conecte-se conosco


Estado

Governo do ES anuncia investimentos em reforma e restauração de patrimônios tombados em vários municípios

Publicados

em

Palácio Bernardino Monteiro, em Cachoeiro de Itapemirim

O governador do Estado, Renato Casagrande, anunciou, nessa quarta-feira (13), um investimento de R$ 5 milhões para restauro e reforma de quatro imóveis tombados pelo Conselho Estadual de Cultura (CEC). São eles: a Casa da Cultura, em Fundão; o Palácio Bernadino Monteiro, em Cachoeiro; a sede da Prefeitura Municipal, em Muqui; e a Igreja Matriz Nossa Senhora da Penha, em Castelo. Os imóveis são considerados patrimônio histórico cultural, além de serem elementos simbólicos da história e da cultura local.

O restauro dos imóveis considera a representatividade do bem para a população e o impacto que ações como estas geram nas comunidades detentoras do patrimônio cultural. Esse tipo de serviço de conservação e restauração está em consonância com o Plano Estadual de Cultura, que prevê a ampliação de ações de preservação de sítios e locais de importância histórica, arqueológica, ecológica, paisagística e simbólica para a sociedade capixaba.

“O Espírito Santo é um Estado rico em cultura e temos uma linda história que precisa e merece ser preservada. Essa ação está em consonância com nossos objetivos dentro da política pública de levar desenvolvimento preservando nossa cultura e tradição. Já realizamos algumas ações estruturantes na área cultural e tenho plena certeza que restaurar esses quatro locais fará com que a nossa história perdure, fortalecendo assim a nossa identidade”, afirmou o governador Casagrande.

Conheça mais sobre os locais

Igreja Matriz Nossa Senhora da Penha, em Castelo 

Um convênio entre o Governo do Estado, por meio da Secretaria da Cultura (Secult), e a Prefeitura de Castelo foi firmado, no último dia 16 de setembro, para realizar a restauração das pinturas decorativas da Igreja Nossa Senhora da Penha, em Castelo. Localizada no centro da cidade, o imóvel tornou-se patrimônio cultural, sendo tombado pelo Conselho Estadual de Cultura (CEC), em 1998.

O valor do convênio é de cerca de R$ 356 mil, com o período de execução entre setembro de 2021 e 31 de dezembro de 2022. A restauração será realizada nas seguintes etapas: pinturas em cavalete e tela e pinturas fixadas ou produzidas diretamente nas paredes do imóvel.

A Igreja Matriz Nossa Senhora da Penha foi construída entre 1955 e 1965, com a participação voluntária da população local, em sua maioria de descendência italiana. Apesar de se tratar de imóvel de propriedade da Igreja Católica, o local se tornou patrimônio de interesse público, quando foi reconhecido como bem tombado, por seu caráter histórico.

Sede da Prefeitura Municipal, em Muqui 

Inaugurado no ano de 1939, a sede da Prefeitura de Muqui é um importante prédio do patrimônio histórico do município, e ganhará uma reforma inédita. O termo de convênio entre o Governo do Estado, por meio da Secult, e Município de Muqui foi firmado no dia 7 de outubro. O período de execução da obra de restauro começa em novembro e tem previsão de finalização em dezembro de 2022. O valor do convênio será de R$ 1.305.836,89.

O projeto propõe a restauração e recuperação do bem tombado visando à valorização e preservação da cultura local, como forma de resgatar as raízes culturais e de despertar nos indivíduos a motivação e a propagação da própria cultura, buscando a preservação de sua história. Além disso, busca adequá-lo plenamente para atendimento do uso como sede da Administração Pública Municipal, resgatando as características mais marcantes do imóvel enquanto bem de valor útil e suporte da memória coletiva.

Estão previstos a restauração dos elementos fundamentais da edificação, como cobertura, esquadrias, pisos, entre outros; e a atualização das infraestruturas elétrica, hidrossanitária, além de prevenção de incêndio e cabeamento estruturado.

Palácio Bernardino Monteiro, em Cachoeiro de Itapemirim

O Palácio Bernardino Monteiro, sede da Prefeitura de Cachoeiro de Itapemirim, ganhará uma reforma completa em todo seu espaço. Com o Termo de Convênio assinado no dia 28 de setembro, celebrado entre o Governo do Estado, por meio da Secult, e Município de Cachoeiro de Itapemirim, a previsão é que a obra seja realizada entre outubro de 2021 e outubro de 2023, com um investimento de R$ 2.266.810,21.

O projeto propõe a restauração e recuperação do bem tombado, além disso, busca torná-lo um espaço multifuncional propiciando o encontro de pessoas, desenvolvimento de atividades e eventos culturais, exposições e o resgate de elementos que foram alterados ao longo dos tempos, e a inserção de novos visando à adaptação ao novo uso e legislações vigentes.

Nesse contexto está contemplada, entre outros aspectos, a demolição de todo o anexo construído no afastamento de fundos do bem tombado, além da promoção de acessibilidade das pessoas com deficiência ou com mobilidade reduzida aos dois pavimentos do imóvel, a melhoria das instalações elétricas e hidrossanitárias, e a inclusão de sistema de prevenção e combate a incêndio e pânico.

Casa Agostini, em Fundão

Erguido em 1882, a Casa de Cultura ‘Doutor Mauro Mattos Pereira”, mais conhecida como Casa Agostini, pertence à Prefeitura Municipal de Fundão e abriga atualmente a Casa de Cultura e a Secretaria de Cultura, Turismo e Esporte do município. Sua edificação é um exemplar bastante significativo da arquitetura do ciclo do café. O local se destaca na paisagem urbana, fazendo um contraponto à sua arquitetura antiga. A última restauração que o local passou se deu em 1986, quando foram feitas adaptações para abrigar a Casa da Cultura.

Devido ao estado de degradação em que o imóvel tombado se encontrava, em 2014 o Governo do Estado, por meio da Secult, contratou uma empresa para elaborar os projetos executivos de arquitetura de restauros, visando à preservação e recuperação do patrimônio. No último dia 23 de setembro, foi assinado o convênio entre o município de Fundão e a Secult no valor de R$ 984.121,00 para realizar toda a restauração do local.

O termo de convênio da Casa Agostini, em Fundão, visa à restauração do imóvel e a modernização de suas instalações e equipamentos. Entre os serviços destacam-se um novo projeto de comunicação visual, prevenção de incêndio, recuperação da rede elétrica, estrutural, hidrossanitária e climatização.  Ações como esta proporcionam a salvaguarda da memória do local, além de ampliar a segurança dos usuários do espaço e do bom desempenho das atividades culturais desenvolvidas.

Comentários Facebook
Propaganda

Estado

Setades oferta curso inédito no Estado na Proteção Social Básica

Publicados

em


O Governo do Estado, por meio da Gerência do Sistema Único de Assistência Social (GSUAS), da Secretaria de Trabalho, Assistência e Desenvolvimento Social (Setades), oferece curso inédito no Espírito Santo, dentro da proposta da Proteção Social Básica.

O curso oferecido será “Capacitação sobre o Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos (SCFV)”. O curso tem como objetivo capacitar os educadores sociais e técnicos de referência envolvidos na execução do serviço, possibilitando a convivência familiar, social e comunitária.

O Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos é um serviço da Proteção Social Básica, ofertado nos Centros de Referência de Assistência Social (Cras), nos centros de convivência municipais ou geridos por entidades sem fins lucrativos. Os usuários do serviço são crianças, jovens e adultos; pessoas com deficiência; pessoas que sofreram violência, vítimas de trabalho infantil, jovens e crianças fora da escola, jovens que cumprem medidas socioeducativas, idosos sem amparo da família e da comunidade ou sem acesso a serviços sociais, além de outras pessoas inseridas no cadastro único.

A capacitação é direcionada aos gestores Gestores da Assistência Social; educadores sociais e técnicos de referência Estaduais e Municipais.

São 300 vagas, divididas em duas turmas, com carga horária de 40 horas. O curso será realizado em parceria com a Escola de Serviço Público do Espírito Santo (Esesp), responsável também pela certificação dos participantes. As inscrições podem ser feitas no período de 25 a 29 de outubro, pelo link: https://forms.gle/m2MKBWKwWHdRziMt5

Mais informações sobre a capacitação oferecida, é só entrar em contato com a Gerência do SUAS – GSUAS pelos telefones (27) 3636-6853 / 3636-6852.

Serviço:

Capacitação sobre o Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos – SCFV
Inscrições: 25 a 29/10
Nº de Turmas: 2
Total de cursistas: 300
Duração do curso:  12 de novembro a 13 de dezembro (Turma 1 e 2)
Carga horária: 40 horas
Objetivo: Visa a capacitar os educadores sociais e técnicos de Referência envolvidos na execução do referido serviço, possibilitando a convivência familiar, social e comunitária.
Público alvo: gestores da Assistência Social; educadores sociais e técnicos de referência estaduais e municipais.

Link para inscrição https://forms.gle/m2MKBWKwWHdRziMt5

Informações à Imprensa:
Assessoria de Comunicação da Setades
Samyra Ferreira
(27) 3636-6803
[email protected]

Fonte: Governo ES

Comentários Facebook
Continue lendo

CIDADES

ESTADO

POLÍTICA

ENTRETENIMENTO

Mais Lidas da Semana