conecte-se conosco

Nacional

Morre mais uma vítima do incêndio do Hospital Badim

Publicado

source
Incêndio Hospital Badim arrow-options
Reprodução

Incêndio no Hospital Badim aconteceu no dia 12 de setembro e deixou mais de 100 feridos.

Morreu, neste domingo, mais uma vítima do incêndio do Hospital Badim , que aconteceu dia 12 de setembro. Trata-se de uma mulher, que não teve a identificação revelada. Com mais essa morte, o número de vítimas fatais da tragédia chega a 22.

Leia também: Avião de pequeno porte cai na Serra da Cantareira, em São Paulo

De acordo com a assessoria da rede, quatro vítimas do incêndio continuam internadas e 77 tiveram alta. Todos os 21 colaboradores e acompanhantes dos pacientes que tiveram complicações também já receberam alta.

Relembre

O incêndio do Hospital Badim, que fica no Maracanã, na Zona Norte do Rio, deixou mais de 100 feridos, dentre pacientes, acompanhantes e funcionários. A tragédia gerou muita comoção, principalmente por causa das imagens de colchões sendo colocados na frente da unidade para a retirada das vítimas do prédio atingido.

O incêndio atingiu o gerador que fica no subsolo no hospital. Rapidamente uma densa fumaça escura se espalhou pelos outros andares do prédio.

Comentários Facebook
publicidade

Nacional

Ato contra morte de Miguel ocorre nesta sexta; veja vídeo de menino no elevador

Publicado


source
menino em elevador
Câmeras de Segurança/Reprodução

Imagens mostram primeira-dama de Tamandaré apertando botão do elevador

Movimentos sociais planejam para a tarde desta sexta-feira (6) um ato em protesto contra a morte do menino Miguel Otávio Santana da Silva, de cinco anos, que caiu de um edifício de luxo no bairro de São José, no Recife.

O protesto, alavancado nas redes sociais pela hashtag #JustiçaparaMiguel , terá concentração no Tribunal de Justiça de Pernambuco e seguirá até a frente das “torres gêmeas”, como é popularmente chamado o conjunto de edifícios de onde o menino caiu na última terça-feira (3).

Velas, flores e balões pretos são alguns dos objetos requisitados para os participantes do ato. O uso da máscara no local é obrigatório.

Leia também: “Amava os filhos dela. Ela deixou o meu ir para a morte”, diz mãe de Miguel

Imagens das câmeras de segurança do edifício registraram o momento no qual Sarí Cortes Real, patroa de Mirtes Renata Souza, mãe do menino, deixa a criança ficar sozinha no elevador do prédio. Ela chega a apertar o botão de um andar mais alto e solta a porta. A porta abre pela primeira vez, mas ele não sai. Quando abre a segunda vez, o menino sai e vai para a sacada da qual caiu ao tentar escalar. Veja vídeo:

Sarí chegou a ser presa por homicídio culposo, quando não há intenção de matar, mas foi liberada para responder julgamento em liberdade após pagamento de R$ 20 mil. Ela é primeira-dama da cidade de Tamandaré, no Litoral Sul de Pernambuco.

Leia também: Caso Miguel: polícia diz que patroa foi negligente ao se descuidar do garoto

Nesta quinta-feira (4), investigações mostraram que Mirtes, empregada da casa e mãe de Miguel, consta como funcionária da prefeitura de Sérgio Hacker (PSB), marido de Sarí . Ela receberia um salário de R$ 1,4 mil, reduzido para um salário mínimo no início da pandemia de novo coronavírus.

Comentários Facebook
Continue lendo

CIDADES

ESTADO

POLÍTICA NACIONAL

ENTRETENIMENTO

Mais Lidas da Semana