conecte-se conosco


Estado

Governo do Espírito Santo divulga 72º Mapa de Risco Covid-19

Publicados

em

 

O Governo do Estado anunciou, nesta sexta-feira (10), o 72º Mapa de Risco Covid-19, que terá vigência desta segunda-feira (13) até o próximo domingo (19). Todos os 78 municípios capixabas estão classificados em Risco Baixo. É a primeira vez que isso ocorre desde que foi instituída a estratégia de mapeamento de risco no Espírito Santo, em abril do ano passado.

“Esse mapa todo verde é uma grande conquista e significa também vidas salvas. Uma vitória da nossa estratégia de testar e vacinar a população, que também fez a sua parte e colaborou. Também foi muito importante a nossa parceria com os municípios”, comentou o governador Renato Casagrande, durante a divulgação do novo Mapa de Risco.

A Matriz de Risco de Convivência considera no eixo de ameaça: o coeficiente de casos ativos por município dos últimos 28 dias, além da quantidade de testes realizados por grupo de mil habitantes e a média móvel de óbitos dos últimos 14 dias. Já o eixo de vulnerabilidade considera a taxa de ocupação de leitos potenciais de UTI exclusivos para tratamento da Covid-19, isto é, a disponibilidade máxima de leitos para tratamento da doença.

O Mapa de Risco segue as orientações dos boletins epidemiológicos do Ministério da Saúde e recomendações da equipe de especialistas do Centro de Comando e Controle (CCC) Covid-19 no Espírito Santo, que é composto pelo Corpo de Bombeiros Militar, Defesa Civil, Secretaria da Saúde (Sesa), Instituto Jones dos Santos Neves (IJSN) e Universidade Federal do Espírito Santo (Ufes). As decisões adotadas pelo Governo do Estado seguem parâmetros técnicos.

Confira a classificação de todos os municípios capixabas:

RISCO BAIXO: Afonso Cláudio, Água Doce do Norte, Águia Branca, Alegre, Alfredo Chaves, Alto Rio Novo, Anchieta, Apiacá, Aracruz, Atílio Vivácqua, Baixo Guandu, Barra de São Francisco, Boa Esperança, Bom Jesus do Norte, Brejetuba, Cachoeiro de Itapemirim, Castelo, Cariacica, Colatina, Conceição da Barra, Conceição do Castelo, Divino de São Lourenço, Domingos Martins, Dores do Rio Preto, Ecoporanga, Fundão, Governador Lindenberg, Guaçuí, Guarapari, Ibatiba, Ibiraçu, Ibitirama, Iconha, Irupi, Itaguaçu, Itapemirim, Itarana, Iúna, Jaguaré, Jerônimo Monteiro, João Neiva, Laranja da Terra, Linhares, Mantenópolis, Marataízes, Marechal Floriano, Marilândia, Mimoso do Sul, Montanha, Mucurici, Muniz Freire, Muqui, Nova Venécia, Pancas, Pedro Canário, Pinheiros, Piúma, Ponto Belo, Presidente Kennedy, Rio Bananal, Rio Novo do Sul, Santa Leopoldina, Santa Maria de Jetibá, Santa Teresa, São Domingos do Norte, São Gabriel da Palha, São José do Calçado, São Mateus, São Roque do Canaã, Serra, Sooretama, Vargem Alta, Venda Nova do Imigrante, Viana, Vila Pavão, Vila Valério, Vila Velha e Vitória.

Comentários Facebook
Propaganda

Estado

Live sessions dão protagonismo a compositores capixabas

Publicados

em

 

O compositor capixaba acaba de ganhar uma nova plataforma de divulgação. Trata-se do “Estúdio Tocadisco”, do produtor musical e compositor Diego Biazatti. A primeira temporada do canal, que terá 12 convidados, já está sendo gravada e os episódios estão sendo divulgados aos poucos no YouTube.

Gab Kruger, uma das produtoras executivas do canal, explica que cada session do projeto, realizado com recursos da Lei Aldir Blanc, não é apenas um vídeo com uma música de fundo e sim músicas tocadas com toda as nuances humanas e orgânicas de uma execução ao vivo. “A intenção é trazer uma experiência leve e orgânica, algo como escutar um disco no toca-discos da avó na sala de casa num domingo depois do almoço, na década de 1980 e, ao mesmo tempo, uma experiência livre e inesperada como quando você escuta uma música tão boa que se sente abduzido”, explicou.

Os artistas da primeira temporada foram convidados pela produção do canal, mas a intenção é abrir inscrição para que qualquer músico autoral, com ou sem trabalho lançado, possa gravar uma live session no canal, que, apesar do nome “live”, não é uma regra que a produção toda seja feita ao vivo. Para realizar novas temporadas, os produtores do projeto estão em busca de apoios e patrocínios.

Pluralidade

A iniciativa “Estúdio Tocadisco” busca levar ao público um lineup que mescla compositores iniciantes e músicos consagrados, em apresentações intimistas onde cada artista convidado explica como se descobriu compositor, além de executar as principais canções.

Já estão no ar as sessions do cantor Samir Carim e da Suindara, banda da região do Caparaó capixaba, formada por três mulheres. A cada semana um novo episódio será disponibilizado para o público. Os próximos convidados são Fábio Carvalho, Murilo Hayashi, Manfredo, Marajah, Yuri Guijansque, Termiinal Band, B Melão, Diego Comum e um convidado ainda não confirmado.

Gravado em Guarapari, os cuidados com a pandemia do novo Coronavírus (Covid-19) foram tomados para garantir a segurança de todos os envolvidos no projeto. “É uma vibração única, cheia de encontros vacinados e de máscara, com músicas gravadas de frente para uma janela incrível e com uma vista de tirar o fôlego, que faz o público geral ter uma experiência nova com cada artista e com cada música”, destacou Alan Biazatti, produtor e irmão do idealizador do canal.

A equipe do “Estúdio Tocadisco” é formada por Diego Biazatti (mix, master, trilha original/vinheta), Othon Almeida (direção de fotografia, captação e edição.), Gab Kruger, Letícia Kruger e Alan Biazatti (produção executiva). O projeto é realizado com recursos da Lei Aldir Blanc, por meio da Secretaria da Cultura (Secult) e Governo Federal.

Serviço:

“Estúdio Tocadisco” – Live sessions com compositores capixabas

Onde assistir: canal do “Estúdio Tocadisco” no YouTube.

Acompanhe no Instagram: @estudiotocadisco

Episódio 1 – Samir Carim: https://www.youtube.com/watch?v=uOE89kHq7z4

Episódio 2 – Suindara: https://www.youtube.com/watch?v=GvbnH3u0ZRc

Contato para a imprensa:
Márcia Almeida
Golden Assessoria de Comunicação (27) 99925-3818

Comentários Facebook
Continue lendo

CIDADES

ESTADO

POLÍTICA

ENTRETENIMENTO

Mais Lidas da Semana