conecte-se conosco


Cidades

Mais 60 projetos culturais serão apoiados pela Lei Rubem Braga de Cachoeiro; veja lista

Publicados

em

São propostas em 12 áreas culturais; entre elas, música, cinema, dança e teatro - Foto: Márcia Leal

A Prefeitura de Cachoeiro, por meio da Secretaria Municipal de Cultura e Turismo (Semcult), divulgou, nesta terça-feira (21), a lista dos projetos selecionados no edital de 2021 da Lei Rubem Braga.

Nesta edição, houve um número recorde de propostas contempladas, 60 no total, em 12 diferentes segmentos. Serão investidos na execução dos projetos R$ 617.528,80, maior valor já liberado por meio da lei.

Além disso, o edital de 2021 trouxe novidades em relação às edições anteriores. Foi o primeiro ano da categoria “Artes Integradas”, que contempla projetos que não se encaixam em uma única linguagem artística, atendendo a uma demanda dos artistas da cidade.

Outra mudança foi em relação ao valor máximo de cada proposta, ajustado para R$ 10 mil por projeto. A medida, aprovada pelo Conselho Municipal de Política Cultural de Cachoeiro de Itapemirim (CMPCCI), teve como objetivo abrir espaço orçamentário para distribuir recursos a mais proponentes, em um momento de superação dos prejuízos ao setor cultural decorrentes da pandemia de Covid-19.

“O edital 2021 da Lei Rubem Braga foi elaborado, coletivamente, em diálogo com representantes do setor cultural, por meio do Conselho Municipal de Política Cultural. Com as mudanças efetivadas, foi possível contemplar um número maior de artistas cachoeirenses, tão afetados pela pandemia de Covid-19. Esperamos que esse incentivo os auxilie na continuidade de suas atividades, para que possam promover, ainda mais, a cultura em nosso município”, destaca a secretária municipal de Cultura e Turismo de Cachoeiro, Fernanda Martins. A previsão é de que os recursos comecem a ser repassados aos artistas em cerca de 45 dias.

A relação completa das notas e classificação de cada candidato pode ser encontrada na área de Editais do site da Prefeitura de Cachoeiro.

Confira abaixo a lista dos selecionados em cada segmento:

Música

Rodrigo Campos Assunção

João Pedro Monteiro de Freitas

Programa de Promoção e Assistência Social Casa Verde

Amanda Malta de Palma

Projeto Bem me Quer Feliz

Gabriela Prado da Silva

Dança

Projeto Social Ballet Rita Pimentel

Luiz Carlos Cardoso Suzano Junior

Jupter – Produção Cultural Capixaba

Gabriela Prado Silva

Teatro, circo e ópera

Bianca Souza Dias

Mara Pereira Lovatti

Ana Claudia Souza Fonseca Ferreira

Luiz Alberto Rodrigues dos Santos

Amanda Malta de Palma

Marco Antônio Reis da Silva

Cinema, fotografia e vídeo

Weber Miranda Cooper Neto

Rodimar Monteiro Vieira

Ana Clara Ramos de Lima

Brenda Caetano Perim

Alessandro Araujo de Paula

Hericson Freitas Tiburcio

Literatura

Gabriel Pontes Fonseca Ferreira

Marco Antônio Reis da Silva

Brenda Caetano Perim

Amanda Malta de Palma

Ana Gabriela Fonseca Ferreira

Artes plásticas, artes gráficas e filatelia

Amanda Malta de Palma

Ana Clara Ramos de Lima

Rai Bolzon

Rudson Barreto Costa Filho

Gabriel Pontes Fonseca Ferreira

Folclore e capoeira

Adílio Quirino da Silva

Associação Cultural Mocambos Capoeira

Rodimar Monteiro Vieira

Jupter – Produção Cultural Capixaba

Wolmir Ambiera Alcantara Filho

Karyna Bahiense Barros

Carnaval

Mateus Almeida Santana

Ana Isabel Barbosa Albernaz da Silva

Karyna Bahiense Barros

Jorge Roberto de Morais Júnior

Artesanato

Luiz Alberto Rodrigues dos Santos

Ana Claudia Souza Fonseca Ferreira

Ana Gabriela Fonseca Ferreira

Danielle Moura de Mattos Malheiros

História

Marco Antônio Reis da Silva

Brenda Caetano Perim

Jupter – Produção Cultural Capixaba

Patricia Pancini

Liliana Rodrigues Monteiro

Preservação e restauração de acervo e patrimônio

Tainan Gratival Ribeiro

Rodimar Monteiro Vieira

Samir Pereira Carim

Daniel Costa Correa

Thays Bahiense do Nascimento

Artes Integradas

Brenda Caetano Perim

Raí Bolzan

Jupter – Produção Cultural Capixaba

Weber Cooper Neto

Comentários Facebook
Propaganda

Cidades

Prêmio Anchieta Arte e Cultura será retomado com apoio da Secult

Publicados

em

Por

Anchieta foi um dos primeiros municípios capixabas a receber recursos do Programa de Coinvestimento da Cultura – Fundo a Fundo, do governo do Estado. O plano de ação do município prevê a retomada do Prêmio Anchieta Arte e Cultura, que teve apenas duas edições nos anos de 2010 e 2011.

Em 2022 a ideia será revista e pretende premiar 14 fazedores de cultura, com prêmios que variam de R$ 5 mil a 20 mil. O edital, que será a terceira edição do Prêmio Anchieta Arte e Cultura, está previsto para ser lançado em julho, exclusivo para os artistas de Anchieta.

Segundo a gerente de Cultura e Patrimônio Histórico de Anchieta, Maria Fernanda Barros, o prêmio foi uma ferramenta de grande incentivo às artes e cultura na cidade. “Na época, eu como artista participei do prêmio e pude executar importantes passos em minha carreira. A retomada será importante para a cultura local e também uma homenagem ao ex-prefeito Edival Petri, que abriu as portas para apoiar as artes locais com essa iniciativa”, declarou a gerente.

Barros, que faz parte da comunicação na Mesa Diretora do Fórum de Secretários e Dirigentes Municipais de Cultura do Espírito Santo, explica que o Estado disponibilizou para Anchieta o valor de R$ 89 mil no Programa Fundo a Fundo e o município, em contrapartida, adicionou o valor de R$ 60 mil, totalizando R$ 149 mil para investimento no Prêmio Anchieta Arte e Cultura.

O edital do Prêmio Anchieta Arte e Cultura está previsto para ser lançado em julho para todos os artistas. A decisão para utilizar o recurso estadual para execução do Prêmio Anchieta Arte e Cultura partiu da gerência com aprovação do Conselho Municipal de Políticas Culturais de Anchieta.

Comentários Facebook
Continue lendo

CIDADES

ESTADO

POLÍTICA

ENTRETENIMENTO

Mais Lidas da Semana