conecte-se conosco


Cidades

Homem é assaltado logo após buscar mais de R$ 300 mil em joias de leilão

Um comprador de joias, que não teve a identidade revelada, afirmou ter sido vítima de um assalto minutos depois de sair de uma agência bancária, no começo da noite de quarta-feira (27). De acordo com o homem, as joias estariam avaliadas em mais de R$300 mil e os suspeitos fugiram levando todo o material. O […]

Publicados

em

Um comprador de joias, que não teve a identidade revelada, afirmou ter sido vítima de um assalto minutos depois de sair de uma agência bancária, no começo da noite de quarta-feira (27). De acordo com o homem, as joias estariam avaliadas em mais de R$300 mil e os suspeitos fugiram levando todo o material.

O homem contou que havia ido buscar o material, adquirido através de um leilão realizado pela internet. “Fiz todo o procedimento no banco e assim que coloquei as joias na bolsa, chamei um motorista de aplicativo. Fiquei aguardando na entrada da agência, mas no momento em que o carro chegou, eu fui surpreendido por dois homens de moto. Eles levaram todo o meu material”, contou.

O comprador disse ainda que a exposição de clientes que vão ao local para realizar esse tipo de serviço é constante. “O setor de penhor e resgate de leilão ficam na mesma mesa de atendimento. O cliente fica extremamente exposto. Não tem como eu esconder o que estou fazendo no local”, explicou.

O homem, que é de Fortaleza, no Ceará, precisou cancelar a passagem que havia comprado. Ele esteve na Delegacia Regional de Vitória para registrar um boletim de ocorrência e afirmou que vai buscar os direitos sobre o ocorrido. “Vou acionar o banco, pois preciso saber se consigo ser ressarcido”, disse.

Comentários Facebook
Propaganda

Cidades

Prêmio Anchieta Arte e Cultura será retomado com apoio da Secult

Publicados

em

Por

Anchieta foi um dos primeiros municípios capixabas a receber recursos do Programa de Coinvestimento da Cultura – Fundo a Fundo, do governo do Estado. O plano de ação do município prevê a retomada do Prêmio Anchieta Arte e Cultura, que teve apenas duas edições nos anos de 2010 e 2011.

Em 2022 a ideia será revista e pretende premiar 14 fazedores de cultura, com prêmios que variam de R$ 5 mil a 20 mil. O edital, que será a terceira edição do Prêmio Anchieta Arte e Cultura, está previsto para ser lançado em julho, exclusivo para os artistas de Anchieta.

Segundo a gerente de Cultura e Patrimônio Histórico de Anchieta, Maria Fernanda Barros, o prêmio foi uma ferramenta de grande incentivo às artes e cultura na cidade. “Na época, eu como artista participei do prêmio e pude executar importantes passos em minha carreira. A retomada será importante para a cultura local e também uma homenagem ao ex-prefeito Edival Petri, que abriu as portas para apoiar as artes locais com essa iniciativa”, declarou a gerente.

Barros, que faz parte da comunicação na Mesa Diretora do Fórum de Secretários e Dirigentes Municipais de Cultura do Espírito Santo, explica que o Estado disponibilizou para Anchieta o valor de R$ 89 mil no Programa Fundo a Fundo e o município, em contrapartida, adicionou o valor de R$ 60 mil, totalizando R$ 149 mil para investimento no Prêmio Anchieta Arte e Cultura.

O edital do Prêmio Anchieta Arte e Cultura está previsto para ser lançado em julho para todos os artistas. A decisão para utilizar o recurso estadual para execução do Prêmio Anchieta Arte e Cultura partiu da gerência com aprovação do Conselho Municipal de Políticas Culturais de Anchieta.

Comentários Facebook

Continue lendo

CIDADES

ESTADO

POLÍTICA

ENTRETENIMENTO

Mais Lidas da Semana