conecte-se conosco


Cidades

Novas intervenções artísticas colorem áreas públicas de Cachoeiro

Publicados

em

Pontos de ônibus são alguns dos locais que estão recebendo pinturas - Foto: Márcia Leal/PMCI

Mais locais públicos de Cachoeiro estão ganhando intervenções artísticas, que contribuem para deixar a cidade ainda mais colorida e atrativa.

A maior parte das pinturas é feita por meio da Secretaria Municipal de Manutenção e Serviços (Semmat), sob coordenação do servidor e artista visual Lucas Menon.

Na parede do grande ponto de ônibus localizado na Linha Vermelha, na altura do Museu Ferroviário, no Centro, está sendo concluído um painel em homenagem a Cachoeiro, com elementos que representam as riquezas naturais e culturais do município.

Dois pontos de ônibus na avenida Francisco Lacerda de Aguiar, na altura do bairro Paraíso, também foram contemplados com painéis coloridos, recentemente.

No bairro Santo Antônio, o muro localizado na rua Luiz Corrêa Malva recebeu novas cores e a frase “Se eu amo, eu cuido”, para incentivar a manutenção da limpeza no local.

Outros espaços que ganharam novo visual a partir das intervenções foram as praças do bairro Santa Helena e do distrito de Córrego dos Monos, como parte das ações de revitalização nesses locais.

De acordo com a Semmat, mais intervenções estão previstas ainda para este semestre. Serão contempladas a escadaria do bairro Álvaro Tavares e a praça Gil Goulart, no Independência, que passa por reforma.

“Além de todo trabalho de zeladoria urbana que realizamos, para manter a cidade limpa e organizada, temos buscado colorir as áreas públicas com pintura artística, criando ambientes mais bonitos, humanizados e agradáveis”, afirma o secretário municipal de Manutenção e Serviços, Vander Maciel.

Lei Aldir Blanc

Espaços públicos de Cachoeiro têm ganhado novas cores também por iniciativa de artistas visuais contemplados pela Lei Aldir Blanc, com apoio da Secretaria Municipal de Cultura e Turismo (Semcult).

É o caso de Raí Bolzan, que assina o mural multicolorido recém-pintado ao lado do Palácio Bernardino Monteiro, na Praça Jerônimo Monteiro, Centro.

Raí e artistas convidados por ele também estão colorindo o muro que cerca os fundos da rodoviária de Cachoeiro, no bairro Gilberto Machado. O objetivo é fazer uma releitura ilustrada da obra “O Lavrador de Ipanema”, do cronista cachoeirense Rubem Braga.

Outro ponto que em breve vai virar tela para artistas locais é a ponte de pedestres Governador João Bley, que liga a avenida Beira Rio ao bairro Aquidaban.

Comentários Facebook
Propaganda

Cidades

Projeto dos CRJs é apresentado a representantes da Prefeitura de Aracruz

Publicados

em

 

Os secretários de Estado de Direitos Humanos, Nara Borgo, e de Economia e Planejamento, Álvaro Duboc, apresentaram o projeto dos Centros de Referência das Juventudes (CRJs) para o prefeito de Aracruz, Dr. Coutinho, e equipe, nesta sexta-feira (09). A reunião ocorreu em formato virtual.

A implementação dos Centros é a principal ação do Eixo de Proteção Social do Programa Estado Presente em Defesa da Vida e, em Aracruz, a previsão é de que seja implementada uma unidade na região de Jacupemba. Os Centros irão ofertar uma gama de serviços voltados para as juventudes, buscando ampliar a garantia de direitos e diminuir os índices de crimes violentos sofridos e cometidos por jovens.

“Hoje, apresentamos o projeto dos Centros ao prefeito Doutor Coutinho e equipe, que assumiram o mandato no início deste ano, e foi uma reunião muito positiva. Os Centros de Referência das Juventudes não estarão apenas na Grande Vitória e sim nos dez municípios que integram o Programa Estado Presente e Aracruz é um deles. O CRJ do município estará localizado em uma região estratégica para auxiliar a juventude no que for necessário”, explicou a secretária Nara Borgo.

Já o secretário Álvaro Duboc, que atua como coordenador-executivo do Programa Estado Presente em Defesa da Vida, destaca o fato de os CRJs serem equipamentos que têm por objetivo ofertar um conjunto de atividades para fortalecer vínculos sociais e comunitários, trabalhando e potencializando as habilidades dos jovens. Segundo ele, o fato de Aracruz ser um município que abriga importantes empresas, “abre uma janela ainda maior de oportunidades para a juventude local”.

Os CRJs serão implantados por meio da parceria do Governo do Estado com os municípios e com o apoio do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), para fortalecer as ações de prevenção social à violência e a redução de vulnerabilidade da juventude. Integram a carteira de projetos do eixo social do Programa Estado Presente em Defesa da Vida, que visa a reduzir os índices de violência e criminalidade, com foco especialmente em crimes letais, atuando também com o eixo policial.

Centros de Referência para as Juventudes

Os Centros irão ofertar uma gama de serviços voltados para as juventudes, buscando ampliar a garantia de direitos e diminuir os índices de crimes violentos sofridos e cometidos por jovens.

Como projeto do Programa Estado Presente em Defesa da Vida, serão 14 CRJs em funcionamento até 2021, com capacidade para atender, anualmente, uma média de 65 mil jovens.

Os CRJs ofertarão serviços, como o acompanhamento integral de jovens para a construção de Planos de Vida e Trabalho, tendo como princípios o respeito à diversidade e ao diálogo. Disponibilizará, ainda, espaços de trabalho compartilhado, com laboratório temático para geração de renda (LABPoca), oficinas, eventos artístico-culturais e esportivos, vivências extraterritório, passagens interestaduais, entre outros, tendo a gestão compartilhada como premissa, e se configurando como a principal entrega pública para as Juventudes já realizada no Espírito Santo.

Saiba mais: https://bit.ly/3kyJlm0

Comentários Facebook
Continue lendo

CIDADES

ESTADO

POLÍTICA NACIONAL

ENTRETENIMENTO

Mais Lidas da Semana