conecte-se conosco


Política

Jathir Moreira é cotado para substituir Jonas Nogueira como candidato a prefeito

Publicados

em

 

Essa semana, o ex-vereador e ex-vice prefeito de Cachoeiro de Itapemirim, Jathir Moreira, foi cotado para substituir Jonas Nogueira como candidato a prefeito pelo PL. Essa possibilidade inflamou o bastidor político, obrigando Jonas a recorrer ao ex-senador Magno Malta para manter-se vivo no tabuleiro.

O burburinho surgiu porque antigos aliados de Jathir perceberam que a candidatura de Jonas não estava emplacando e decidiram colocar o nome dele como alternativa. Não demorou, Jonas se movimentou para matar essa possibilidade no ninho.

Pessoas próximas de Jathir alegam que ele sequer cogitou ser candidato. O que torna ainda mais curioso, porque pode sinalizar que ele tem mais força internamente que o próprio Jonas que, aliás, buscou o PL porque estava com dificuldade de encontrar partido que lhe desse legenda para emplacar o seu projeto de ser candidato.

Apesar de ter sido cotado, Jathir descartou ser candidato a prefeito esse ano. Seu desafio é convencer aqueles que desejam isso e colocar panos quentes.
Enquanto isso, Jonas terá que juntar os fragmentos de um projeto que nasce sem estar unificado internamente.

Comentários Facebook
Propaganda

Estado

Projeto de lei quer fixar regras para venda de facas no ES

Publicados

em

Por

Torino: proposta pretende salvaguardar a vida e a integridade física das pessoas/Foto: Ellen Campanharo

Evitar acidentes e até crimes em estabelecimentos comerciais que vendem facas, canivetes, estiletes, facões ou similares. Esta é a finalidade do Projeto de Lei (PL) 35/2021, que propõe colocar esses produtos em compartimento protegido por vidro ou acrílico e trancado por cadeado ou fechadura. A matéria do deputado Torino Marques (PSL) vai tramitar em urgência na Casa, segundo requerimento aprovado na sessão oridnária desta quarta-feira (24).

Na justificativa da proposição o parlamentar argumenta que tais objetos são considerados armas brancas e que a ideia é aumentar a segurança para os consumidores capixabas. “É comum vermos nos estabelecimentos comerciais como supermercados, lojas de conveniências, lojas de departamentos e outras, que este tipo de produto fica acondicionado em gôndolas, ao livre acesso dos consumidores, sem qualquer tipo de proteção”, aponta.

Torino conta que no início do mês uma idosa de 73 anos foi esfaqueada dentro de um supermercado em Valparaíso de Goiás (GO) e que acabou morrendo. O deputado destaca que o agressor pegou o objeto em uma gôndola do próprio estabelecimento e que é justamente esse tipo de situação que a proposta pretende impedir.

“Nas atribuições parlamentares cabe a nós, representantes do povo, agirmos com o intuito de salvaguardar a vida e a integridade física das pessoas. Decerto esse tipo de cautela não trará qualquer tipo de ofensa à livre iniciativa, mas apenas dará maior segurança aos consumidores em relação aos produtos colocados à venda”, afirma.

Por fim, o autor da iniciativa salienta que vários tipos de comércios mantêm produtos de valor mais elevado como whisky, champanhe, eletroeletrônicos, brinquedos e outros dentro de compartimentos próprios, trancados ou mesmo sendo disposto somente a embalagem vazia, cabendo a um atendente buscar o produto no estoque ou abrir o compartimento a pedido do cliente.

Em caso de aprovação do PL, a lei derivada deverá entrar em vigor na data de sua publicação em diário oficial.

Tramitação

A proposta foi lida na sessão ordinária do dia 22 de fevereiro e encaminhada para análise das comissões de Justiça, Defesa do Consumidor, Segurança e Finanças.

Comentários Facebook
Continue lendo

CIDADES

ESTADO

POLÍTICA NACIONAL

ENTRETENIMENTO

Mais Lidas da Semana