conecte-se conosco


Entretenimento

Guerra dos Sexos: Marilu Bueno viveu mesmo papel em 1ª versão e remake

Publicados

em

source
Marilu Bueno em 'Guerra dos Sexos'
Divulgação – 23.06.2022

Marilu Bueno em ‘Guerra dos Sexos’


A atriz Marilu Bueno, que morreu nesta quarta-feira, dia 22, deu vida duas vezes a personagem Olívia, de “Guerra dos sexos”. Uma em 1983, ao lado de Fernanda Montenegro e Paulo Autran, e outra em 2012 com Irene Ravache e Tony Ramos na pele dos protagonistas Charlô e Otávio. Na época do remake, quase 30 anos depois da primeira versão, a atriz contou quando recebeu o convite do autor Silvio de Abreu para participar novamente da novela, não pensou duas vezes para aceitar o papel:

+ Entre no  canal do iG Gente no Telegram e fique por dentro de todas as notícias sobre celebridades, reality shows e muito mais!

— Na hora só pensei na felicidade que estava sentindo. Amei fazer a personagem na década de 80 e adorei saber que também faria novamente. Faria de novo quantas vezes fosse.


Marilu afirmou ainda que a criada era justamente a ligação entre o passado e o presente da novela.

+ Siga também o perfil geral do Portal iG no Telegram !

— Olívia é a única que sabe como a mansão funcionava, como era o comportamento dos antigos donos. Em suas cenas, ela conversa com os quadros, faz comentários que reforçam o passado ali. Ela fala como era com Charlô I e Otávio I. Por meio de suas lembranças é que Silvio liga uma novela à outra — explicou a atriz, que precisou se esforçar para não usar referências da primeira versão da trama: — Fiz um trabalho mental muito sério para esquecer a novela anterior e poder focar nesta Olívia.

Olívia marcou também a volta de Marilu à Globo. A atriz ficou quatro anos trabalhando na Record:

— Fiquei quatro anos na Record e fiz dois trabalhos lá a convite de um diretor. Foram trabalhos bons, eu sempre gosto de trabalhar. Mas sou muito grata ao Silvio de Abreu por ter me convidado para ‘Guerra dos sexos’.

Marilu estava internada no Hospital Municipal Miguel Couto, na Zona Sul carioca, desde o início do mês de junho. A causa da morte não foi divulgada pela família.

Fonte: IG GENTE

Comentários Facebook
Propaganda

Entretenimento

Air Supply se apresenta no Brasil em outubro

Publicados

em

source
Air Supply se apresenta no Brasil em outubro
Marcelo de Assis

Air Supply se apresenta no Brasil em outubro

Um dos nomes mais consagrados do pop romântico, o duo australiano Air Supply , formado por Russell Hitchcock e Graham Russell, desembarca no Brasil em outubro para quatro shows nas cidades de Recife (dia 13, Classic Hall), Rio de Janeiro (dia 15, Vivo Rio), São Paulo (dia 16, Espaço Unimed) e Curitiba (dia 18, Teatro Guaíra).

A venda dos ingressos para sócios Clube Shows Ouro inicia nesta terça-feira (28) às 12h no site http://www.clubeshows.com.br/ . Para o público em geral, os fãs poderão adquirir seus bilhetes no site da Poladian .

Entre seus grandes sucessos, o Air Supply marcou as décadas de 1970, 1980 e 1990 com canções românticas que se tornaram verdadeiros clássicos da música pop e do soft rock como Lost In Love (1979), All Out Of Love (1980), Making Love Out of Nothing at All (1983), I Can’t Wait Forever (1984), Lonely Is The Night (1986) e Goodbye (1993).

Em 2020, o duo realizou o seu show de número 5.000 com uma apresentação de gala em Las Vegas (EUA). Além disso, o Herald Sun proclamou o Air Supply no TOP 5 das maiores bandas australianas de todos os tempos , se unindo a outros nomes icônicos como o AC/DC, Bee Gees e INXS.

Entre 1976 e 2010, o Air Supply gravou 17 álbuns , sendo seu último o intitulado Mumbo Jumbo de 2010, passando por lendárias gravadoras como a CBS (atual Sony Music) , Arista Records e Warner Music. Em quase 50 anos de carreira, estima-se que o duo já vendeu mais de 40 milhões de cópias em todo o mundo.

Fonte: IG GENTE

Comentários Facebook
Continue lendo

CIDADES

ESTADO

POLÍTICA

ENTRETENIMENTO

Mais Lidas da Semana