conecte-se conosco


Estado

Miguel Falabella confirmado na Acaps Trade Show, maior convenção e feira de negócios do varejo capixaba

Publicados

em

Foto: Divulgação

Já está confirmada a primeira palestra da Acaps Trade Show – a maior convenção e feira de negócios do varejo capixaba, que será realizada de 20 a 22 de setembro, no Pavilhão de Carapina, na Serra. O palestrante confirmado é o ator, diretor, produtor e dramaturgo Miguel Falabella, que fará sua apresentação no dia 22 de setembro, às 14h, para varejistas e fornecedores, no auditório principal da feira.

Intitulada “Protagonismo: novas atitudes, velhos valores”, a palestra magna compreenderá uma reflexão sobre o protagonismo na atualidade. Durante a apresentação, Falabella utiliza de sua experiência de mais de 30 anos como diretor, ator, escritor e empreendedor como “pano de fundo” para provocar um novo (velho) olhar sobre o protagonismo nesse mundo em transformação, complexo e incerto.

Miguel Falabella é considerado um dos artistas mais ativos nos palcos e exemplo de determinação: se adaptou e superou todas as crises do teatro, esgotando bilheterias desde 1982. É autor de poemas, de crônicas e de seis livros, entre eles o “Vivendo em Voz Alta”. Na TV, é considerado um talento de múltiplas competências, atuando como ator e dirigindo seriados e telenovelas. Em 2021, também se tornou professor do MBA de Filosofia da PUC-RS.

A Acaps Trade Show reunirá empresários e gestores do varejo e da indústria de todo o Brasil em um ambiente favorável aos negócios, ao networking e à troca de conhecimentos. Além da exposição com as últimas tendências e novidades em produtos e serviços para o varejo, o evento contará com um ciclo de palestras dentre suas atrações, com apresentações de profissionais altamente qualificados para falar dos diversos temas nas áreas de gestão e operação das empresas.

“Estamos propondo um ciclo de palestras, com apresentações distribuídas em dois auditórios, nos três dias de evento.  A escolha dos temas e dos palestrantes é feita de maneira estratégica, para levar informações relevantes, inspirar e aguçar reflexões e comportamentos positivos e de excelência nos varejistas e nos profissionais que visitarem a feira”, afirma o superintendente da Acaps, Hélio Schneider.

As inscrições para a Acaps Trade Show já estão abertas no site www.acapstradeshow.com.br e empresas varejistas podem garantir a participação gratuitamente.

Comentários Facebook

Estado

Recursos da Lei Paulo Gustavo para setor cultural capixaba serão discutidos em Vitória nesta terça (16)

Publicados

em

Por

Evento acontece nesta terça-feira (16), na Casa da Música Sônia Cabral, no Centro de Vitória, a partir das 18h30. Estão previstos cerca de R$ 40 milhões de repasse ao Estado e R$ 35 milhões para os 78 municípios.

A Lei Paulo Gustavo vai destinar R$ 75 milhões ao fomento do setor cultural capixaba. Para apresentar e debater os impactos, benefícios e oportunidades dos recursos no Estado, a equipe da Secretaria da Cultura (Secult) realiza um encontro aberto ao público, que acontece nesta terça-feira (16), às 18h30, na Casa da Música Sônia Cabral, localizada no Centro de Vitória.

Estão previstos cerca de R$ 40 milhões de repasse ao Estado e R$ 35 milhões para os 78 municípios. Esta divisão decorre de um mecanismo que calcula a população de cada local perante ao fundo de participação dos estados e municípios. Deste valor, aproximadamente 75% serão direcionados ao setor audiovisual e 25% para os demais segmentos da arte e cultura.

“Além da  presença dos empreendedores e fazedores de cultura em geral,  será importante que entidades de todo o Estado conheçam sobre a mobilização em torno da Lei”, afirmou o secretário de Estado da Cultura e presidente do Fórum Nacional de Secretários e Dirigentes Estaduais de Cultura, Fabrício Noronha.

Lei Paulo Gustavo

Com o objetivo de auxiliar o setor cultural prejudicado pela pandemia da Covid-19, o  Projeto de Lei Paulo Gustavo (PLP 73/21) foi apresentado como recurso de ação emergencial no mês de novembro de 2021 no Senado e em julho deste ano foi promulgada como Lei Complementar 195/22. O nome da Lei homenageia o ator Paulo Gustavo, que faleceu em maio de 2021, devido à Covid-19.

O recurso total de R$ 3,86 bilhões é proveniente do superávit financeiro do FNC (Fundo Nacional de Cultura), e do Fundo Setorial do Audiovisual (FSA), recursos financeiros estes que não seriam utilizados no cronograma de pagamento dentro do exercício fiscal e que poderiam ser empregados como fonte de recurso adicional a ser operado diretamente pelos estados e municípios.

Serviço:

Encontrão Capixaba – Lei Paulo Gustavo e seu impacto no ES

Data: 16/08 (terça-feira)

Horário: 18h30

Local: Casa da Música Sônia Cabral, Centro de Vitória.

Aberto ao público.

Comentários Facebook
Continue lendo

CIDADES

ESTADO

POLÍTICA

ENTRETENIMENTO

Mais Lidas da Semana