conecte-se conosco


Estado

Legalização de cassinos pode criar 4 mil empregos e ampliar turismo no ES, segundo presidente ABIH-ES

Publicados

em

Ilustração - Roleta

Em discussão em Brasília, a possível aprovação do Marco Regulatório de Jogos de Apostas no Brasil, descrito no projeto de lei 442/1991, pode ampliar bastante o turismo no Espírito Santo e gerar até 4 mil empregos indiretos, segundo o presidente da Associação Brasileira da Indústria de Hotéis do Espírito Santo (ABIH-ES), Nerleo Caus. Apesar do Brasil contar com uma grande de entusiastas e apostadores de cassinos on-line, a modalidade ainda não é permitida em cassinos físicos.

“A legalização traria um novo patamar para o turismo e o Espírito Santo tem potencial para receber cassinos. Não existe melhor do que você estabelecer uma nova fronteira, uma nova prateleira de turismo com relação a empregos. A instalação de um cassino, por exemplo, poderia criar aproximadamente 1.500 novas vagas de emprego diretos, e 4 mil em toda a cadeia”, explica.

Além da geração de empregos, o crescimento do turismo no Estado também seria outro benefício da legalização dos jogos no Brasil, conta Nerleo Caus. “É uma atividade que gera um grande fluxo turístico. As pessoas vêm de longe, de outros lugares para jogar. Cria-se um movimento, e além dos jogos, o turista conhece a região em que está hospedado. Quando eu falo cassino, eu me refiro a todo o projeto de um cassino integrado, com arte e lazer, com shows, com galerias, com gastronomia e com coisas lúdicas que geram atratividade, inclusive o próprio jogo. Um cassino em qualquer região do Estado seria um dinamizador do turismo na região”, afirma.

O projeto foi aprovado na Câmara dos Deputados semana passada, agora deve seguir para o Senado Federal, e depois para sanção do presidente da República. Caso seja aprovado, o projeto de lei especifica uma série de regras. Cassinos poderão explorar atividades como jogos de cartas, jogos de roleta, máquinas eletrônicas ou apostas, podendo ser instalados em resorts e hotéis.

Segundo levantamento realizado pelo Instituto Jogo Legal, o Brasil é o maior exportador de jogadores de cassinos do mundo, com aproximadamente 200 mil pessoas viajando para fora do país todos os anos em busca destas atividades. Vale lembrar que o mercado de apostas online se utiliza de artifícios para burlar essa restrição, desde que esses possuam sede em outros países onde sua atividade é devidamente legalizada.

Comentários Facebook

Estado

Recursos da Lei Paulo Gustavo para setor cultural capixaba serão discutidos em Vitória nesta terça (16)

Publicados

em

Por

Evento acontece nesta terça-feira (16), na Casa da Música Sônia Cabral, no Centro de Vitória, a partir das 18h30. Estão previstos cerca de R$ 40 milhões de repasse ao Estado e R$ 35 milhões para os 78 municípios.

A Lei Paulo Gustavo vai destinar R$ 75 milhões ao fomento do setor cultural capixaba. Para apresentar e debater os impactos, benefícios e oportunidades dos recursos no Estado, a equipe da Secretaria da Cultura (Secult) realiza um encontro aberto ao público, que acontece nesta terça-feira (16), às 18h30, na Casa da Música Sônia Cabral, localizada no Centro de Vitória.

Estão previstos cerca de R$ 40 milhões de repasse ao Estado e R$ 35 milhões para os 78 municípios. Esta divisão decorre de um mecanismo que calcula a população de cada local perante ao fundo de participação dos estados e municípios. Deste valor, aproximadamente 75% serão direcionados ao setor audiovisual e 25% para os demais segmentos da arte e cultura.

“Além da  presença dos empreendedores e fazedores de cultura em geral,  será importante que entidades de todo o Estado conheçam sobre a mobilização em torno da Lei”, afirmou o secretário de Estado da Cultura e presidente do Fórum Nacional de Secretários e Dirigentes Estaduais de Cultura, Fabrício Noronha.

Lei Paulo Gustavo

Com o objetivo de auxiliar o setor cultural prejudicado pela pandemia da Covid-19, o  Projeto de Lei Paulo Gustavo (PLP 73/21) foi apresentado como recurso de ação emergencial no mês de novembro de 2021 no Senado e em julho deste ano foi promulgada como Lei Complementar 195/22. O nome da Lei homenageia o ator Paulo Gustavo, que faleceu em maio de 2021, devido à Covid-19.

O recurso total de R$ 3,86 bilhões é proveniente do superávit financeiro do FNC (Fundo Nacional de Cultura), e do Fundo Setorial do Audiovisual (FSA), recursos financeiros estes que não seriam utilizados no cronograma de pagamento dentro do exercício fiscal e que poderiam ser empregados como fonte de recurso adicional a ser operado diretamente pelos estados e municípios.

Serviço:

Encontrão Capixaba – Lei Paulo Gustavo e seu impacto no ES

Data: 16/08 (terça-feira)

Horário: 18h30

Local: Casa da Música Sônia Cabral, Centro de Vitória.

Aberto ao público.

Comentários Facebook
Continue lendo

CIDADES

ESTADO

POLÍTICA

ENTRETENIMENTO

Mais Lidas da Semana