conecte-se conosco


Esporte

Há três anos, Corinthians conquistava seu 29º Campeonato Paulista

Publicados

em


No dia 08 de abril de 2018, o Corinthians impôs ao seu rival a mais significativa derrota em um Derby no século XXI até aqui. Em jogo válido pela final do Campeonato Paulista, no Allianz Parque, o Timão superou o Palmeiras por 1 a 0 e, nos pênaltis, garantiu o 29º título estadual da história do clube.

Após passar pelo São Paulo na semifinal, o Corinthians jogava a final do Paulistão contra o seu maior rival, o Palmeiras. O primeiro jogo da final aconteceu na Neo Química Arena, no dia 31 de março. Mesmo com grande apoio da Fiel, o Alvinegro saiu perdendo por 1 a 0. Assim, para garantir o título, o Corinthians tinha a obrigação de vencer a partida de volta, fora de casa, para conquistar o título.

Apoiado pela presença da torcida no penúltimo treino para o jogo, dois dias antes na Neo Química Arena, o Timão começou pressionando os donos da casa. Logo no primeiro minuto, Mateus Vital fez bela jogada pela esquerda, foi à linha de fundo e cruzou rasteiro para Rodriguinho, que finalizou – a bola desviou no zagueiro que estava quase dentro do gol e entrou. A partir desse momento, a partida estava indo para os pênaltis.

O primeiro tempo foi equilibrado com ambas as equipes criando bastante chances de gol, mas não conseguiram concluir à meta, com as defesas trabalhando bem e levando pouco trabalho para os goleiros.

No segundo tempo, o Corinthians reforçou o sistema defensivo e não sofreu muito perigo. Em desarme de Ralf em Dudu dentro da área, o árbitro anotou equivocadamente o pênalti, que foi corrigido pelo quarto árbitro. Já nos minutos finais, Sidcley arrancou pela lateral esquerda, invadiu a área e bateu cruzado, mas para fora. O Corinthians vencia a partida por 1 a 0 e, assim, levava a disputa para os pênaltis.

Nas cobranças alternadas, Cássio defendeu a primeira cobrança de Dudu. Danilo bateu o primeiro do Timão e converteu. Na sequência, Victor Luís e Romero marcaram. Na terceira cobrança dos donos da casa, Cássio defendeu a cobrança de Lucas Lima. Lucca bateu na sequência para o Timão e fez o gol.

A disputa estava 3 a 1 para o Alvinegro. Marcos Rocha bateu e diminuiu. Fagner desperdiçou a quarta cobrança do Corinthians. Moisés bateu o último pênalti dos donos da casa e converteu. A última e quinta cobrança da disputa ficou nos pés de Maycon, que converteu e fechou o placar de 4 a 3 para o Corinthians.
Com o resultado, o Timão garantiu o 29º Paulista de sua história. E depois de 35 anos, o Corinthians conquistaria o bicampeonato paulista novamente: a última vez em que o Timão venceu o torneio estadual por dois anos consecutivos havia sido com a histórica equipe da Democracia Corinthiana, de 1982 e 1983, quando o Alvinegro derrotou o São Paulo nas duas finais estaduais e gravou na história a equipe liderada por Sócrates, Wladimir e Casagrande.

COMENTE ABAIXO:

Comentários Facebook
Propaganda

Esporte

Athletico Paranaense acerta a contratação do atacante Matheus Babi

Publicados

em


O atacante Matheus Babi é o novo reforço do Athletico Paranaense. O jogador, que pertencia ao Serra Macaense e estava emprestado ao Botafogo, acertou contrato definitivo com o Furacão. O vínculo com o Rubro-Negro vai até abril de 2025.

Aos 23 anos de idade, Matheus Babi ganhou visibilidade nacional no Botafogo. No Brasileirão de 2020, o atacante marcou 10 gols e foi o artilheiro da equipe. No Campeonato Carioca deste ano, balançou as redes três vezes, além de um gol marcado na Copa do Brasil.

“Foi um caminho difícil até esse momento, com muito trabalho e passando por cima de várias coisas. Agora, é um sentimento de alegria, gratidão e espero dar muitas alegrias ao Athletico”, destacou Babi.

No Furacão, o atacante espera seguir marcando gols e evoluindo. “Um dos meus objetivos é ter um crescimento aqui. O Ahletico desenvolve bastante os atletas jovens, com uma categoria de base impressionante. Então, espero desenvolver e ter um futuro brilhante com essa camisa”, completou.

Atacante de área, com 1,91m de altura, Matheus Babi garante muita movimentação e entrega em campo. “Mesmo sendo alto, gosto de movimentar bastante. É difícil eu ficar parado entre os zagueiros. Procuro me movimentar e ter intensidade para aproveitar o cabeceio a as finalizações”, disse.

No CAT Alfredo Gottardi, Matheus vai reencontrar Paulo Autuori, atual diretor técnico do Athletico e que foi treinador do atacante no Botafogo.

“O Paulo (Autuori) gosta de deixar o atleta bem à vontade. Estou bastante feliz de reencontrar ele aqui. Foi uma pessoa que me ajudou muito no Botafogo e por quem eu tenho uma gratidão”, contou.

A estreia do Rubro-Negro na CONMEBOL Sul-Americana 2021 está marcada para o dia 20 de abril [terça-feira], contra o Aucas, no Equador. Será a primeira participação do atacante em uma competição continental.

“Expectativa grande e boa. Primeira vez que vou participar da Sul-Americana. Vou me dedicar bastante para ajudar a equipe a chegar o mais longe possível”, concluiu Matheus Babi.

Ficha técnica: Matheus Babi
Posição: Atacante
Nome: Matheus Barcelos da Silva
Data de nascimento: 18 de julho de 1997
Local de nascimento: Macaé (RJ)
Equipes que defendeu: Macaé, Serra Macaense e Botafogo

Comentários Facebook
Continue lendo

CIDADES

ESTADO

POLÍTICA NACIONAL

ENTRETENIMENTO

Mais Lidas da Semana