conecte-se conosco


Polícia

Grande quantidade de maconha é apreendida pela PM em Vila Velha

Publicados

em

 

Em abordagem realizada na noite desta segunda-feira (14), em Ataíde, Vila Velha, a Polícia Militar teve êxito em retirar de circulação 75 tabletes de maconha, além de 11 buchas da mesma droga e papelotes de cocaína já embalados para a comercialização.

A ocorrência teve início no final da tarde, no bairro Aribiri, quando policiais militares da Força Tática do 4º Batalhão receberam a informação de que um veículo Renault Clio, de cor vermelha, acabara de ser roubado por dois indivíduos que seguiram em alta velocidade pelas ruas do bairro. Prontamente, a equipe iniciou as buscas pela região e localidades vizinhas, e pouco tempo depois localizou o veículo no bairro Ataíde. Populares informaram que os suspeitos abandonaram o carro e fugiram a pé para o bairro Ilha das Flores.

Mais tarde, a mesma equipe da Força Tática recebeu denúncia de que um suspeito envolvido no roubo do Renault Clio teria abandonado uma sacola contendo objetos diversos durante a fuga. Diante das informações, os militares prosseguiram à Rua Vinte e Um de Abril, no bairro Ataíde, quando visualizaram um indivíduo no portão de uma casa, que ao perceber a aproximação policial, aparentou-se nitidamente nervoso. Após desobedecer a ordem de parada da equipe, o suspeito correu para o interior da residência, onde tinha um tablete de maconha jogado ao chão.

Após abordagem, a guarnição apreendeu 64 tabletes grandes e 11 tabletes de tamanho médio de maconha; 11 buchas da mesma droga; seis papelotes de cocaína, R$ 511,00, em espécie; três balanças de precisão e cinco aparelhos celulares. O suspeito e mais dois indivíduos que estavam na residência foram detidos.

Os envolvidos e todo o material apreendido foram encaminhados à 2ª Delegacia Regional de Vila Velha.

 

Comentários Facebook
Propaganda

Polícia

DPCA prende suspeito de estuprar a enteada por seis anos

Publicados

em

Por

A Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente (DPCA) prendeu um homem de 36 anos, suspeito de estuprar a própria enteada há seis anos. A prisão ocorreu, nessa quarta-feira (05), em cumprimento de mandado de prisão temporária expedido pela Justiça. O local exato da prisão, que ocorreu na Grande Vitória, não será divulgado para preservar a vítima.

O caso chegou ao conhecimento da Polícia Civil em fevereiro deste ano. As investigações apontaram que a menina, hoje com 13 anos, era molestada sexualmente desde os sete anos de idade, pelo padrasto. “De acordo com a investigação, os abusos aconteciam na residência da família. O padrasto se aproveitava da ausência da mãe para cometer a violência e ameaçava a vítima para que ela não contasse os fatos a ninguém”, relatou o delegado adjunto da DPCA, Diego Bermond.

Após seis anos sofrendo violência sexual, a vítima se mudou para casa de outro familiar, e todos os fatos vieram à tona. O delegado representou pela prisão temporária do investigado, que foi decretada pelo Poder Judiciário. Após os procedimentos de praxe, o capturado foi encaminhado ao Centro de Triagem de Viana (CTV). O Inquérito Policial segue em andamento na DPCA.

Comentários Facebook
Continue lendo

CIDADES

ESTADO

POLÍTICA

ENTRETENIMENTO

Mais Lidas da Semana