conecte-se conosco


Estado

Incaper realiza cursos de tratorista e cultivo de cacau exclusivos para mulheres

Publicados

em

 

As mulheres estão cada dia mais se capacitando, ocupando espaços e assumindo o protagonismo nas propriedades rurais. Como incentivo para elas, o Instituto Capixaba de Pesquisa, Assistência Técnica e Extensão Rural (Incaper) está realizando os cursos de tratorista e cultivo de cacau exclusivamente para as mulheres. As capacitações são presenciais e acontecem entre os dias 18 e 26 de setembro, em Linhares.

O curso de “Cultivo do cacau: plantio e condução da lavoura” faz parte do projeto “Mulheres do Cacau”, do Banco de Projetos da Secretaria da Agricultura, Abastecimento, Aquicultura e Pesca (Seag). A capacitação tem o propósito de capacitar mulheres para a produção de amêndoas de qualidade. As vagas, no entanto, são restritas às participantes do projeto.

O conteúdo do curso conta com formação da muda de cacau; infraestrutura para a produção de mudas de viveiro; dados técnicos do viveiro; equipamentos e insumos necessários; propagação dos cacaueiros; mudas obtidas por meio da semente/estação; legislação, dados técnicos e regras culturais e controle de pragas. A parte prática do curso contempla técnicas inerentes à lavoura cacaueira; beneficiamento primário da produção; colheita, quebra, fermentação, secagem e armazenamento.

Como ação do projeto “Elas no Campo e na Pesca: empreendedorismo, liderança e autonomia”, o curso de “Operação e Manutenção de Tratores Agrícolas” abordará a importância da prevenção de acidentes na operação de tratores; identificação dos diferentes tipos de motor e sistema do trator. A maior parte do curso será com aulas práticas de manutenção dos sistemas de ar do motor, de combustível, de arrefecimento, elétrico, de transmissão e freios; lubrificação do motor, hidráulico, eixo dianteiro, dos rodados, da tomada de potência, da lubrificação do trator; do implemento estrutura de proteção contra capotamento; e para operação do trator agrícola de forma segura.

A capacitação de tratorista acontece nos dias 18, 19, 20, 25 e 26, no Parque de Exposições de Linhares, das 8h às 17h. Já o curso de cultivo de cacau será realizado nos dias 20 e 21, no salão da Igreja Nossa Senhora da Penha, em Rio das Palmas, das 8h às 17h.

A coordenadora dos projetos e extensionista do Incaper, Alessandra Maria, destacou que a realização dos cursos tem como objetivo promover a autonomia e a valorizar o trabalho da mulher rural.

“Os projetos do Incaper, realizado com as mulheres, são uma forma de corrigir uma discrepância de décadas. O homem sempre foi considerado o chefe do lar e da propriedade e era ele o convidado para os eventos, cursos e ações. As mulheres ficavam excluídas ou não se sentiam convidadas. Estamos mudando esse cenário com essas ações para as mulheres rurais e da pesca, com o propósito de aproximar as mulheres das tecnologias e ampliar o acesso delas às políticas públicas”, ressaltou Alessandra Maria.

As inscrições para o curso de tratorista podem ser feitas pelo telefone (27) 3264-2929. Confira as informações de data, horário e local sobre os cursos na agenda do site do Incaper.

Os cursos são realizados pelo Instituto Capixaba de Pesquisa, Assistência Técnica e Extensão Rural, com o apoio do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural do Espírito Santo (Senar-ES), do Sindicato Rural de Linhares, Prefeitura de Linhares e Fundação de Amparo à Pesquisa do Espírito Santo (Fapes).

 

Comentários Facebook
Propaganda

Estado

Live sessions dão protagonismo a compositores capixabas

Publicados

em

 

O compositor capixaba acaba de ganhar uma nova plataforma de divulgação. Trata-se do “Estúdio Tocadisco”, do produtor musical e compositor Diego Biazatti. A primeira temporada do canal, que terá 12 convidados, já está sendo gravada e os episódios estão sendo divulgados aos poucos no YouTube.

Gab Kruger, uma das produtoras executivas do canal, explica que cada session do projeto, realizado com recursos da Lei Aldir Blanc, não é apenas um vídeo com uma música de fundo e sim músicas tocadas com toda as nuances humanas e orgânicas de uma execução ao vivo. “A intenção é trazer uma experiência leve e orgânica, algo como escutar um disco no toca-discos da avó na sala de casa num domingo depois do almoço, na década de 1980 e, ao mesmo tempo, uma experiência livre e inesperada como quando você escuta uma música tão boa que se sente abduzido”, explicou.

Os artistas da primeira temporada foram convidados pela produção do canal, mas a intenção é abrir inscrição para que qualquer músico autoral, com ou sem trabalho lançado, possa gravar uma live session no canal, que, apesar do nome “live”, não é uma regra que a produção toda seja feita ao vivo. Para realizar novas temporadas, os produtores do projeto estão em busca de apoios e patrocínios.

Pluralidade

A iniciativa “Estúdio Tocadisco” busca levar ao público um lineup que mescla compositores iniciantes e músicos consagrados, em apresentações intimistas onde cada artista convidado explica como se descobriu compositor, além de executar as principais canções.

Já estão no ar as sessions do cantor Samir Carim e da Suindara, banda da região do Caparaó capixaba, formada por três mulheres. A cada semana um novo episódio será disponibilizado para o público. Os próximos convidados são Fábio Carvalho, Murilo Hayashi, Manfredo, Marajah, Yuri Guijansque, Termiinal Band, B Melão, Diego Comum e um convidado ainda não confirmado.

Gravado em Guarapari, os cuidados com a pandemia do novo Coronavírus (Covid-19) foram tomados para garantir a segurança de todos os envolvidos no projeto. “É uma vibração única, cheia de encontros vacinados e de máscara, com músicas gravadas de frente para uma janela incrível e com uma vista de tirar o fôlego, que faz o público geral ter uma experiência nova com cada artista e com cada música”, destacou Alan Biazatti, produtor e irmão do idealizador do canal.

A equipe do “Estúdio Tocadisco” é formada por Diego Biazatti (mix, master, trilha original/vinheta), Othon Almeida (direção de fotografia, captação e edição.), Gab Kruger, Letícia Kruger e Alan Biazatti (produção executiva). O projeto é realizado com recursos da Lei Aldir Blanc, por meio da Secretaria da Cultura (Secult) e Governo Federal.

Serviço:

“Estúdio Tocadisco” – Live sessions com compositores capixabas

Onde assistir: canal do “Estúdio Tocadisco” no YouTube.

Acompanhe no Instagram: @estudiotocadisco

Episódio 1 – Samir Carim: https://www.youtube.com/watch?v=uOE89kHq7z4

Episódio 2 – Suindara: https://www.youtube.com/watch?v=GvbnH3u0ZRc

Contato para a imprensa:
Márcia Almeida
Golden Assessoria de Comunicação (27) 99925-3818

Comentários Facebook
Continue lendo

CIDADES

ESTADO

POLÍTICA

ENTRETENIMENTO

Mais Lidas da Semana