conecte-se conosco

Estado

Governo do ES divulga 32º Mapa de Risco Covid-19

Publicado

 

O Governo do Estado anunciou, nesta sexta-feira (20), o 32º Mapa de Risco Covid-19, que terá vigência entre a próxima segunda-feira (23) e o domingo (29). Do total de municípios capixabas, 73 estão classificados em Risco Baixo. Outros cinco estão em Risco Moderado (Barra de São Francisco, Cariacica, Ecoporanga, Viana e Vitória). Não há nenhum município em Risco Alto.

A Matriz de Risco de Convivência considera no eixo de ameaça: o coeficiente de casos ativos por município dos últimos 28 dias, além da quantidade de testes realizados por grupo de mil habitantes e a média móvel de óbitos dos últimos 14 dias. Já o eixo de vulnerabilidade considera a taxa de ocupação de leitos potenciais de UTI exclusivos para tratamento da Covid-19, isto é, a disponibilidade máxima de leitos para tratamento da doença. A estratégia de mapeamento de risco teve início no dia 20 de abril.

O Mapa de Risco segue as orientações dos boletins epidemiológicos do Ministério da Saúde e recomendações da equipe de especialistas do Centro de Comando e Controle (CCC) Covid-19 no Espírito Santo, que é composto pelo Corpo de Bombeiros Militar, Defesa Civil, Secretaria da Saúde (Sesa), Instituto Jones dos Santos Neves (IJSN), da Universidade Federal do Espírito Santo (Ufes) e do Instituto Federal do Espírito Santo (Ifes). As decisões adotadas pelo Governo do Estado seguem parâmetros técnicos.

Confira a classificação de todos os municípios capixabas:

RISCO MODERADO: Barra de São Francisco, Cariacica, Ecoporanga, Viana e Vitória.

RISCO BAIXO: Afonso Cláudio, Água Doce do Norte, Águia Branca, Alegre, Alfredo Chaves, Alto Rio Novo, Anchieta, Apiacá, Aracruz, Atílio Vivácqua, Baixo Guandu, Boa Esperança, Bom Jesus do Norte, Brejetuba, Cachoeiro de Itapemirim, Castelo, Colatina, Conceição da Barra, Conceição do Castelo, Divino de São Lourenço, Domingos Martins, Dores do Rio Preto, Fundão, Guaçuí, Guarapari, Ibatiba, Ibiraçu, Ibitirama, Iconha, Irupi, Itaguaçu, Itapemirim, Itarana, Iúna, Jaguaré, Jerônimo Monteiro, João Neiva, Laranja da Terra, Linhares, Mantenópolis, Marataízes, Marechal Floriano, Marilândia, Mimoso do Sul, Montanha, Mucurici, Muniz Freire, Muqui, Nova Venécia, Pancas, Pedro Canário, Pinheiros, Piúma, Ponto Belo, Presidente Kennedy, Rio Bananal, Rio Novo do Sul, Santa Leopoldina, Santa Maria de Jetibá, Santa Teresa, São Domingos do Norte, São Gabriel da Palha, São José do Calçado, São Mateus, São Roque do Canaã, Serra, Sooretama, Vargem Alta, Venda Nova do Imigrante, Vila Pavão, Vila Valério e Vila Velha.

Fonte: Governo ES

Comentários Facebook
publicidade

Estado

Agentes do Iases concluem curso de operações especializadas de segurança socioeducativa

Publicado

 

Dezesseis agentes socioeducativos que atuam na Coordenação de Apoio Especializado (Caesp) do Instituto de Atendimento Socioeducativo do Espírito Santo (Iases) concluíram, na última sexta-feira (27), o curso de Operações Especializadas de Segurança Socioeducativa. A capacitação contou com carga horária de 80 horas e foi realizada dentro das instalações do Sindicato dos Policiais Civis (Sindipol), na Serra.

Estiveram presentes na solenidade de encerramento o diretor-presidente do Instituto, Fábio Modesto; o juiz titular da 3ª Vara da Infância e Juventude de Vitória, Vladson Couto Bittencourt; e o diretor de Ações Estratégicas do Instituto, Oséias Gerke.

A capacitação teve como objetivo desenvolver, periodicamente, ações de formação teórica e prática, introdutória e continuada para aprimoramento e desenvolvimento socioeducativo dos servidores do Instituto. “O nosso objetivo é proporcionar o melhor e o máximo e, por isso, nos empenhamos para oferecer capacitação contínua. Acreditamos que este é o caminho correto. Não esperamos nada menos do que excelência. Se cobramos é porque sabemos que esse grupo pode nos dar essa resposta. Só fica aqui quem é bom, merece e quem dá resultado. Nesses dois anos nós não erramos e, é por isso, que reforçamos nossa capacitação e assim continuaremos”, destacou o diretor-presidente do Iases.

O juiz titular da 3ª Vara da Infância e Juventude de Vitória falou ao grupo sobre a responsabilidade que eles têm perante o papel da socioeducação.  “A socioeducação é a nossa principal finalidade e a segurança está a serviço da socioeducação. Esse grupo existe para dar garantia de funcionamento a ela”, destacou.

Vladson Couto Bittencourt também enfatizou a importância da capacitação constante da equipe. “Quando a Caesp chega na unidade é porque as condições já estão estressantes e agir dentro da legalidade em um cenário como este exige muita técnica e treinamento.  Por isso, a capacitação, um trabalho bem executado e alinhado com as normas estabelecidas pelo Iases, vão permitir que vocês conquistem o respeito de todos. É o certo pelo certo. Essa responsabilidade de não errar cria o respeito entre os internos e a sociedade sócio educativa”, ressaltou.

Curso

O curso começou no dia 16 de novembro e teve o papel de fomentar a cultura operacional e ainda prestar esclarecimentos no que diz respeito a função, conduta e as responsabilidades que são inerentes aos membros de grupos especializados sejam eles de qualquer instituição.

Por isso, durante dez dias, os agentes socioeducativos tiveram acesso às seguintes disciplinas: Direitos Humanos; Ética e Responsabilização Funcional, Conceito e Doutrina de Apoio Especializado; O Papel do Socioeducador; Ações de Inteligência Aplicados ao Apoio Especializado; Planejamento Operacional; Prática Apoio Especializado; Atendimento Pré-hospitalar e Tático.

Além disso, a capacitação visou a promover o aperfeiçoamento da equipe no nível tático e operacional para fins de atuação nos mais diversos cenários de acordo com as habilitações inerentes ao quadro correspondente, voltadas para as operações especializadas de segurança socioeducativa realizadas em ambientes internos e/ou externos, decorrentes de atividades e eventos que demandam recursos materiais e humanos especiais e postura organizacional não rotineira.

Fonte: Governo ES

Comentários Facebook
Continue lendo

CIDADES

ESTADO

POLÍTICA NACIONAL

ENTRETENIMENTO

Mais Lidas da Semana