conecte-se conosco

Estado

Lote de cerveja contaminada é encontrado no ES

Publicado

O Ministério da Agricultura encontrou um lote contaminado da cerveja Capixaba, da cervejaria Backer, no Espírito Santo. O lote de número 1348, divulgado pela Polícia Civil de Minas Gerais como um dos que continham a substância dietilenoglicol, foi identificado pelo Ministério da Agricultura após análise de notas fiscais de um supermercado da Grande Vitória. A bebida, porém, já havia sido recolhida pelo estabelecimento, que faz parte da rede Carone.

O lote será encaminhado para Belo Horizonte, onde serão feitas as análises de laboratório para confirmar a existência de dietilenoglicol na bebida. Apesar de a bebida ter sido disponibilizada para venda, segundo o Ministério da Agricultura, não é possível afirmar que a cerveja tenha sido comprada por algum cliente do supermercado.

“Conseguimos fazer uma ação preventiva e cautelar, e os estabelecimentos recolheram imediatamente após a nossa notificação. No caso deste supermercado foi feito até antes. Acredito que, por causa disso, essa cerveja não chegou a ser consumida”, disse o superintendente do Ministério da Agricultura no Espírito Santo, Aureliano Nogueira..

Leia mais:  Emendas de Majeski valorizam educação, transparência e direitos dos cidadãos

A rede Carone informou que todos os lotes da cerveja Backer foram recolhidos das prateleiras assim que as primeiras notícias de contaminação foram divulgadas, antes mesmo da notificação do Ministério da Agricultura.

O Ministério da Agricultura não soube informar o volume de cervejas do lote contaminado que chegou ao Espírito Santo. As notas fiscais continuam sendo recolhidas para identificação dos lotes. Até o momento, foram identificados sete lotes com a presença de dietilenoglicol. Confira abaixo quais são:

Confira todo o caso clicando aqui.

Com informações do portal A Gazeta

Comentários Facebook
publicidade

Estado

Hospital Central lança projeto focado na segurança do paciente

Publicado

O Hospital Estadual Central – Benício Tavares Pereira (HEC) começou o ano investindo na segurança do paciente. Após meses de planejamento, o projeto ‘4 Estações da Segurança’ saiu do papel e foi apresentado, nessa sexta-feira (17), aos gestores de diversos setores da instituição. A ideia é implantar e desenvolver ações focadas em uma assistência cada vez mais segura.

O conteúdo apresentado será disseminado entre as equipes, para que todos tenham consciência da importância de suas ações e funções dentro do hospital. O projeto tem o objetivo de unir esforços para proporcionar um atendimento mais seguro ao paciente. Durante todo o ano de 2020, os colaboradores terão a oportunidade de participar de capacitações voltadas para a qualidade dos serviços prestados, fazendo com que isso se torne rotina.

Ao longo de 2019, o projeto foi amplamente discutido e os temas foram escolhidos com base nas sugestões dos envolvidos, sendo eles: “Verão da identificação correta dos pacientes e da comunicação efetiva”; “Outono da higienização das mãos e da segurança na administração de medicamentos”; “Inverno da redução de queda e lesão por pressão”; “Primavera da cirurgia segura”.

Leia mais:  Emendas de Majeski valorizam educação, transparência e direitos dos cidadãos

Cada um desses temas será trabalhado durante uma estação do ano. Nesse período, os principais assuntos relacionados à segurança do paciente serão abordados com as equipes, e os corredores e postos de enfermagem permanecerão decorados para manter a chama do projeto acesa.

“As ações serão realizadas de formas variadas, dependendo do tema. Podem ser oficinas, teatro, jogos, todas focadas nos temas. Algumas serão mais lúdicas enquanto outras precisarão de um momento de mais ‘seriedade’ e concentração dos participantes”, contou a médica da Qualidade e Núcleo de Segurança do Paciente e uma das idealizadoras do projeto, Cristiana Costa Gomes.

Associação Congregação de Santa Catarina (ACSC)

A Associação Congregação de Santa Catarina (ACSC) é uma entidade filantrópica e Organização Social de Saúde (OSS), fundada em 1922 no Brasil. A instituição concentra atividades nas áreas da saúde, educação e assistência social, formando uma rede a serviço da vida.

Desde 2011, a ACSC é a responsável pelo gerenciamento do Hospital Estadual Central – Benício Tavares Pereira (HEC), localizado no Centro de Vitória, garantindo 100% de atendimento a pacientes do Sistema Único de Saúde (SUS).

Leia mais:  Casagrande assina convênio de Revitalização do centro de Bom Jesus do Norte no valor de R$ 8,6 milhões

Informações à imprensa:
Assessoria de Comunicação da Sesa
Syria Luppi / Kárita Iana / Paula Lima / Luciana Almeida / Thaísa Côrtes
(27) 3347-5642 / 3347-5643
[email protected]

Assessoria de Comunicação – Hospital Estadual Central – Benício Tavares Pereira
[email protected]

(27) 3636-4733

Fonte: Governo ES

Comentários Facebook
Continue lendo

CIDADES

ESTADO

POLÍTICA NACIONAL

ENTRETENIMENTO

Mais Lidas da Semana