conecte-se conosco


Esporte

Grêmio vence o Guarani, soma mais 3 pontos e sobe na tabela

Publicados

em

O Grêmio entrou em campo na noite desta sexta-feira, para enfrentar o Guarani, no Estádio Brinco de Ouro da Princesa, em Campinas, São Paulo. Buscando os três pontos para se consolidar ainda mais no G-4, o Tricolor venceu os donos da casa pelo placar de 2 a 1, garantindo uma invencibilidade de 15 jogos seguidos no Brasileirão. Os gols foram assinalados por Villasanti na etapa inicial e Biel, na complementar. João Victor descontou nos acréscimos.

Com o resultado, o Grêmio soma três pontos e chega a 40, ocupando a segunda posição na tabela da competição logo após a partida. 

Foi um início movimentado, com o Tricolor superior, pressionando a todo momento e buscando o campo de ataque. Logo, já levou perigo a meta adversária, quando Diego Souza foi acionado dentro da área, dividiu com a marcação, mas caiu – nada foi assinalado. Logo de imediato, a equipe de Roger Machado chegou novamente, desta vez em cobrança de escanteio. Campaz colocou na área, Lucas Leiva subiu sozinho e desviou de cabeça, mas a bola não entrou por detalhe. 

O jogo seguiu melhor para os gremistas e aos 8 minutos, Biel recebeu um passe pelo meio, fez o domínio e finalizou, mas a bola desviou na defesa e saiu pela linha de fundo. Em resposta, os donos da casa tentaram pela direita, com Nicolas Careca, que tentou um cruzamento, mas sem sucesso, parando na defesa tricolor. 

Foi aos 18 minutos, em uma jogada pelo meio, que o Grêmio abriu o marcador: Villasanti trabalhou com Diego Souza e arriscou de fora da área, mandando no canto esquerdo da meta adversária. 

Já o Guarani seguiu buscando igualar a contagem e chegou aos 26’, com Vilela, que dominou no meio e chutou colocado, mas mandou pra fora. Seis minutos depois, Campaz foi quem levou perigo, chutando rasteiro, mas a bola saiu raspando a trave direita. Em seguida, Biel finalizou de fora da área, Kozlinski espalmou e Guilherme ainda tentou a sobra, mas a zaga cortou. 

Aos 38’, os paulistas tiveram uma grande chance quando Nicolas Careca foi acionado dentro da área, mas Brenno se antecipou e fez a defesa, impedindo a sequência do lance. Em seguida, Person ganhoi da marcação, cruzou para trás, para Nicolas, que arrematou, mas não passou por Geromel, que cortou de cabeça pela linha de fundo. 

Nos acréscimos, mais uma grande chance adversária, após cobrança de falta, Derlan subiu mais que a defesa e desviou a gol, obrigando uma grande defesa de Brenno. 

O Grêmio voltou a campo com a mesma formação para a etapa final, que seguiu mais equilibrada, tanto que uma das primeiras chances do Tricolor surgiu aos 10’, quando Guilherme trabalhou com Nicolas, que tentou avançar, mas a marcação cortou pela linha de fundo. 

Cinco minutos depois, os donos da casa chegaram com muito perigo com Person, que arriscou da intermediária e fez Brenno voar para outra grande defesa, espalmando a escanteio. 

O técnico Roger Machado então providenciou suas duas primeiras mudanças na equipe, com Elkeson e Janderson, nos lugares de Diego Souza e Campaz, aos 17’. 

O jogo seguiu mais disputado e por vezes, o Guarani chegou com perigo. Passados 25’, houve uma sequência de escanteios, mas a defesa gremista afastou. Devido a um choque com o atacante adversário, Nicolas saiu, para a entrada de Diogo Barbosa. 

O segundo gol gremista saiu aos 30’, quando Elkeson recebeu, protegeu e acionou Guilherme que deu um lindo passe para Biel dentro da área. O atacante finalizou, mandando para o fundo das redes e ampliando a contagem.  

Mais duas mudanças no Tricolor: Thaciano e Thiago Santos ocuparam os lugares de Guilherme e Lucas Leiva, aos 32’. 

Na reta final, o jogador Rodrigo, do Guarani, deu uma cabeçada em Biel, que caiu em campo, mas após análise do VAR, não houve cartão. Nos últimos segundos, após cobrança de escanteio, os paulistas descontaram com João Victor, que conseguiu subir bem e desviar para o gol. 

Com o resultado, o Grêmio soma três pontos e chega a 40, ocupando a segunda posição na tabela da competição logo após a partida. 

O próximo compromisso do Tricolor será na terça-feira, às 19h, na Arena, diante do Operário.

Fonte: Agência Esporte

Comentários Facebook

Esporte

Londrina consegue empate com o Bahia no último lance

Publicados

em

A equipe principal do Londrina Esporte Clube recebeu na noite desta terça-feira (16.08), no Estádio do Café, pela 25ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B, o Bahia e ficou no empate por 1 a 1.

O gol Alviceleste foi marcado pelo atacante Gabriel Santos. Com o resultado, o LEC chega aos 35 pontos e ocupa momentaneamente a 5ª posição. Na próxima rodada, no sábado (27), o Tubarão visita o Brusque, no Estádio Augusto Bauer, em Brusque-SC, às 20h30.

O JOGO

Aos 2 minutos, Douglas Coutinho arriscou de longe e a bola passou perto do gol. Com 4’, Caprini recebeu na direita, cortou para o meio e bateu, a bola foi para fora.

Com 17 minutos, em contra-ataque, Jacaré tocou em Davó, que finalizou para a defesa de Matheus Nogueira, na volta a bola bateu em Davó e entrou. Aos 29’, Gegê cobrou falta da entrada da grande área, a bola passou à direita de Danilo Fernandes.

Com 32’, João Paulo virou o jogo em Caprini, que dominou na direita e tabelou com Leandrinho, chegou batendo por cima do gol. Três minutos depois, Gegê cruzou da esquerda e Caprini testou no canto direito de Danilo Fernandes, mas a arbitragem assinalou impedimento e o VAR confirmou.

Aos 43 minutos, após bate-rebate, a bola sobrou dentro da área para Caprini, que bateu firme e a bola foi pelo lado. Um minuto depois, Gegê recebeu e bateu de fora da área, Danilo Fernandes fez a defesa.

Aos 6 minutos do segundo tempo, Mandaca tocou para trás em Leandrinho, que bateu colocado e a bola passou perto. Com 12’, Leandrinho tocou em Douglas Coutinho na entrada da grande área, o camisa 17 dominou e bateu, a bola foi à esquerda do gol.

Com 26 minutos, Jeferson cobrou lateral para dentro da área, Mandaca desviou de cabeça e Danilo Fernandes ficou com ela. Aos 36’, Felipe Vieira cruzou, a defesa afastou e Jeferson ficou com o rebote, bateu da entrada da área e a bola foi pelo lado direito do gol.

Aos 48 minutos, a bola sobrou com Raí dentro da área, que finalizou, Matheus Nogueira fez linda defesa. Com 50’, João Paulo cobrou escanteio da direita, Danilo Fernandes saiu mal e Gabriel Santos testou para empatar o jogo no Café.

FICHA TÉCNICA

LONDRINA 1 X 1 BAHIA

Londrina: Matheus Nogueira; Jeferson (Matheus Lucas), Saimon, Vilar e Felipe Vieira; João Paulo, Mandaca e Gegê (Gabriel Santos); Caprini, Douglas Coutinho e Leandrinho (Peu).
Técnico: Adílson Batista.

Bahia: Danilo Fernandes; Marcinho, Ignácio, Gabriel Xavier e Matheus Bahia (Luiz Henrique); Rezende, Patrick e Daniel (Ricardo Goulart); Mugni (Emerson Santos), Jacaré (Raí) e Davó (Rodallega).
Técnico: Enderson Moreira.

Árbitro: André Luiz de Freitas Castro – GO
Assistente 01: Leone Carvalho Rocha – GO
Assistente 02: Hugo Savio Xavier Corrêa – GO
Quarto árbitro: Gustavo Nogas – PR
Analista de campo: Leandro José Mendes – PR
Árbitro de vídeo: Vinícius Furlan – SP
Assistente de árbitro de vídeo: Fabrício Porfírio de Moura – SP
Observador do VAR: Anderson Carlos Gonçalves – PR

Público pagante: 627 torcedores;
público livre: 90 torcedores;
público total: 717 torcedores;
Renda: R$ 18.800,00.

Gols: Gabriel Santos aos 50’ do 2º tempo (Londrina); Davó aos 17’ do 1º tempo (Bahia).

Fonte: Agência Esporte

Comentários Facebook
Continue lendo

CIDADES

ESTADO

POLÍTICA

ENTRETENIMENTO

Mais Lidas da Semana