conecte-se conosco


Cidades

Jovem morre e namorada fica ferida em acidente na Rodovia Castelo x Venda Nova 

Publicados

em

Um motociclista de 25 anos morreu na madrugada desta sexta-feira (22), em Venda Nova do Imigrante, após se envolver em um acidente com outros dois veículos. A vítima foi identificada como Diego Berude Alves. A namorada dele que estava na garupa ficou ferida. Uma mulher que conduzia um dos veículos saiu do local sem realizar o teste do bafômetro.

O acidente aconteceu na Rodovia Pedro Cola, na Comunidade de Providência. O jovem seguia sentido Castelo com a namorada quando a moto em que eles estavam estavam foi atingida por um veículo. A namorada do rapaz ficou ferida e foi socorrida para um hospital de Vitória pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu).

A Polícia Militar esteve no local do acidente e contou que a equipe se deparou com três veículos, sendo dois carros e uma moto. No momento em que a ocorrência era registrada um homem chegou dizendo que sua esposa tinha sido socorrida, e havia sofrido ferimentos na cabeça e foi socorrida.

Ainda segundo a PM, quando concluíram o trabalho no local, os policiais foram a um hospital da região para realizar o teste do bafômetro na motorista, mas foram informados que ela não havia dado entrada no pronto-socorro. Eles procuraram também em outros hospitais nos municípios vizinhos, mas a mulher não foi localizada.

O veículo que ela dirigia ficou no local do acidente e foi recolhido. O outro condutor realizou o teste do bafômetro, que deu negativo para consumo de bebida alcoólica, e foi liberado em seguida.

Comentários Facebook
Propaganda

Cidades

Mulheres são a maioria dos microempreendedores de Cachoeiro

Publicados

em

Por

Cyntia Rosa abriu um armarinho on-line durante a pandemia Foto: Divulgação

Quando o assunto é empreender, as mulheres estão conquistando, cada vez mais, o seu espaço. Em Cachoeiro, elas já são a maioria entre os microempreendedores individuais (MEI). De acordo com dados do Portal do Empreendedor, dos 12.222 cadastrados no município, 6.303 são mulheres.

Elas dominam, principalmente, o ramo do comércio varejista de artigos de vestuário e acessórios, com 1070 cadastros nesta área. Em seguida, vem a atividade de cabeleireira, com 913, e fornecimento de alimentos para consumo domiciliar, com 309.

São elas, também, que mais buscam microcrédito para incrementar seus negócios. Na Sala do Empreendedor de Cachoeiro, em 2020, 63% das operações de crédito aprovadas foram feitas por mulheres. Em janeiro deste ano, das 25 operações, 16 foram para turbinar empreendimentos liderados por elas.

Entre as cachoeirenses que apostaram, recentemente, no sonho de ter o próprio negócio, está Cyntia Rosa, que abriu uma loja de armarinho on-line durante a pandemia.

“Sou mulher, mãe e empreendedora. Comecei investindo 60 reais e, quando o armarinho começou a vender mais, vi a necessidade de me formalizar. Virei MEI e, hoje, tenho CNPJ. Ser empreendedora não é fácil, mas é prazeroso. Tento sempre trazer os melhores produtos. Sou muito feliz com meu empreendimento e também incentivo as minhas clientes a empreenderem”, conta.

Quem também está satisfeita com seu empreendimento é Cláudia Zucolotto. “Precisamos conciliar nosso tempo com família e outros compromissos, mas hoje me sinto realizada. Trabalho no ramo de marmitex e o meu negócio vai muito bem. Quando quis regularizar minha empresa, procurei a Sala do Empreendedor, e tive todo apoio para tornar meu negócio realidade”, afirma.

Coordenada pela Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico, a Sala do Empreendedor também foi fundamental para a doceira Raiane Freitas iniciar sua jornada como empreendedora.

“No início da pandemia, por meio da Sala, consegui crédito para começar a vender meus doces. Hoje, além de tudo, eu levo amor para as pessoas. Ser empreendedora é saber que o que você faz transforma a vida dos outros, e eu jamais trocaria essa experiência. É incrível saber que temos a Sala ao nosso lado, para ajudar a nos reorganizar, quando necessário, e nos apoiar em momentos que precisamos”, frisa.

O secretário municipal de Desenvolvimento Econômico, Francisco Montovanelli, atesta que a participação feminina no empreendedorismo tem crescido, cada vez mais, mostrando a força e a motivação das mulheres.

“Impulsionadas, em alguns casos, para complementar a renda familiar ou em busca de mudanças, elas estão empreendendo mais e mais. Após anos de diferença em relação aos homens, devido à desigualdade de gênero, elas vêm desconstruindo esse paradigma sociocultural. Isso é altamente positivo, na medida que incentiva mais mulheres a empreenderem, o que contribui para melhorar o ambiente socioeconômico”, avalia.

Sala do Empreendedor

Tanto quem quer abrir um negócio em Cachoeiro como quem já empreende no município pode contar com os serviços da Sala do Empreendedor, que incluem acesso a microcrédito, emissão de documentos, dentre outros atendimentos. Ela está localizada no 2º andar do Shopping Cachoeiro, Centro, e funciona de segunda a sexta-feira, das 9h às 18h.

Para tirar dúvidas e evitar aglomerações no local, os empreendedores têm a opção de entrar em contato com o espaço por meio dos telefones (28) 3155-5292 ou (28) 3522-4445.

Comentários Facebook
Continue lendo

CIDADES

ESTADO

POLÍTICA NACIONAL

ENTRETENIMENTO

Mais Lidas da Semana