conecte-se conosco

Nacional

João de Deus é denunciado pela 11ª vez por estupro de vulnerável

Publicado

source
João de Deus arrow-options
Agência Brasil

O médium João de Deus está sendo acusado pelo Ministério Publico de Goiás de ter cometido mais estupros de vulnerável

O médium João de Deus está sendo acusado em mais um processo, protocolado nesta segunda-feira (2), de abuso sexual por 11 vítimas diferentes. A ação foi aberta pelo Ministério Público de Goiás (MPGO). 

A promotora Renata Ribeiro, que integra a equipe de investigação, afirmou ao Metrópoles que quatro novos relatos ainda não prescreveram e vão ser levados para a Justiça. “Os casos ocorreram entre 2010 e 2016. As vítimas são do Rio Grande do Sul, Distrito Federal e duas da Bahia”, disse. 

Leia mais: Policiais que participaram de ação em Paraisópolis são afastados

Ao todo, o Ministério Público de Goiás contabiliza 300 denúncias, entre as quais 144 são de acusações de abuso sexual contra vulnerável cometidos por João de Deus. Até o momento, 57 desses casos já estão aptos para seguirem ao julgamento, em 11 ações penais separadas. 

Leia mais:  Ex-morador do prédio que caiu em São Paulo reclama do atraso no auxílio-moradia

O número elevado de casos, para a equipe de investigações, está associada com o fato de que João de Deus criava um ambiente propício para praticar os abusos.

“Além de explorar uma vulnerabilidade ínsita a essas vítimas que já estavam acometidas, explorava e intensificava a fragilidade fazendo ameaças espirituais com, por exemplo, promessas de que as vítimas sofreriam maus futuros”, disse a promotora. 

Leia também: Bolsonaro deve trocar comando da PF

O Ministério Público também deu entrada em um novo pedido de prisão preventiva contra João de Deus . A intenção é favorecer o aparecimento de novas vítimas que podem temer relatar os crimes.

Condenado

O médium João de Deus foi condenado a quatro anos em regime aberto no dia 7 de novembro, respondendo por posse ilegal de arma de fogo de uso permitido e de uso restrito. Ana Keyla Teixeira, esposa do médium , era ré no processo, mas foi absolvida.

Comentários Facebook
publicidade

Nacional

Pastor dá golpe em mulher após ela vender todos os móveis para investir dinheiro

Publicado

source
mulher arrow-options
TV Gazeta/Reprodução

Mulher vendeu móveis de casa para investir dinheiro e levou golpe de pastor

A Polícia Civil do Espírito Santo investiga um golpe sofrido por uma faxineira na cidade de Cariacica , na Região Metropolitana de Vitória. Lucimagna Caetano da Silva entrou em contato com o pastor Adriano de Souza Carvalho no mês de janeiro após indicação de um amigo de “confiança”.

Em busca de dinheiro, ela vendeu todos os móveis da casa e arrecadou R$ 10 mil para receber R$ 60 mil dentro de seis meses. Como não tinha dinheiro, ela vendeu todos os móveis de casa para investir. “A gente vendeu a geladeira, a máquina, o guarda-roupa, vendeu tudo o que tinha dentro de casa para fazer esse investimento”, afirmou em entrevista à TV Gazeta.

Leia também: Professor inventa roubo de celular para receber seguro do cartão de crédito

Lucimagna também mostrou conversas que teve com o pastor por meio de um aplicativo de conversa. Nele, o homem explica que os pagamentos atrasaram porque a empresa foi reformulada e o escritório aumentado, garantindo que o dinheiro seria devolvido a ela caso o negócio não fosse bem sucedido.

Leia mais:  Garota fica cega após ser baleada por PM em baile funk, diz mãe

O homem ainda chegou a passar dois cheques sem fundos para a mulher e desapareceu após muitas trocas de mensagens. Lucimagna perdeu o dinheiro e chegou a ficar doente e tomando calmantes para lidar com as consequências do golpe. Por causa disso, ela também perdeu o emprego de carteira assinada. O marido dela, que é pedreiro, está desempregado.

Comentários Facebook
Continue lendo

CIDADES

ESTADO

POLÍTICA NACIONAL

ENTRETENIMENTO

Mais Lidas da Semana