conecte-se conosco

Estado

Idaf disponibiliza equipamento e pessoal para diagnóstico do coronavírus

Publicado

.

O Instituto de Defesa Agropecuária e Florestal do Espírito Santo (Idaf) disponibilizou para a Secretaria de Saúde (Sesa) o equipamento utilizado para realização de exame para detecção do novo coronavírus (Covid-19). O aparelho foi entregue nesta quarta-feira (25) para a equipe do Laboratório Central (Lacen-ES).

O diretor-presidente do Idaf, Mário Louzada, explicou que o equipamento, que permite análises por biologia molecular, foi adquirido recentemente para a composição de um laboratório que será utilizado nos trabalhos de defesa sanitária animal e vegetal. “Como é o mesmo aparelho utilizado para o diagnóstico do coronavírus, disponibilizamos nosso equipamento e toda a nossa força de trabalho especializada para contribuir com o Lacen. O Instituto está à disposição e tem atuado no que lhe compete de forma a contribuir para a redução dos impactos dessa crise que o mundo enfrenta”, disse Louzada.

De acordo com o coordenador do Lacen-ES, Rodrigo Ribeiro Rodrigues, com o apoio do Idaf na força-tarefa será possível aumentar em torno de 30% a quantidade de análises realizadas atualmente.

O teste

O RT-qPCR (sigla em inglês para transcrição reversa seguida de reação em cadeia da polimerase em tempo real) é a resposta final e precisa sobre a presença do vírus na amostra analisada. Foi por meio dele que se confirmou o primeiro caso da Covid-19 no País. O método pode ser aplicado em diversas áreas da pesquisa e do diagnóstico, como detecção de outros vírus.

 

Texto: Francine Castro

 

Informações à Imprensa
Assessoria de Comunicação do Idaf
Francine Castro/ Rafaely Lyra Walter
(27) 3636-3774 / (27) 99237-5308
[email protected]

Fonte: Governo ES

Comentários Facebook
publicidade

Estado

BOLETIM SALA DE SITUAÇÃO – 02/04/2020

Publicado

.

O governador do Espírito Santo, Renato Casagrande, liderou uma nova reunião da Sala de Situação de Emergência em Saúde Pública, nesta quinta-feira (2), no Palácio Anchieta, em Vitória. Casagrande lançou a campanha “ES Solidário” em que pessoas físicas e jurídicas poderão fazer doações ao Governo do Estado para ajudar no combate ao novo Coronavírus (Covid-19). Todas as instruções estarão disponíveis no Portal do Governo (www.es.gov.br) ou no site do Coronavírus (http://coronavirus.es.gov.br).

Também foi anunciado que as 17 bases operacionais do Corpo de Bombeiros Militar estarão recebendo cesta básicas e kits higiene para doação, que serão entregues pela Defesa Civil Estadual e municipais, em parceria com as secretarias municipais de Assistência Social na residência dos beneficiários para evitar aglomerações. As bases estão localizadas nos municípios de São Mateus, Nova Venécia, Barra de São Francisco, Colatina, Linhares, Aracruz, Serra, Vitória, Cariacica, Santa Leopoldina, Vila Velha, Guarapari, Anchieta, Marechal Floriano, Venda Nova do Imigrante, Cachoeiro de Itapemirim e Guaçuí.

Casagrande informou também que será prorrogado o prazo de suspensão do funcionamento de estabelecimentos comerciais até o próximo dia 12, porém, novos tipos de comércios foram incluídos no rol de atividades que podem abrir as portas.

Novo decreto flexibiliza abertura de comércio

Além do rol de estabelecimentos que já estavam autorizados a funcionar, o decreto que será publicado nesta sexta-feira (3) inclui mais atividades, como lojas de venda de chocolates, lojas de conveniência, lojas de venda de materiais de construção, lojas de venda de peças automotivas, lojas de venda de veículos automotores, borracharias, oficinas de reparação de veículos automotores e de bicicletas. A medida vale a partir da próxima segunda-feira (6).

Foi fixado um horário de atendimento presencial das 10h às 16h para lojas de materiais de construção, venda de peças automotivas, venda de veículos automotores, borracharias, oficinas de reparação de veículos automotores e de bicicletas. A limitação não se aplica no caso de retiradas de mercadorias no próprio estabelecimento e serviço de entrega (delivery).

Em relação aos restaurantes, os estabelecimentos já estavam autorizados a funcionar até às 16h, contudo, aqueles localizados às margens de rodovias estaduais, às margens de rodovias federais e em aeroportos, com exceção dos situados em áreas urbanas, não têm limitação de horário.

Enquadram-se no conceito de lojas de venda de materiais de construção, os estabelecimentos de venda de ferragens, ferramentas, material elétrico, materiais hidráulicos, tintas, vernizes e materiais para pintura, mármore, granitos e pedras de revestimento, vidros, espelhos e vitrais, madeira e artefatos e cimento, cal, areia, pedra britada, tijolos e telhas.

A Secretaria da Saúde (Sesa) fixará ainda um protocolo a ser observado pelos estabelecimentos comerciais que estiverem com funcionamento autorizado.

 

Fonte: Governo ES

Comentários Facebook
Continue lendo

CIDADES

ESTADO

POLÍTICA NACIONAL

ENTRETENIMENTO

Mais Lidas da Semana