conecte-se conosco

Estado

Liberações de crédito emergencial no Banestes ultrapassam R$ 240 milhões

Publicado

 

.

O Banestes já liberou mais de R$ 240 milhões em operações efetivadas nas quatro principais linhas de crédito emergencial disponibilizadas para enfrentamento dos agravantes econômicos gerados pela pandemia do novo Coronavírus (Covid-19) no Espírito Santo.

No balanço da última sexta-feira (31), mais de 7.400 contratos com empresas de micro, pequeno, médio e de grande porte do Espírito Santo, e de atividades do setor industrial, já haviam sido efetivados.

O volume total de concessão de crédito do Banestes para os capixabas, desde o início de 2020, já alcança a marca de quase R$ 2 bilhões. Além disso, os contratos de reparcelamento de crédito em até 180 dias, outra importante ação de auxílio econômico disponibilizada pelo banco, já atingiram o montante de mais de R$ 680 milhões.

Balanço

Confira abaixo o balanço detalhado das quatro principais linhas de crédito emergencial operadas pelo Banestes para enfrentamento dos impactos econômicos da pandemia do novo Coronavírus. Os dados são referentes ao período de março até 31 de julho de 2020.

1) Linha de Crédito Emergencial Bandes e Banestes:

Para esta linha de crédito, que atende a empresas de todos os portes e do setor industrial, com taxas a partir de CDI + 0,32%, ao mês, o Banestes disponibilizou o montante de R$ 250 milhões. Até o momento, o Banestes já liberou mais de R$ 197,6 milhões em recursos nesta linha, em um total de 1.750 contratos.

2) Linha de Crédito Aderes e Banestes – Nossocrédito Emergencial (Programa Nossocrédito):

A linha Nossocrédito Emergencial, com taxas de 0,65% a 0,95%, ao mês, já liberou mais de R$ 24,6 milhões em recursos, em 1.770 contratos com empreendedores de pequeno porte.

3) Linhas do Fundo de Aval – (01) Microcrédito Emergencial Covid-19:

Na linha de crédito de até R$ 5 mil, com taxa zero, cujo foco são os microempreendedores individuais (MEIs), já foi liberado o valor total de mais de R$ 18,2 milhões, distribuídos em 3.857 operações de crédito.

4) Linhas do Fundo de Aval – (02) Capital de Giro Covid-19:

A linha de crédito de até R$ 31,5 mil, com taxa de CDI, cujos recursos são destinados especificamente para o pagamento de folhas de pagamentos de pequenas e médias empresas, já teve liberação de mais de R$ 800 mil, distribuídos em 94 contratos com empresas do Estado.

5) Reparcelamento de operações de crédito em até 180 dias:

Condição única no mercado, tanto para clientes Pessoa Física (PF) quanto Pessoa Jurídica (PJ). No total, o Banestes já realizou mais de R$ 680 milhões em repactuação de contratos.

Além das opções de crédito, o Banco oferece condições de reparcelamento, cheque especial sem juros, isenção e redução de tarifas no crédito, dentre outras facilidades. As ações estão detalhadas no site
www.banestes.com.br/estamosjuntos.

Fonte: Governo ES

Comentários Facebook
publicidade

Estado

ES Solidário entrega doações em Instituições de Longa Permanência da Pessoa Idosa e Residências Inclusivas

Publicado

 

.

O ES Solidário já atendeu a 16 instituições de Longa Permanência da Pessoa Idosa (ILPI’s) e cinco Residências Inclusivas (RI’s) de norte a sul do Estado. Algumas entregas ocorreram na última semana, nos municípios de Alegre, Cachoeiro de Itapemirim, Iconha, Irupi, Iúna, Guarapari, Serra e Viana.

Nesses locais, a ajuda vai muito além das cestas básicas. Às ILPI’s, o programa já entregou 231 pacotes de fraldas geriátricas descartáveis, 248 máscaras de tecido, 156 frascos de álcool em gel 70%, 605 kits de higiene e limpeza, 304 pacotes de bala sem açúcar e 53 cestas básicas.

“Com o ES Solidário, temos a preocupação de manter as pessoas bem alimentadas e possibilitar meios de higienização nesta época tão difícil, mas conseguimos ir além disso, recebendo doações de fraldas geriátricas, por exemplo. Isso nos permite alcançar aquelas pessoas que possuem necessidades diferenciadas. O programa vem crescendo graças à parceria da sociedade civil e de empresas que abraçam a causa”, explicou a secretária de Estado de Direitos Humanos, Nara Borgo, que coordena o programa.

A gerente de Promoção de Direitos e Cidadania, Aline Passos, afirmou que já foram atendidas as Residências Inclusivas nos municípios de Alegre, Iúna, Guarapari, Serra e Viana, e que as entregas continuam pelas próximas duas semanas para atender a todas as unidades no Espírito Santo.

“Esse momento requer esforços conjuntos para minimizar os impactos provocados pela pandemia do novo Coronavírus. Por isso, em articulação com o Conselho Estadual de Defesa dos Direitos da Pessoa Idosa e com o Conselho Estadual dos Direitos da Pessoa com Deficiência, mapeamos as demandas dessas instituições, e em parceria com o ES Solidário, estamos direcionando as doações”, disse Aline Passos.

A Residência Inclusiva é uma unidade que oferta Serviço de Acolhimento Institucional para jovens e adultos com deficiência, em situação de dependência, que não disponham de condições de autossustentabilidade ou de retaguarda familiar.

ES Solidário

O programa ES Solidário atende às demandas por meio de solicitações feitas por municípios, coletivos, associações e igrejas com ações sociais, que direcionam as doações de donativos às pessoas em situação de pobreza e extrema pobreza.

Os donativos são recebidos por meio de doações feitas por empresas e pela sociedade civil. Contribuições em dinheiro são usadas para a compra de alimentos e outros itens essenciais. Os repasses são feitos em parceria com o Corpo de Bombeiros, responsável pela logística de entrega.

Desde o início do programa, foram arrecadadas e distribuídas 11.639 cestas básicas, além de 5.091 kits de higiene e limpeza, 351 pacotes de fraldas geriátricas, 230 frascos de álcool em gel, 1.171 máscaras, além de 6.305 itens avulsos. No total, até o momento, famílias de 46 cidades capixabas foram atendidas pelo ES Solidário.

Como doar

As cestas básicas, kits de higiene pessoal e de limpeza podem ser entregues em uma das 17 bases operacionais do Corpo de Bombeiros Militar em todo o Estado ou nas unidades de Defesa Civil nos municípios. É possível também fazer doações em dinheiro por meio de Documento Único de Arrecadação (DUA) ou depósito em conta bancária do Governo do Estado, além da doação de serviços comuns, bens móveis ou imóveis, licenças de softwares e o comodato a favor de órgãos e entidades da Administração Pública Estadual, enquanto perdurar o Estado de Emergência em Saúde Pública.

Saiba mais informações sobre como doar em: https://coronavirus.es.gov.br/ESsolidario

Fonte: Governo ES

Comentários Facebook
Continue lendo

CIDADES

ESTADO

POLÍTICA NACIONAL

ENTRETENIMENTO

Mais Lidas da Semana