conecte-se conosco


Cidades

Morre o ex-prefeito de Alfredo Chaves, Roberto Fiorin

O ex-prefeito de Alfredo Chaves, Roberto Fiorin, faleceu aos 61 anos na tarde desta terça-feira (26). O político estava internado em um hospital de Vitória desde domingo com fortes dores no abdômen. Desde então, o quadro se agravou e uma infecção generalizada ocasionou a sua morte. Natural do distrito de Ibitiruí, interior da região, Roberto […]

Publicados

em

O ex-prefeito de Alfredo Chaves, Roberto Fiorin, faleceu aos 61 anos na tarde desta terça-feira (26). O político estava internado em um hospital de Vitória desde domingo com fortes dores no abdômen. Desde então, o quadro se agravou e uma infecção generalizada ocasionou a sua morte.

Natural do distrito de Ibitiruí, interior da região, Roberto foi eleito por dois mandatos, a primeira vem em 1997. Em 2012, Roberto venceu as eleições ao obter 5.615 mil votos, 63,59% do eleitorado de Alfredo Chaves na época.

O governador Renato Casagrande emitiu nota de pesar sobre a morte de Fiorin. “O Estado perde um grande líder regional, mas ficam as boas lembranças de nosso correligionário. Nossos sentimentos à família e aos amigos neste momento de tanta dor”.

O ex-prefeito também era servidor aposentado do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) e lecionou para rede pública durante anos de sua vida. Uma marca registrada era sua devoção aos costumes da igreja católica, onde era fácil vê-lo ministrando celebrações.

O velório de Roberto Fiorin será hoje a partir das 22h na casa de Rogéria Lucia Fiorin Gaigher, em Ibitirui. Amanhã, às 8h, o corpo será levado para sua residência, também em Ibitirui, onde permanecerá com o velório até às 15h. Depois seguirá para a comunidade de Santa Maria, onde será sepultado às 16h.

Comentários Facebook
Propaganda

Cidades

Defesa Civil Nacional repassa R$ 96,4 mil para o município de Alegre

Publicados

em

Por

Casa destruída após queda de muro em Alegre. Um homem morreu - Foto: Reprodução / Redes Sociais

O Governo Federal, por meio do Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR), autorizou o repasse de R$ 96,4 mil para ações de defesa civil na cidade de Alegre, no Espírito Santo. A portaria foi publicada nesta sexta-feira (24) no Diário Oficial da União. A cidade capixaba sofreu com chuvas intensas e usará o recurso para a reconstrução de uma ponte. A ação beneficiará cerca de 29,5 mil pessoas.

Em todo o País, estados e municípios atingidos por desastres e que já tenham obtido o reconhecimento federal de situação de emergência ou de estado de calamidade pública podem solicitar recursos do MDR para atendimento à população afetada. As ações envolvem restabelecimento de serviços essenciais e reconstrução de equipamentos de infraestrutura danificados.

A solicitação deve ser feita por meio do Sistema Integrado de Informações sobre Desastres (S2iD). Com base nas informações enviadas, a equipe técnica da Defesa Civil Nacional avalia as metas e os valores solicitados. Com a aprovação, é publicada portaria no DOU com a especificação do montante a ser liberado.

Comentários Facebook

Continue lendo

CIDADES

ESTADO

POLÍTICA

ENTRETENIMENTO

Mais Lidas da Semana