conecte-se conosco


Cidades

Marataízes abre Processo Seletivo nesta quinta (4); salários chegam a R$ 2.395,00

Publicados

em

A Prefeitura de Marataízes anunciou nesta terça-feira (2), através do Diário Oficial, o edital de Processo Seletivo número 001/2021, destinados à formação de cadastro reserva visando a Contratação Temporária de profissionais para cargos de nível fundamental, médio e superior, para atendimento à necessidade temporária de excepcional interesse público no âmbito da Secretaria Municipal de Assistência Social, Habitação e Trabalho.

No edital 001/2021, da Secretaria Municipal de Educação, o cadastro de reserva será para professores e pedagogos em Designação Temporária (DTs) para atuarem nas escolas municipais de Marataízes.

Já no edital Nº 002/2021, também da Secretaria de Assistência Social, o cadastro de reserva é para agente de atendimento ao público, agente administrativo, assistente social, auxiliar de serviços de limpeza e conservação, economista doméstica, educador social, motorista de veículo leve, psicólogo e pedagogo.

Os candidatos interessados estarão isentos do pagamento da taxa para inscrição no Processo Seletivo Simplificado Público de que tratam estes Editais.

As inscrições serão realizadas, exclusivamente, por meio eletrônico, devendo o candidato acessar o site www.marataizes.es.gov.br no período da meia noite do dia 04 de março até às 23h59 do dia 15 de março de 2021.

São requisitos para inscrição:

  1. Ser brasileiro, nato ou naturalizado, ou gozar das prerrogativas previstas no artigo 12 da Constituição Federal e demais disposições de lei, no caso de estrangeiro; b) ser eleitor e estar regular com a Justiça Eleitoral; c) quando do sexo masculino, estar em dia com as obrigações militares; d) ter 18 (dezoito) anos completos até a data prevista para o término do prazo de inscrição; e) encontrar-se em situação regular junto à Secretariada Receita Federal, no Cadastro de Pessoas Físicas (CPF); f) não possuir registro de antecedentes criminais; g) estar devidamente inscrito no Órgão ou Conselho de sua categoria, em situação regular; h) possuir a habilitação exigida para o cargo e demais qualificações requeridas no Processo Seletivo Simplificado para o exercício do cargo ou função, na data da inscrição; i) não ter sido desligado de contrato temporário emergencial por falta disciplinar e não ter tido o contrato temporário rescindido por motivo de desempenho insuficiente ou inadequado pela Administração; j) O candidato que nos últimos 02 (dois) anos NÃO assinou desistência e/ou solicitou exoneração após a formalização do Contrato de Designação Temporária, nesta Secretaria Municipal de Assistência Social, Habitação e Trabalho; k) O candidato que participou dos processo seletivos realizados pela Secretaria Municipal de Assistência Social de Marataízes e teve seu contrato rescindido por: inconsistência que originou sua desclassificação por falsificação documental (certidão/declaração de tempo de serviço, diploma/histórico de formação acadêmica e certificação de formação); formalizou sua desistência por escrito e protocolizado na Prefeitura Municipal de Marataízes após a sua formalização de contrato e; obteve o mínimo de 05 (cinco) dias de faltas injustificadas e obteve parecer de exoneração, estará automaticamente ELIMINADO deste processo de contratação temporária, conforme preconizado no ítem 12.1 do Edital 001/2019, 002/2019 e 003/2019.

Cargos:

Assistente Social – Cadastro de Reservas

Aux. Serviços de Limpeza e Conservação – Cadastro de Reservas

Cozinheiro (a) Cadastro de Reservas Educador Social – Cadastro de Reservas

Pedagogo (a) – Cadastro de Reservas

Os salários variam de R$ 1.100,00 a R$ 2.395,00 (Assistente Social) . Pedagogo o salário pode chegar a R$ 2.131,00

Clique aqui e confira o Edital completo no Diário Oficial de Marataízes.

 

Comentários Facebook
Propaganda

Cidades

Projeto dos CRJs é apresentado a representantes da Prefeitura de Aracruz

Publicados

em

 

Os secretários de Estado de Direitos Humanos, Nara Borgo, e de Economia e Planejamento, Álvaro Duboc, apresentaram o projeto dos Centros de Referência das Juventudes (CRJs) para o prefeito de Aracruz, Dr. Coutinho, e equipe, nesta sexta-feira (09). A reunião ocorreu em formato virtual.

A implementação dos Centros é a principal ação do Eixo de Proteção Social do Programa Estado Presente em Defesa da Vida e, em Aracruz, a previsão é de que seja implementada uma unidade na região de Jacupemba. Os Centros irão ofertar uma gama de serviços voltados para as juventudes, buscando ampliar a garantia de direitos e diminuir os índices de crimes violentos sofridos e cometidos por jovens.

“Hoje, apresentamos o projeto dos Centros ao prefeito Doutor Coutinho e equipe, que assumiram o mandato no início deste ano, e foi uma reunião muito positiva. Os Centros de Referência das Juventudes não estarão apenas na Grande Vitória e sim nos dez municípios que integram o Programa Estado Presente e Aracruz é um deles. O CRJ do município estará localizado em uma região estratégica para auxiliar a juventude no que for necessário”, explicou a secretária Nara Borgo.

Já o secretário Álvaro Duboc, que atua como coordenador-executivo do Programa Estado Presente em Defesa da Vida, destaca o fato de os CRJs serem equipamentos que têm por objetivo ofertar um conjunto de atividades para fortalecer vínculos sociais e comunitários, trabalhando e potencializando as habilidades dos jovens. Segundo ele, o fato de Aracruz ser um município que abriga importantes empresas, “abre uma janela ainda maior de oportunidades para a juventude local”.

Os CRJs serão implantados por meio da parceria do Governo do Estado com os municípios e com o apoio do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), para fortalecer as ações de prevenção social à violência e a redução de vulnerabilidade da juventude. Integram a carteira de projetos do eixo social do Programa Estado Presente em Defesa da Vida, que visa a reduzir os índices de violência e criminalidade, com foco especialmente em crimes letais, atuando também com o eixo policial.

Centros de Referência para as Juventudes

Os Centros irão ofertar uma gama de serviços voltados para as juventudes, buscando ampliar a garantia de direitos e diminuir os índices de crimes violentos sofridos e cometidos por jovens.

Como projeto do Programa Estado Presente em Defesa da Vida, serão 14 CRJs em funcionamento até 2021, com capacidade para atender, anualmente, uma média de 65 mil jovens.

Os CRJs ofertarão serviços, como o acompanhamento integral de jovens para a construção de Planos de Vida e Trabalho, tendo como princípios o respeito à diversidade e ao diálogo. Disponibilizará, ainda, espaços de trabalho compartilhado, com laboratório temático para geração de renda (LABPoca), oficinas, eventos artístico-culturais e esportivos, vivências extraterritório, passagens interestaduais, entre outros, tendo a gestão compartilhada como premissa, e se configurando como a principal entrega pública para as Juventudes já realizada no Espírito Santo.

Saiba mais: https://bit.ly/3kyJlm0

Comentários Facebook
Continue lendo

CIDADES

ESTADO

POLÍTICA NACIONAL

ENTRETENIMENTO

Mais Lidas da Semana