conecte-se conosco


Entretenimento

Lorde quer que seus fãs “entrem em seu cérebro” em nova estação de rádio

Publicados

em

source
Lorde quer que seus fãs “entrem em seu cérebro” em nova estação de rádio
Marcelo de Assis

Lorde quer que seus fãs “entrem em seu cérebro” em nova estação de rádio

A estrela neozelandesa Lorde acaba de lançar sua própria estação de rádio para mostrar aos seus fãs “as formas que alteraram meu curso para melhor”

Como ela mesma diz em sua propaganda da nova estação SOLARSYSTYM , a artista de 25 anos deseja que seus fãs “entrem em seu cérebro”.

“O SOLARSYSTYM é como entrar no meu cérebro, dando aos ouvintes um lugar na primeira filha para as músicas que significaram muito para mim e minha vida. É uma coleção de formas, gravitacionalmente ligadas, um punhado de planetas, dezenas, mais planetas anões e inúmeras pedrinhas. Todos refletindo a luz de um sol. Estas são as formas que alteraram meu curso para melhor” , diz a propaganda de Lorde sobre seu novo empreendimento artístico.

O SOLARSYSTYM nasceu de uma parceria entre Lorde e a Sonos Radio , empresa que também conta com outros nomes da música como o Radiohead, Cocteau Twins e J Dilla.

Lorde também pretende apresentar aos seus fãs, todas as músicas que fizeram parte de sua formação pessoal: “Tudo, desde as músicas que meus pais tiraram de sua torre de CD super doente até as músicas que eu roubei do YouTube como um adolescente cheio de espinhas e os discos que incluo na íntegra porque eles mudaram de forma para mim como pensador e observador.”

A artista entrará em uma turnê pela Europa neste ano, além de encabeçar lineups de importantes festivais como o Primavera Sound e o Glastonbury, antes de encerrar sua série de shows com datas remarcadas na Austrália e Nova Zelândia em 2023.

Fonte: IG GENTE

Comentários Facebook
Propaganda

Entretenimento

Em ruínas, mansão de Clodovil em Ubatuba corre risco de demolição

Publicados

em

source
Mansão de Clodovil em Ubatuba não consegue ser vendida
Reprodução – 23.05.2022

Mansão de Clodovil em Ubatuba não consegue ser vendida


Atração nos anos em que Clodovil era vivo, a mansão construída pelo estilista em Ubatuba corre o risco de ir ao chão. Ela está em ruínas e não consegue ser vendida. No ano passado, uma nova tentativa de leilão foi feita, após a Justiça anular o último, de 2018, quando foi arrematada por R$ 750 mil. A compradora pediu a anulação, pois o edital não dizia que, sendo em área de preservação ambiental, o imóvel não poderia sofrer uma série de alterações necessárias.

+ Entre no  canal do iG Gente no Telegram e fique por dentro de todas as notícias sobre celebridades, reality shows e muito mais!

A casa tinha 20 cômodos em sua planta original, ocupando uma área de 3 mil m², com total vista para o mar. Situada entre as praias do Meio e do Leo, a mansão mantém a aura de curiosidade sobre ela. Há cerca de duas semanas, o canal “Lolo Bolado”, que faz expedições em mansões abandonadas no Brasil, conseguiu fazer imagens o local.


O que se vê é uma completa destruição. A área externa, com piscina e jardins, foi tomada pelo mato. Grande parte do telhado já não existe, as paredes têm rachaduras profundas, e para evitar a entrada de curiosos, um ganso “faz a segurança”.

+ Siga também o perfil geral do Portal iG no Telegram !

Mas a julgar pela piscina, cheia, e sacos com latinhas de cerveja e refrigerante, por ali há circulação de pessoas.

Clodovil morreu em 2009 e a casa foi gradativamente abandonada pelo espólio do apresentador. Parte do que havia na Mansão do Clô foi retirada para quitar dívidas deixadas por ele. Há seis anos, 500 metros da casa foram demolidos por ordem judicial devido às ações do Ministério Público contra Clodovil. O quarto do estilista, o canil e parte da cozinha, construídos indevidamente em área de preservação, foram destruídos.

Ainda é possível ver, no entanto, a capelinha feita em homenagem à mãe dele, com o altar e o chão pintado por uma amiga de Clodovil. A área mais famosa, onde havia um vaso sanitário colocado ao ar livre, ao lado de uma Jacuzzi, já não é a mesma, apesar de haver um vaso no local.

“O vaso sanitário foi vendido por R$ 30 reais na época, teve quem quisesse. Ao lado da Jacuzzi era a biblioteca O vaso que vocês sentaram era parte do seu primeiro quarto, que era ao lado e também foi demolido, depois ele fez seu quarto no alto, que tinha uma passagem secreta. Toda a parte do início (do vídeo feito pelo canal) era de caseiros. O cômodo vermelho era a famosa Sala Vermelha ao lado da piscina. Onde está o coitado do ganso era parte de hóspedes”, conta um vizinho de Clodovil nos comentários da filmagem.

Clodovil não ia à praia, então fez uma sala de areia para reproduzir o clima. E ali dava altos jantares. Hoje, esse cômodos está tomado de de mato, infiltrações e fendas nas colunas. O quarto da mãe dele, com vista para o mar, tinha uma cama com estrutura para dossel toda trabalhada em madeira maciça. A estrutura ainda está na casa, em que também abrigou mais de 3 mil espécies de plantas e flores.


Fonte: IG GENTE

Comentários Facebook
Continue lendo

CIDADES

ESTADO

POLÍTICA

ENTRETENIMENTO

Mais Lidas da Semana