conecte-se conosco


Esporte

Nadador de apenas 26 anos morre após se sentir mal durante treinamento

O nadador Kenneth To, natural de Hong Kong, mas que até 2016 competiu pela Austrália e foi medalhista de prata no Mundial de 2013, morreu nesta terça-feira, aos 26 anos, depois de ter-se sentido mal durante um treinamento na Gators Swim Club, na cidade de Gainesville, no estado da Florida, nos Estados Unidos. A causa […]

Publicados

em

O nadador Kenneth To, natural de Hong Kong, mas que até 2016 competiu pela Austrália e foi medalhista de prata no Mundial de 2013, morreu nesta terça-feira, aos 26 anos, depois de ter-se sentido mal durante um treinamento na Gators Swim Club, na cidade de Gainesville, no estado da Florida, nos Estados Unidos. A causa da morte não foi imediatamente divulgada.

“(To) Sentiu-se mal em um treino e foi levado para o hospital, onde, infelizmente, faleceu”, informou o Instituto dos Esportes de Hong Kong, de onde o nadador era natural e que foi autorizado a representar nos Jogos Olímpicos de Tóquio-2020, no Japão, para os quais estava se preparando. “Ele era uma pessoa muito carinhosa e amigo de todos”, disse o comunicado distribuído pela entidade.

Kenneth To passava por três meses de intercâmbio na Universidade da Flórida. Ele tem como principais conquistas a medalha de ouro no revezamento 4×100 metros nos Jogos da Commonwealth, em 2014, além da prata no Mundial no 4×100 metros medley em 2013, pela Austrália, onde cresceu.

Em 2016, o nadador voltou a competir por Hong Kong. Ainda garoto, em 2010, conquistou seis medalhas pela Austrália nas Olimpíadas da Juventude, em Cingapura, incluindo o ouro no 4×100 metros medley.

A Federação Internacional de Natação (Fina, na sigla em inglês) expressou um profundo pesar com a morte de Kenneth To. “Dono de recordes nacionais de Hong Kong, Kenneth To era uma referência e um exemplo para os jovens de seu país”, afirmou a entidade.

Comentários Facebook
Propaganda

Esporte

Corinthians empata em 0 a 0 com o Santos na Neo Química Arena, pelo Campeonato Brasileiro

Publicados

em

O Corinthians voltou a enfrentar o Santos na Neo Química Arena, neste sábado (25), em disputa pela 14ª rodada do Campeonato Brasileiro. Em um jogo truncado, o Time do Povo empatou em 0 a 0 com a equipe da baixada santista.
Com a igualdade do placar, o Timão agora tem 26 pontos na tabela da competição e segue na vice-liderança.
A próxima partida do Corinthians será na terça-feira (28), também na Neo Química Arena. O Timão enfrenta o Boca Juniors-ARG pela partida de ida das oitavas de final da CONMEBOL  Libertadores.
Escalação
O técnico Vítor Pereira definiu a seguinte equipe para iniciar a partida: Cássio; Rafael Ramos, Robert Renan, Raul Gustavo e Fábio Santos; Cantillo, Du Queiroz e Roni; Adson, Felipe e Gustavo Mantuan. Durante a partida entraram: Willian, Giuliano, JR. Moraes, Fagner e Lucas Piton. E ainda ficaram à disposição no banco de reservas: Ivan, João Pedro, Biro, Matheus Araújo, Bruno Mendez, Bruno Melo e Xavier.
Primeiro Tempo
O jogo começou com as duas equipes se estudando nos primeiros minutos de jogo. A posse de bola ficou equilibrada, com ambos os lados buscando espaços.
Aos 10 minutos, em um contra-ataque, o Santos chegou pela primeira vez. O atacante, cara a cara com Cássio, chutou pra fora – de toda forma, o árbitro assistente levantou a bandeira assinalando impedimento no lance. Aos 16, novamente o adversário chegou, e Cássio fez uma bela defesa, mandando a bola para escanteio.
Aos 18 minutos, o Corinthians chegou pela primeira vez. Adson fez o passe para Du Queiroz, que cortou e chutou de fora da área, a bola foi por cima do gol.
Aos 20 minutos, o árbitro marcou uma falta perigosa contra o Corinthians. Na cobrança, o atleta do Santos chutou e mandou pra fora. Aos 26 minutos, Mantuan cobrou falta na entrada da área e a bola foi para fora.
O Timão chega novamente! Aos 33 minutos, Mantuan, pela esquerda, fez o passe para Du Queiroz, que estava mais centralizado; o camisa 37 arriscou de fora da área e a bola foi por cima do gol.
O Santos arriscou mais uma vez de fora da área, aos 41 minutos. A bola ficou de fácil defesa para o goleiro Cássio. O árbitro deu um minuto de acréscimo.
Segundo Tempo
Antes de iniciar o segundo tempo, o técnico Vítor Pereira fez a primeira mudança dupla no Timão: saíram Gustavo Mantuan e Du Queiroz e entraram Willian e Giuliano.
Logo aos três minutos, primeira chegada com perigo do Timão. Willian tabelou com Giuliano. O camisa 11 chutou a bola, que passou pelo gol e saiu pela linha de fundo. A Fiel se agitou após o lance. Aos sete, Adson tocou para Rafael Ramos, que chutou cruzado; a bola passou muito perto do gol do Timão!
O Santos respondeu dois minutos depois, com um chute na entrada da área. A bola desviou e a equipe da baixada santista ganhou escanteio.
O técnico Vítor Pereira fez mais uma alteração aos 10 minutos. Saiu Felipe e entrou JR. Moraes. Cinco minutos depois, mais uma alteração: saiu Rafael Ramos e entrou Fagner.
Aos 21 minutos, Willian escorou para Giuliano, que tentou um voleio, mas a bola ficou fácil para a defesa santista. Dois minutos depois, foi a vez de Roni fazer o goleiro adversário trabalhar, em uma jogada bem arquitetada pelo ataque do Timão. O Alvinegro ganhou escanteio. Neste meio tempo, o Corinthians mexeu pela última vez na partida: saiu Roni e entrou Lucas Piton.
O jogo ficou truncado no meio de campo por muitos minutos, com muitas interrupções.
O árbitro deu cinco minutos de acréscimo. Fim de jogo na Neo Química Arena, empate em 0 a 0.
Próximo Jogo
O Corinthians volta a campo na próxima terça-feira (28), às 21h30, na Neo Química Arena, para enfrentar a equipe argentina do Boca Juniors, pela partida de ida das oitavas de final da CONMEBOL Libertadores.
COMENTE ABAIXO:

Comentários Facebook

Continue lendo

CIDADES

ESTADO

POLÍTICA

ENTRETENIMENTO

Mais Lidas da Semana