conecte-se conosco


Cidades

Guaçuí trabalha forte para que dengue não chegue ao município

Guaçuí não tem notificações de casos de dengue, zika ou chinkungunya confirmados este ano, assim como não teve em 2018. Mesmo assim, diante das centenas de casos que estão sendo confirmados em municípios vizinhos e a presença do mosquito transmissor nas armadilhas espalhadas pela cidade, assim como a presença de focos, a Secretaria Municipal de […]

Publicados

em

Guaçuí não tem notificações de casos de dengue, zika ou chinkungunya confirmados este ano, assim como não teve em 2018. Mesmo assim, diante das centenas de casos que estão sendo confirmados em municípios vizinhos e a presença do mosquito transmissor nas armadilhas espalhadas pela cidade, assim como a presença de focos, a Secretaria Municipal de Saúde intensificou as ações de prevenção e combate ao mosquito Aedes.

O município viveu um período intenso de chuvas e calor intenso, o que é ideal para a proliferação do mosquito que está sendo encontrado nas armadilhas espalhadas pela cidade. Por isso e diante do quadro na região, a Semus resolveu tomar providências emergenciais. Começando com a divulgação de comunicado à população para que se mantenha atenta e colabore no combate aos focos, o que tem sido essencial para a não proliferação da doença em Guaçuí, segundo o secretário municipal de Saúde, Márcio Clayton da Silva. “A população precisa fazer sua parte e muita gente tem colaborado, mas precisamos de todos nessa luta, para mantermos o município sem casos de dengue”, afirma.

Já o agente de endemias, Luiz Carlos Almeida Rosa – Cacá, explica que foi intensificado o combate aos focos, com as visitas dos agentes de saúde às residências, terrenos e demais construções existentes na cidade. “Este trabalho é realizado durante o ano inteiro, mas está sendo intensificado”, enfatiza. “É importante que as pessoas permitam o trabalho dos agentes de endemias, porque existem focos com larvas e também mosquitos em vários pontos da cidade”, completa.

Além da prevenção, se houver suspeita de algum caso, também será feito o bloqueio dos focos, no local onde reside o possível infectado, o mais rápido possível, incluindo pulverização de agente químico para matar o mosquito adulto. E de acordo com informações das equipes da Vigilância em Saúde, estão sendo encontrados mosquitos transmissores com ovos em todas as armadilhas MosquiTRAP que fazem parte do Monitoramento Integrado M.I.Aedes, do Governo Federal, instaladas no município. Além disso, estão a Vigilância está encontrando focos, com larvas do mosquito, em residências localizadas em bairros de Guaçuí.

De acordo com informações da Semus, o problema dos agentes tem sido sempre o mesmo: casas fechadas e terrenos baldios que não são limpos por seus proprietários

De acordo com informações da Semus, o problema dos agentes tem sido sempre o mesmo: casas fechadas e terrenos baldios que não são limpos por seus proprietários, onde podem existir mais focos, já que o município não tem permissão para entrar em propriedade particular e fazer o serviço. Contudo, é bom lembrar que existe o Decreto Municipal 9.705, de 17 de março de 2016 que, entre outras decisões, determina multa para os proprietários de imóveis, incluindo lotes e terrenos baldios, que não obedeçam aos requisitos mínimos de higiene “indispensáveis à proteção da saúde”.

O mosquito não transmite apenas a dengue, mas também a zika e a chikungunya. No caso desta última, os sintomas aparecem mais rápido do que na dengue, com a pessoa se tornando um hospedeiro do vírus também em um menor tempo, depois de ser picado pelo mosquito, o que é um risco maior para uma epidemia ainda mais rápida desta doença. “E uma epidemia pode acontecer de uma hora para outra e estamos correndo risco com esses casos nos municípios vizinhos, e é preciso ter consciência que dengue é uma doença grave, que debilita a pessoa, a tira de suas atividades e pode matar”, afirma o secretário Márcio Clayton. “E no caso de alguém sentir qualquer sintoma característico da dengue, deve procurar o atendimento médico imediatamente”, ressalta.

Prevenção

A Secretaria Municipal de Saúde coloca que a população deve estar atenta para evitar focos do mosquito, mantendo as caixas d’água bem fechadas e não deixando a água acumular em outros recipientes, como vasos de plantas, garrafas e qualquer outro que possa acumular água, inclusive, nos recipientes atrás de geladeiras, calhas, plantas (como bromélias), piscinas e até tampinhas de garrafas. Enquanto isso, a Prefeitura também realiza a limpeza de bueiros e ribeirões, além de jogar produtos para combater as larvas do mosquito.

Contudo, a população pode ajudar, jogando cloro nos ralos das casas e nos bueiros em frente às suas residências, porque o cloro ajuda a evitar o desenvolvimento de larvas do mosquito. No entanto, isso serve apenas como paliativo e é importante que os agentes tenham acesso às residências para que possam fazer a aplicação do produto ideal para o combate a focos do mosquito.

Comentários Facebook
Propaganda

Cidades

Prefeitura de Vargem Alta abrirá Processo Seletivo para diversos cargos em julho

Publicados

em

Por

A Prefeitura Municipal de Vargem Alta tornou público que em breve estarão abertas as inscrições para o Processo Seletivo Simplificado, de caráter eliminatório e classificatório, objetivando a contratação de pessoal para suprir necessidades temporárias de excepcional interesse público, bem como formação de cadastro de reserva, com base na Lei Municipal nº 610/2006 – contratação temporária, Lei nº 655/2007 e alterações, Lei 908/2011 e alterações, Lei 1105/2015 e alterações, em consonância com as legislações Federal, Estadual e Municipal.

As vagas são para Enfermeiro, Dentista, Pedreiro, Motorista, Operador de máquina, Operador de pá carregadeira, Operador de máquina patrol, Operador de máquina retroescavadeira, Operador de máquina trator esteira, Operador de máquina trator de pneus e Operador de máquina pá carregadeira.

As inscrições deverão ser realizadas na sede da Prefeitura Municipal de Vargem Alta, situada na Rua Zíldio Moschen, nº 22, Centro, no horário de 12h00 às 17h00, no período de 06 a 15 de julho de 2022, nos dias úteis.

O Processo Seletivo será coordenado pela Comissão de Avaliação e Acompanhamento de Processo Seletivo Simplificado de Servidores em Regime de Contração Temporária, instituída pelo prefeito municipal de Vargem Alta, por meio da Portaria Municipal nº 076/2022, de 22/062022.

edital contendo todas as regras do Processo Seletivo, na íntegra, está publicado no site oficial da Prefeitura www.vargemalta.es.gov.br, onde poderá ser baixado gratuitamente pela população em geral.

Comentários Facebook

Continue lendo

CIDADES

ESTADO

POLÍTICA

ENTRETENIMENTO

Mais Lidas da Semana