conecte-se conosco


Grande Vitória

Neto ameaça matar avô com um pau e disse que vai comprar uma pistola

Uma briga familiar no bairro Universal, em Viana, quase terminou em morte nesta segunda-feira (25). Por causa de um cano quebrado, Elizeu de Souza Silva, de 23 anos, ameaçou o avô com um pedaço de madeira e uma cavadeira. De acordo com testemunhas, Edson Ribeiro da Silva, de 64 anos, quase foi assassinado pelo neto. […]

Publicados

em

Uma briga familiar no bairro Universal, em Viana, quase terminou em morte nesta segunda-feira (25). Por causa de um cano quebrado, Elizeu de Souza Silva, de 23 anos, ameaçou o avô com um pedaço de madeira e uma cavadeira. De acordo com testemunhas, Edson Ribeiro da Silva, de 64 anos, quase foi assassinado pelo neto.

A confusão começou quando o avô questionou o neto sobre um cano quebrado no quintal que a família mora. O jovem, então, teria ficado transtornado e começou a discutir com o idoso. “Eu perguntei quem tinha quebrado o cano e ele se transformou. Ele desceu, quebrou o portão e tentou quebrar a caixa de luz e logo veio pra cima de mim”, explicou Edson.

O neto precisou ser contido por familiares. Uma testemunha, que preferiu não se identificar, conta que ele ameaçou o avô com um pedaço de madeira na mão e dizia que iria colocar fogo na casa. As ameaças continuaram mesmo após a intervenção da família. “Ele me disse que iria vender a moto por R$ 6 mil e comprar uma pistola pra me matar e matar todo mundo da família”, conta o avô.

A polícia foi acionada e os dois foram para a delegacia Regional de Cariacica. O jovem chegou ficar detido, mas já está solto, de acordo com a família. Por meio de nota, a Polícia Civil informou que o jovem foi conduzido assinou um termo circunstanciado por ameaça e vai responder em liberdade. 

Comentários Facebook
Propaganda

Grande Vitória

Artesãs do Centro de Vitória recebem certificado de qualificação profissional

Publicados

em

Por

Foto: Divulgação

Elas já possuíam talento e garra para trabalharem como artesãs. Neste ano, por meio do Projeto Fazendo Arte, adquiriram conhecimentos sobre empreendedorismo, inovação e gestão, para fortalecer seus negócios. Para celebrar essa nova etapa profissional, será realizada, nesta sexta-feira (1), a solenidade de encerramento e entrega de certificados da ” Trilha Gestão & Design no Artesanato” para as 25 mulheres que atuam no Centro de Vitória. O evento será às 15h, no auditório da Casa do Cidadão, localizado na avenida Maruípe, 2.544, em Itararé.

A Trilha é um conjunto de seis cursos sobre design (identidade, processo e embalagem), gestão e formação de preço. A qualificação foi realizada pelo Instituto Bem Brasil, em parceria com a Gerência de Qualificação do Trabalhador, ligada à Secretaria de Cidadania, Direitos Humanos e Trabalho (Semcid), e o Sebrae. Os recursos são do Fundo Municipal de Proteção e Defesa do Consumidor.

A qualificação teve como objetivo aprimorar e consolidar o trabalho que essas artesãs já desenvolviam, de forma a impulsionar seus negócios, buscando a sustentabilidade e a conquista da independência financeira. Segundo Danyelle Camargo, gerente de Qualificação do Trabalhador, a qualificação profissional vai além de um bônus do currículo. “Ela abre portas, traz novas oportunidades, fortalece a autoconfiança e transforma a vida de quem se abre para adquirir conhecimento”, diz.

Para Mônica Rezende, superintendente executiva do Instituto Bem Brasil e coordenadora do Projeto Fazendo Arte, a qualificação provocou uma mudança de postura das artesãs na concepção e na gestão do próprio negócio. “Esse foi impacto mais relevante que vimos como resultado da qualificação”.

Serviço
Solenidade de encerramento e certificação da Trilha Gestão & Design no Artesanato
Quando: Sexta-feira, dia 1º de julho de 2022, às 15h
Onde: No auditório da Casa do Cidadão: Av. Maruípe, 2,544, em Itararé

Comentários Facebook

Continue lendo

CIDADES

ESTADO

POLÍTICA

ENTRETENIMENTO

Mais Lidas da Semana