conecte-se conosco

Mundo

Líderes do Irã enfrentam indignação pública após derrubada de avião

Publicado

source

Agência Brasil

pessoas arrow-options
reprodução / Twitter

Protestos acontecem desde o sábado (11) contra o governo.

Líderes do Irã estão enfrentando a indignação do público, devido ao ataque de militares do país que derrubou um avião de passageiros ucraniano.

A aeronave caiu nas proximidades de Teerã na quarta-feira passada (8), matando todas as 176 pessoas a bordo. Os militares iranianos inicialmente negaram qualquer envolvimento, mas posteriormente admitiram que derrubaram por engano o avião.

Entretanto, a medida foi vista por muitos como uma tentativa da liderança de encobrir a verdade, e desencadeou protestos em todo o país. As manifestações continuaram nessa segunda-feira (13). Policiais armados foram enviados ao centro de Teerã.

Leia também: “Responsáveis por queda de avião serão punidos”, garante presidente do Irã

Acredita-se que as autoridades estejam tentando controlar informações, uma vez que a internet está fora do ar em algumas partes do país.

Rumores se espalharam na internet, dizendo que manifestantes foram feridos por tiros. A polícia divulgou declaração, afirmando que não disparou contra ninguém, e que está agindo com comedimento.

*Emissora pública de televisão do Japão

Fonte: IG Mundo

Comentários Facebook
publicidade

Mundo

Homem é encontrado vivo cinco anos após desaparecer e ser dado como morto

Publicado


source
homem de capuz
Polícia de Cambridgeshire / Reprodução

Homem decidiu se esconder propositalmente

Um homem de 40 anos foi encontrado vivo cinco anos após desaparecer e ser dado como morto em Cambridgeshire, no Reino Unido. Segundo a polícia, Ricardas Puisys,  que é natural da Lituânia, trabalhava em uma fazenda quando desapareceu.

No ano de 2015, quando ele não voltou para o alojamento no qual morava depois de um dia de trabalho, a polícia foi acionada. Os documentos de identificação dele foram encontrados abandonados, o que aumentou as hipóteses de assassinato.

Poucos meses antes da suposta morte, as condições de trabalho de Ricardas eram investigadas por serem semelhantes à escravidão moderna. Uma pessoa chegou a ser presa e interrogada por envolvimento no suposto assassinato, mas foi liberada em seguida.

A polícia chegou até Ricarda após denúncias anônimas informarem que ele estava vivo e com boa saúde. O homem, então, confessou que tinha fugido sem dar sinal de vida porque era explorado pelo patrão e temia pela própria segurança após o início das investigações.

“Por quase cinco anos o desaparecimento de Ricarda foi um completo mistério. Isso mudou quando recebemos informações no fim de junho que nos levaram a encontrá-lo”, afirmou ao jornal britânico Daily Mail o chefe da polícia local, Rob Hall

Sob proteção, o homem coopera com a polícia em uma nova investigação sobre a exploração de força trabalhista na empresa em que trabalhava.

Fonte: IG Mundo

Comentários Facebook
Continue lendo

CIDADES

ESTADO

POLÍTICA NACIONAL

ENTRETENIMENTO

Mais Lidas da Semana