conecte-se conosco

Agronegócio & Turismo

Manual de sobrevivência: 10 dicas do que não fazer durante uma viagem de avião

Publicado

source

Na hora de viajar de avião é importante ter algumas dicas para não cair em enrascadas ou ter prejuízos financeiros. E para ajudar nessa missão, o especialista de viagens e passageiro frequente Gilbert Ott, que comanda o blog  God Save The Points , deu 10 alertas para uma viagem de avião tranquila.
Leia também: Tem medo de avião? Confira algumas dicas para superar essa fobia

avião arrow-options
shutterstock

O que não fazer durante uma viagem de avião? Especialista dá 10 dicas

Confira abaixo todas as dicas que Ott passou ao jornal Daily Mail e programe-se para uma próxima viagem de avião, sozinho ou com a família.

1. Não coloque objetos de valor no compartimento aéreo

Gilbert afirma que existe um grupo de “sindicatos criminais direcionados para o compartimento aéreo”. Essas pessoas são conhecidas por “furtar” itens pessoais valiosos dos passageiros.
“Esses grupos esperam até que as luzes se apaguem quando os passageiros dormem e fazem avaliações sobre quais malas podem ter um laptop, dinheiro ou algo valioso. Com muita frequência, a pessoa só percebe o que está faltando depois que o avião pousa”, explica o especialista.

2. Não discuta com a tripulação de voo

Algumas pessoas ficam irritadas e estressadas durante uma viagem de avião e acabam descontando na equipe de tripulação, os comissários de bordo. “Mantenha a calma, saiba que, mesmo que eles estejam errados, eles comandam o show. As brigas no ar significam que os aviões são desviados, o que significa que você pode acabar em outra cidade”, comenta Gilbert.

3. Não beba água da torneira

Um comissário de bordo revelou que o sistema de água dos aviões não é nada higiênico e Ott confirma essa teoria. “Os tanques de água são placas de Petri, que contém todas as bactérias e parasitas sob o sol. Não bebo a água da torneira, nem a uso para escovar os dentes e você também não deveria”, explica.
A saída é levar consigo uma garrafa de água reutilizável e enchê-la nos bebedouros do aeroporto.

4. Não leia as revistas

Acho que dá para entender que muitas áreas do avião são cheias de germes. Entre elas, estão as inofensivas revistas que ficam no apoio em frente aos assentos. “Os assentos dos aviões raramente são limpos na medida em que deveriam ser. Então, como você acha que as revistas estão? Pense em centenas de passageiros toda semana colocando as mãos sujas, as vezes oleosas, em todas as páginas”.

5. Não vá descalço

Essa é uma regra básica e muito falada por frequentadores de avião:  não ande descalço no assoalho da aeronave. É comum que pessoas derrubem café, água e etc no chão e, um comissário de bordo revelou que até xixi pode ser encontrado no carpete.

6. Não retire os sapatos antes da decolagem

“Um piloto uma vez me disse que um dos maiores erros que um passageiro pode cometer é tirar os sapatos antes que o avião suba com sucesso ao céu ou toque o solo com segurança. Essas são as duas áreas críticas do voo. Se os sapatos estiverem desabotoados, você pode ser cortado, pisoteado ou imobilizado por causa disso”, conta Ott.
Se você pensa em relaxar e ficar descalço, aguarde o sinal de abrir os cintos para fazer isso.

7. Não fique sentado por muito tempo

Essa é uma dica para os adeptos de voos longos. É importante se movimentar durante uma viagem de avião para evitar problemas de coágulos sanguíneos e trombose venosa profunda. Vá ao banheiro e volte, isso já vai ajudar. Fazer exercícios na poltrona também ameniza os efeitos da compressão.
“Eu estava em um programa uma vez com um cientista líder que estudava o controle de doenças, e ele observou que tampar o ar imediatamente após alguém espirrar pode reduzir bastante o risco de levar os germes às vias aéreas. Desde que soube disso, sempre usei um capuz, um cachecol ou uma camada adicional para colocar no meu nariz, se alguém estiver espirrando”, diz Gilbert.

8. Não confie no entretenimento a bordo

Nem todo o entretenimento de bordo é de qualidade. Segundo Ott, além dos programas serem questionáveis, existe a questão das bactérias na tela touch scream. O ideal é que você baixe algum conteúdo no tablet e celular para se distrair durante o voo, ou invista num livro e revista de casa.

9. Hidrate-se

Beber água é importante em todos os cenários, quando especificamente em viagens de avião, esse cuidado precisa ser redobrado. “As viagens aéreas são desidratantes, o que não faz apenas você se sentir mal, mas também torna suas glândulas mais suscetíveis a pegar germes”.

Leia também: Veja onde ficam os melhores lugares para quem vai viajar com crianças

10. Não toque em nada que não precise

Em todas as dicas do especialista Gilbert Ott é explícito que vários lugares do avião têm germes, por esse motivo, não toque no que você não precisa. “Quanto mais você se auto-ajuda, mais você controla o que toca. Eu nunca chego muito longe na fenda do assento, tento usar uma luva para tocar ou pegar coisas que fazem parte da aeronave. Geralmente, tento manter minhas mãos afastadas de qualquer superfície que possa conter o que me torna o pesadelo de todos os outros passageiros – um humano tossindo e fungando sentado a centímetros”, finaliza.

Fonte: IG Turismo

Comentários Facebook
publicidade

Agronegócio & Turismo

Você pode pegar vírus num cruzeiro? Entenda como é a limpeza dos navios

Publicado

source

A epidemia do novo coronavírus (COVID-2019) na China tem espantado o mundo. Casos foram diagnosticados em outros países e até em navios de cruzeiro. Um deles, o navio Diamond Princess, está atracado no Japão desde o dia 03 de fevereiro com 542 pessoas infectadas a bordo – até esta terça-feira (18).

Leia também: O planejamento faz viagem de cruzeiro sair 30% mais barata

limpeza arrow-options
shutterstock

A limpeza interna de navios de cruzeiro é bem rigorosa

O confinamento e a aglomeração de pessoas dentro de navios de cruzeiro pode ser um prato cheio para a proliferação de um vírus. Mas como evitar esse problema? Um ex-membro da tripulação de um cruzeiro fala ao Express como são feitas as limpezas no navio, e saber tais detalhes vai aliviar a mente de quem tem viagem marcada nos próximos meses.

“Trabalhei em um navio por dois verões e poderia responder a muitas perguntas, mas os padrões de limpeza são muito altos. Existe uma organização na qual não consigo lembrar o nome que visita os navios aleatoriamente para verificar a limpeza e, se o navio não atender aos padrões, não poderá navegar”, comenta o ex-tripulante.

“Eu trabalhava no centro de atividades infantis e, no último dia de cada cruzeiro, realizávamos uma limpeza especial de duas horas com uma certa solução de limpeza em literalmente todos os cantos. Os brinquedos são limpos a vapor, os que tem pequenos orifícios são lavados à mão, os com muitas fendas são limpos com cotonetes e etc”.

Quem também comenta sobre o assunto é Brain David Bruns, escritor do livro “Cruise a la Carte”. Em sua publicação, ele, que também já trabalhou em navios, conta que, apesar das regras rigorosas de limpeza, alguns hóspedes cuidam eles mesmos da “luta contra os germes”.

“Muitos convidados de cruzeiro entram em sua cabine e limpam prontamente todas as superfícies, como interruptores de luz, maçanetas, torneiras e telefone, com lenços desinfetantes; “, explica.

Brian ainda diz que o esforço é desnecessário “Todo porto doméstico, comissários de quarto desinfetam todos os itens de alto toque na cabine, especialmente no banheiro. Os banheiros têm cerca de 400 vezes menos bactérias do que a sua mesa de escritório”, finaliza.

Leia também: Quais são as melhores companhias de cruzeiro em 2020?

Com esses depoimentos, dá para ficar mais tranquilo em relação ao novo coronavírus em navios de cruzeiro.  Se evitar as áreas afetadas e tomar os cuidados pessoais de higiene, dentro de um navio você não irá pegar nenhum vírus.

Fonte: IG Turismo

Comentários Facebook
Continue lendo

CIDADES

ESTADO

POLÍTICA NACIONAL

ENTRETENIMENTO

Mais Lidas da Semana