conecte-se conosco

Estado

Internas do CPFC recebem projeto Mãe Prevenida Vale uma Vida

Publicado

Internas gestantes e lactantes que cumprem pena no Centro Prisional Feminino de Cariacica (CPFC) participaram, na manhã desta quarta-feira (04), da palestra “Mãe Prevenida Vale uma Vida”, projeto desenvolvido pelo Corpo de Bombeiros Militar do Espírito Santo (CBMES) com o objetivo de evitar acidentes com crianças.

O tenente-coronel Wagner Borges, idealizador do projeto, conduziu o assunto com as detentas com foco na preservação da vida. Na unidade prisional, internas dividem o alojamento materno-infantil com seus bebês, podendo permanecer no local, em média, por seis meses, conforme garantia prevista na Lei de Execuções Penais.

De acordo com o oficial, o projeto foi criado com o objetivo da prevenção. “A cada quatro dias uma criança morre no Espírito Santo. No Brasil, registramos a morte de 800 bebês por ano entre a faixa etária de 0 a 1 ano em decorrência de sufocação, fase mais comum no período de amamentação e após os quatro meses, com a introdução de alimentos sólidos. O que buscamos é orientar mães e pais para o salvamento em momentos mais difíceis, seja em situações de convulsão febril, queda, engasgo, entre outros. Nos preocupamos com a vida e essas crianças, independentemente da situação em que as mães se encontram, merecem todo carinho, atenção e uma oportunidade de vida”, enfatiza o tenente-coronel Wagner Borges.

Leia mais:  Governo assina Ordens de Serviço para obras no Himaba e Terminal de Itaparica nesta sexta (20)

A diretora da unidade prisional, Graciele Sonegheti Fraga, lembra que a permanência de crianças sobre a custódia do Estado é um fato em todo o Brasil e precisa estar sempre no radar das instituições, com propostas que minimizem as consequências do aprisionamento nessas crianças, que não cometeram crime algum e são sujeitas de direitos.

A preocupação com o assunto também faz parte do projeto de pesquisa de mestrado da diretora, com o tema “Criança em segurança: Promovendo o desenvolvimento afetivo-motivacional e social na primeira infância a partir da prevenção da violência como prática educativa parental”.

“Temos investido em ações voltadas para mães, bebês e gestantes da unidade prisional como forma de fortalecer os laços afetivos entre mãe e filho, além de propiciar condições dignas de saúde e segurança aos envolvidos. A reforma do alojamento foi um passo importante para a humanização do espaço e assim propiciar um ambiente adequado para o desenvolvimento infantil”, afirma Graciele.

No mês de setembro, a alojamento materno-infantil do CPFC foi reinaugurado, contando com nova pintura, cenários com temas infantis, móveis e acessórios que renovaram o ambiente.

Leia mais:  CDP da Serra reduz uso de copos descartáveis

Informações à Imprensa:

Assessoria de Comunicação da Sejus

Sandra Dalton / Karla Secatto

(27) 3636-5732 / 99933-8195 / 98849-9664

[email protected]

Fonte: Governo ES

Comentários Facebook
publicidade

Estado

Governador e ministro discutem apoio federal na reconstrução de cidades atingidas pelas chuvas no ES

Publicado

Em visita ao Estado, o ministro do Desenvolvimento Regional, Gustavo Canuto, confirmou o apoio do Governo Federal na reconstrução das cidades pelas chuvas no Espírito Santo. O auxílio já havia sido solicitado pelo governador Renato Casagrande, que sobrevoou junto com o ministro os municípios afetados pelo desastre na tarde neste domingo (26).

Em reunião no Palácio Anchieta, em Vitória, o ministro acompanhou uma apresentação do diagnóstico da situação das cidades afetadas no Estado.

Falaram o coordenador estadual da Defesa Civil, coronel André Có, além dos secretários de Estado, Marcus Vicente (Desenvolvimento Urbano), Nésio Fernandes (Saúde) e Coronel Aguiar (Casa Militar), o diretor-geral do Departamento de Edificações e de Rodovias (DER-ES), Luiz Cesar Maretto Coura, e o comandante-geral da Polícia Militar, coronel Sartório.

O ministro Canuto afirmou que o Governo Federal está à disposição para ajudar os capixabas que foram vítimas das chuvas. Ele citou que a Defesa Nacional e Estadual se debruçaram neste primeiro momento em garantir que as pessoas atingidas tivessem apoio neste momento tão difícil. “Agora vamos para uma segunda fase, que é justamente de reconstrução. Com o reestabelecer das rodovias e a reconstrução dos sistemas de água e esgoto“, afirmou Canuto.

O governador Casagrande agradeceu o apoio do Governo Federal e reforçou a importância da união de todos em torno da reconstrução das cidades atingidas pelas chuvas no Espírito Santo. Além dos municípios de Iconha, Alfredo Chaves, Rio Novo do Sul e Vargem Alta, que haviam sido afetados pelas chuvas da última semana, outros 22 municípios capixabas foram atingidos pelas chuvas deste sábado (25).

Leia mais:  Ferramenta permite calcular gasto anual com locação de veículos em órgãos públicos

Casagrande informou que os levantamentos dos prejuízos causados pelas chuvas prosseguem. Eles vão servir de base para a construção do plano de trabalho que vai subsidiar o pedido de ajuda ao Governo Federal.

De acordo com o governador, as principais demandas da reconstrução estão ligadas a reconstrução de pontes, habitações, rodovias estaduais e infraestrutura urbana.

“Teremos agora nessa semana a possibilidade da construção efetiva dos planos de trabalho e, posteriormente, dos projetos que vamos debater com o Governo Federal as obras de reconstrução efetiva das cidades. São obras importantes em cada em um dos municípios afetados”, afirmou o governador.

De acordo com Casagrande, o auxílio federal se soma às ações já anunciadas pelo Governo do Estado em resposta ao desastre. Além de todo apoio necessário para o socorro às vítimas e assistência dos moradores das cidades atingidas, o Estado vai promover uma série de medidas para garantir a reestruturação do municípios.

Entre as ações já anunciadas está a reativação do Cartão Reconstrução, que vai permitir a doação de R$ 3 mil em dinheiro às famílias com renda até três salários mínimos que foram atingidas pela chuva para compra de material de construção e eletrodomésticos.

Leia mais:  Hospital Estadual de Urgência e Emergência recebe certificação de excelência nos serviços

Além disso, o Governo do Estado vai dar apoio presencial aos empreendedores locais, bem como postergar o recolhimento de ICMS pelas empresas atingidas e oferecer linhas de financiamento com juros subsidiados por meio do Banestes e Bandes.

O Estado também vai atuar na reconstrução de pontes e de outras estruturas que foram atingidas por consequência das fortes chuvas.

Antes do encontro na sede do Executivo Estadual, o governador e o ministro Canuto fizeram um sobrevoo nos municípios atingidos pelas chuvas na região sul do Estado. O general Cunha, do Estado-Maior Conjunto das Forças Armadas (EMCFA), também fez parte da comitiva.

Estiveram presentes ainda na reunião, a vice-governadora Jaqueline Moraes; secretários de Estado; e o secretário nacional de Desenvolvimento Social em exercício, Lelo Coimbra.

Informações à Imprensa:

Assessoria de Comunicação do Governo
Raphael Marques
(27) 98895-0843

Fonte: Governo ES

Comentários Facebook
Continue lendo

CIDADES

ESTADO

POLÍTICA NACIONAL

ENTRETENIMENTO

Mais Lidas da Semana