Prefeito Empreendedor Estadual e Nacional em 2019 e Prefeito Empreendedor Estadual 2022.

O programa é composto por 10 projetos e além de inovador, está baseado na sustentabilidade econômica e social de Anchieta, na promoção do desenvolvimento, na atração de novas empresas, na promoção da inclusão social, na desburocratização dos processos administrativos, entre outros.

Comentários Facebook

Cidades

Sebrae realiza a instalação de internet em duas comunidades de Alegre e Conceição do Castelo

Publicados

em

Por

Distritos em Conceição do Castelo e Alegre foram beneficiados pelo programa Wi-Fi Brasil

Moradores de duas comunidades rurais do Espírito Santo receberam no último mês a instalação de antenas de internet para facilitar a comunicação e o acesso à informação, através do programa Wi-Fi Brasil, desenvolvido em parceria com o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae).

No distrito localizado em Conceição do Castelo, cerca de 500 produtores rurais e da agricultura familiar foram beneficiados com a instalação. Já em Feliz Lembrança, comunidade de Alegre, 60 famílias já estão com acesso à internet.

“Entendemos que é necessário, especialmente nos dias de hoje, que todas as pessoas tenham acesso à internet, pois é lá que a comunicação acontece. Disponibilizar o wi-fi para essas comunidades significa oferecer oportunidades de negociações, e ampliar as possibilidades de mercado e renda para as famílias”, finaliza o gerente regional do Sebrae/ES, Ivair Segheto.

O empreendedor Fábio de Souza, dono da agroindústria Frumel, está entre os beneficiados pelo programa em Alegre. Ele conta que antes da instalação, os moradores compartilhavam a rede móvel e poucas casas tinham ponto de internet.

“Antes os vizinhos se ajudavam, um ia para a casa do outro para usar a internet. Agora com o ponto de acesso na praça, as pessoas vão até o centro comunitário para fazer suas pesquisas. Esse projeto do Sebrae é importante porque deixa a comunidade conectada 24 horas e fortalece inclusive a permanência do jovem na região, incentiva que eles criem algo, façam seus estudos e cursos online, além de reduzir a diferença de acesso à tecnologia entre campo e cidade”, ressalta Fábio.

Ao todo a região conta com seis agroindústrias, uma pequena fábrica de calçados, além dos pequenos prestadores de serviço da comunidade, todos impactados positivamente pelo programa.

Comentários Facebook
Continue lendo

CIDADES

ESTADO

POLÍTICA

ENTRETENIMENTO

Mais Lidas da Semana