conecte-se conosco


Polícia

Jovem usa redes sociais para denunciar padrasto

Eva Luana Batista (21), usou uma conta no Instagram para relatar os abusos sofridos pelo padastro. No relato, detalhado em cinco publicações, a jovem narra cenas de tortura e abuso sexual que convivia diariamente desde os 12 anos. “Era abusada sexualmente de todas as formas possíveis. Era obrigada a tomar bebidas até vomitar e quando […]

Publicados

em

Eva Luana Batista (21), usou uma conta no Instagram para relatar os abusos sofridos pelo padastro. No relato, detalhado em cinco publicações, a jovem narra cenas de tortura e abuso sexual que convivia diariamente desde os 12 anos.

“Era abusada sexualmente de todas as formas possíveis. Era obrigada a tomar bebidas até vomitar e quando vomitava tinha que tomar o próprio vômito como castigo.”

Em outro trecho da publicação, Eva conta que aos 13 anos denunciou o homem, porém o caso não foi investigado e o padrasto voltou com os abusos. 

“Quando eu fiz 13 anos denunciei. Nessa denúncia eu tinha certeza que seria salva por todos. Mas não foi isso que aconteceu. O Estado falhou a tal ponto que o meu caso não chegou nem ao Ministério público.” Lamentou, a jovem.

Comentários Facebook
Propaganda

Polícia

Estelionatário da Bahia é detido na Serra após monitoramento do Cerco Inteligente do Governo do Estado

Publicados

em

Por

A Polícia Civil do Espírito Santo, por meio da Superintendência Interestadual e de Captura (Supic), prendeu, na última segunda-feira (20), um homem de 45 anos, que tinha um mandado de prisão em aberto pelo crime de estelionato, cometido em Itamaraju, na Bahia. A prisão ocorreu no bairro Nova Almeida, na Serra, e foi coordenada pelo chefe da Supic, delegado Júlio César. O monitoramento dos locais para onde o suspeito se dirigia só foi possível por conta do Programa Cerco Inteligente, do Governo do Estado.

De início, a análise dos dados foi feita através de uma placa de veículo. Com essa informação em mãos, a Gerência de Inteligência (Gint) da Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social do Espírito Santo (Sesp) passou a monitorar as passagens do automóvel durante alguns locais e horários, levantando informações sobre sua atividade. Com isso, foi repassada a informação de um ponto de bloqueio onde seria possível deter o infrator e cumprir o mandado de prisão.

Após o recebimento dos dados, equipes da Superintendência Interestadual e de Captura (Supic) se posicionaram no ponto indicado. Ao avistar o carro do suspeito, que se aproximava de uma revenda de veículos, as equipes policiais se dirigiram até o acusado e lhe deram voz de prisão.

O homem foi levado até a 3ª Delegacia Regional de Serra, onde foram realizados os procedimentos de praxe e, posteriormente, o acusado foi conduzido até o Centro de Triagem de Viana (CTV), onde permanecerá à disposição da Justiça. A necessidade de recambiamento de presos é uma decisão judicial.

Dados aliados à Segurança Pública

O monitoramento dos locais para onde o suspeito se dirigia só foi possível por conta do Programa Cerco Inteligente, um sistema integrado de monitoramento e combate aos crimes de trânsito, ambientais, fiscais e de segurança pública. Com equipamentos de alta tecnologia que geram informações em tempo real, o Cerco Inteligente é mais uma ação do Governo do Estado, por meio do Programa Estado Presente em Defesa da Vida, idealizado para garantir a segurança dos capixabas e evitar a evasão de recursos e fraudes fiscais.

O sistema consiste em captar, por meio dos equipamentos instalados nas rodovias, o peso total, por eixo e por roda, de veículos que trafegam no Estado, sem a necessidade de o veículo se deslocar da via, podendo trafegar a até 100 quilômetros por hora; a placa, por meio de uma câmera de leitura; e outras características do veículo – cor, marca, modelo, velocidade, adesivos e outras marcas –, por meio de uma câmera de contexto.

Comentários Facebook

Continue lendo

CIDADES

ESTADO

POLÍTICA

ENTRETENIMENTO

Mais Lidas da Semana