conecte-se conosco

Saúde

Japão confirma primeira morte por Covid-19, doença causada por coronavírus

Publicado

source

O Japão confirmou, na manhã desta quinta-feira, a primeira morte por Covid-19, a doença causada pela nova cepa do coronavírus, com quase 60 mil casos apenas na China , epicentro da patologia. A vítima, de 80 anos, morreu na região Sul de Tóquio e estava internada desde 1 de fevereiro.

teste arrow-options
shutterstock

Paciente com Covid-19, doença causada por coronavírus, faleceu no Japão

De acordo com o ministro da Saúde japonês, Katsunobu Kato, porém, ainda não está completamente claro que o coronavírus foi a causa direta da morte. “Esta é a primeira morte no país de alguém diagnosticada com a doença”, afirmou. O resultado foi confirmado após o falecimento da paciente.

Leia mais: Saiba aumentar a imunidade e se proteger do cornavírus

Histórico do coronavírus

A atual transmissão da doença, agora chamada Covid-19, foi identificada em 7 de janeiro. O escritório da Organização Mundial de Saúde ( OMS ) na China buscava respostas para casos de uma pneumonia de etiologia até então desconhecida que afetava moradores na cidade de Wuhan

No dia 11 de janeiro foi apontado um mercado de frutos do mar como o local de origem da transmissão. O espaço foi fechado pelo governo chinês. Desde então, mais de 14.800 casos foram notificados apenas naquele país, além do espalhamento da doença pelo mundo. 

No Brasil, uma quarentena foi montada na cidade de Anápolis, em Goiás, para receber cidadãos repatriados de Wuhan, cidade com maior número de casos na China. Até o momento, porém,  não há confirmação de casos de coronavíus no país.

Fonte: IG SAÚDE

Comentários Facebook
publicidade

Saúde

Carnaval pode aumentar risco de contágio por sarampo, alertam especialistas

Publicado

source

RIO — A segunda quinzena de fevereiro mal começou e o Rio pode, em breve, ultrapassar o número de registros de sarampo visto no ano passado inteiro. Em 2019, a cidade confirmou 98 ocorrências da enfermidade. Nas primeiras sete semanas de 2020, foram 64. Um novo desafio está adiante — o carnaval. Especialistas temem que o contato entre foliões contribua para a disseminação do vírus.

Leia mais: Sarampo em adultos também traz riscos à saúde

satampo arrow-options
shutterstock

Risco de contágio do sarampo pode aumentar devido o contato entre foliões

Segundo Roberto Medronho, professor titular de Epidemiologia da UFRJ, o vírus do sarampo pode ser transmitido por gotículas “no meio do bloco, na escola de samba”.

— O período de maior transmissão do vírus é um pouco antes e um pouco depois da apresentação dos sintomas. Um indivíduo que se sente muito bem e está no período de incubação vai infectar várias pessoas, mesmo antes de adoecer — alerta.

O sarampo é conhecido pelo seu alto grau de contágio , cinco vezes maior do que o do coronavírus, já diagnosticado em mais de 60 mil pessoas, mas nenhuma no Brasil.

Fonte: IG SAÚDE

Comentários Facebook
Continue lendo

CIDADES

ESTADO

POLÍTICA NACIONAL

ENTRETENIMENTO

Mais Lidas da Semana